Início » Software e apps » Microsoft lança Office 365 para empresas

Microsoft lança Office 365 para empresas

Por
1 ano atrás

Planos de Office 365

A Microsoft lança nessa semana o “novo Office” para empresas, depois de inicialmente fazer o lançamento para usuários domésticos, universitários e profissionais liberais. Com isso, companhias inteiras poderão escolher entre o Office 2013 instalável na máquina ou o serviço Office 365.

Nós já falamos sobre isso, inclusive com uma entrevista exclusiva com a gerente de Office, para explicitar a diferença entre os dois produtos. Em resumo: o Office 2013 é pago somente uma vez e permite instalação em uma só máquina; o Office 365 é pago mensalmente e dá direito a cinco instalações.

Por sua vez, o Office 365 para empresas traz alguns SKUs (os sabores) diferentes, dependendo do tamanho da companhia. São eles: ProPlus, Midsize e Small Business Premium. Cada um possui determinados recursos a mais ou a menos. A companhia paga por usuário usando mensalmente o serviço e os aplicativos inclusos na assinatura. Quem quiser pode ir nessa página para testar gratuitamente por algum tempo.

A assinatura mais barata de Office 365 custa 6 dólares mensais por usuário. Grandes corporações podem arcar até com 20 dólares mensais, dependendo do que querem. É evidente que estes são os preços de tabela e a equipe de vendas da Microsoft está sempre pronta para negociar.

A atualização do Office 365 para empresas dá direito aos aplicativos de Office mais recentes (parte da suíte deste ano), inclusive o Lync Online (uma espécie de Messenger corporativo), Exchange Online e SharePoint Online.

Graminha no LibreOffice 4

Graminha no LibreOffice 4

Empresas que queiram realmente economizar com aplicativos de produtividade têm à disposição uma série de opções, como o LibreOffice, o Google Docs, Softmaker Office, OpenOffice e KOffice. O primeiro tem suporte a temas multicoloridos desde a versão 4. A Apple oferece o pacote iWork com editor de texto, planilha e slideshows.

  • Thiago Xavier

    Alguém sabe se o Libre melhorou sua compatibilidade com o Office? Sempre que formatava um texto no Libre quando ia abrir no Office a formatação estava totalmente diferente.

    • http://sinapseslivres.com.br Guilherme Macedo C.

      Melhorou, mas o problema está no OpenXML, que está cheio de componentes proprietários.

      Pra ter uma ideia, somente com o Office 2013 vai ser possível usar o padrão “strict”, que não dependente de ferramentas exclusivas do Windows (mas continua com componentes com licença “semi-aberta”, dificultando sua manipulação).

  • Oroshy

    Indicar o Libre para empresas medias e grandes é um erro grosseiro. Só quem vive um mundo coorporativo para saber como funciona as coisas. Lembro de um momento frustrante quando um cliente usava o Libre a empresa usava Office. Um caos. Nada funcionava.

    Office para corporação é infinitamente superior ao Libre. Sharepoint, Lync, entre outros o Libre e nem qualquer outro sonha em ter um parecido.

    Infeliz comparação.

    • http://about.me/thassius Thássius Veloso

      Todos são aplicativos de produtividade. Se atende ou não as necessidades específicas de cada profissional, aí não é algo que cabe a nós julgar.

      O que eu posso dizer é que o Office continua consagrado como a suíte de produtividade mais utilizada em companhias. Quem quer, pode recorrer aos demais softwares indicados no texto.

      • André Noia

        Dêem uma olhada neste documento aqui e veja se não é possível Libreoffice em grandes corporações.
        http://www.softwarelivre.gov.br/casos/serpro/adocao-do-broffice-no-serpro

      • Leandro Soares

        Também acho que o MS Office ganha na questão da variedade e em alguns casos a qualidade. Geralmente empresas de meio a grande porte, gostam de optar pela integração de todos os serviços, para facilitar a vida do usuários e dos técnicos de suporte. Acho que a questão de consistência e confiabilidade também pesam, já imaginou empresas que lucram milhares de dólares por dia, perder horas de trabalho diários por problemas relacionados a planilhas ou editores de texto, comunicação e etc.
        Não é atoa que muitos consideram o MS Office um dos poucos produtos da MS com moral no mercado.

    • bawlaw

      agora conta.. qual a porcentagem de pessoas de uma empresa usam mais do que 20% das ferramentas do MSOffice??

      tem utilidade pagar uma grana pra colocar Office em todas as maquinas só porque meia duzia precisa de ferramentas especificas??
      qualquer coisa.. usa o .doc

  • http://twitter.com/andrehbuss AndreHBuss

    “Empresas que queiram realmente economizar com aplicativos de produtividade têm à disposição uma série de opções,”

    Desculpa mas empresa que economiza para cuidar da sua informação… Empresa que confia seus dados dentro do google docs e cia só lamento.
    http://www.informationweek.com/security/intrusion-prevention/oxford-university-briefly-blocks-google/240148945
    1 exemplo, nem vou citar o caso da cidade de LA pq já é clássico. :)

  • http://about.me/thassius Thássius Veloso

    Então, vocês leitores acham que o LibreOffice substitui o Office (no uso pessoal)?

    • http://felipemario.com.br Felipe Mário

      Não, pois as pessoas já estão acostumadas em usar o mesmo, pelo menos eu nunca vi libre office em um pc de um usuário comum.

      • André Noia

        Você está falando de costume, ou não se realmente atende às necessidades? Porque se for costume, estaríamos no Windows 95 e Nokia cobrinha até hoje.

        • http://felipemario.com.br Felipe Mário

          Digo, o usuário leigo já está acostumado com o produto, está mais familiarizado, não precisa se preocupar com incompatibilidades ou algo assim, por exemplo, eu posso fazer uma documento no office, jogo no pendrive, levo pro colégio e uso o pc da escola que também têm office (já que é comum), então porque eu iria instalar outro programa? (Desculpe se não fui bem claro)

      • http://twitter.com/andrehbuss AndreHBuss

        Eu tenho alguns clientes no BrOffice, os funcionários com mais tempo de casa já desistiram de reclamar. Os novos choram. Mas aos poucos vamos trocando por Office.
        Agora com a possibilidade de assinar e ter garantida sempre a mesma versão. /
        Antes rolava aquele problema nas empresas pequenas, compro o 2010 hoje amanhã é o 2013 depois 20…. e nunca consigo ter tudo igual.
        A gente sabe que não é um problema, mas para quem compra é. Ou aquele funcionário que usava o 2010 e por algum motivo precisou trocar de lugar com um que usava 2003/2007 sai de baixo ehehe

        • Leandro Soares

          Existe aquela famosa mágica utilizadas nos setores de TI Brasil afora, de trocar os ícones de atalhos para os usuários não chorarem e utilizarem o que queremos, afinal a maioria nem sabe o que está usando mesmo, basta ver ícone familiar e pronto.

          • Jamis Casusa

            E isso é a realidade, infelizmente…

    • Vinicius Kinas

      Eu uso o LibreOffice em casa porque uso pouco e sou pão duro pra comprar um Office original.

      Mas é ruim, pelamor.

      • http://sinapseslivres.com.br Guilherme Macedo C.

        O que é ruim? Ser pão duro? Pq dizer que LibreOffice é ruim é cair no ridículo. Eu realmente acho o MS Office o mellho pacote de escritório, mas isso não faz dos outros pacotes ruins. Não vamos ser maniqueístas.

        • Henrique Pinheiro

          Acho interessante como na sua concepção o Vinicius não tem o direito de ter a opinião dele.

          • http://sinapseslivres.com.br Guilherme Macedo C.

            Não é questão de opinião. LibreOffice não é ruim, independente de pontos de vista.

    • gerbortolotto

      Nunca. Uso Libre no meu Ubuntu, mas é uma dor de cabeça quando se precisa usar o arquivo no Office. Tabelas, imagens, tudo desconfigura (PowerPoint então…). Na versão 4.0 do Libre as coisas melhoraram um pouco, mas nada de especial. Isso sem falar na interface do Libre, parece voltei 10 anos no tempo.

      • Tiago Gabriel

        E o problema do Office não abrir é do Libre?

    • Silvio Ney

      Com certeza, no uso pessoal, ele substitui a suíte. Acredito eu que no uso pessoal não tenha intenção de produzir na mesma quantia de profissionalmente.

      Mas no âmbito profissional o melhor mesmo, por enquanto, para grande produtividade o Office X ainda reina.

      É fora do normal a produtividade usando a Suíte da MS por uma pessoa treinada para tal.

    • Leonardo Rodrigues Magalhães

      pra 90% dos usuários, que acabam usando o básico do básico, substitui SIM ! Claro que talvez alguma coisa seja um pouco mais simples ou mais intuitivo de fazer no MS Office, não nego isso. Mas com um pouquinho de aprendizado, dá pra substituir pelo LibreOffice tranquilamente. Eu mesmo, que faço textos poucos e planilhas simples, utilizo-o tranquilamente. Pra quem faz uso mais avançado, ai não tem jeito, o MS Office ainda reina absoluto.

      A maioria dos usuários, porém, não vão nem se lixar e instalar um MS Office piratão mesmo. É uma pena, já que teriam uma boa opção (não disse perfeita, mas é sim uma boa opção) à custo zero mas, ainda assim, optam por permanecer na pirataria.

    • Gabriel Ferreira

      Thássius, o LibreOffice substitui, a partir do momento em que se usa apenas uma máquina.
      Se a pessoa trabalha com várias máquinas e usa muitos recursos (financeiros, estatísticos e etc) o Office é o ideal, além disso é possível fazer compartilhamento dos arquivos para edição ou vizualização via Skydrive, a lá Google Docs. Google Docs entra no meio termo dos dois, sincronia e recursos básicos.

      Acho que o Office 365 é o melhor de todas as suítes office, já cobre logo todo espectro de uso de todas as pessoas.

    • Amanda Clarck

      Olha, na faculdade a gente vai usar o Open Office/Libre Office. Meu professor prefere.

    • Tiago Gabriel

      Para mim, com certeza, passei todo o tempo da faculdade usando Open/LibreOffice, e nunca fiquei limitado com situações do tipo: “não consegui fazer isso ou aquilo porque era o Libre”
      Questão de quem é melhor não me interesa, só sei que saí da pirataria sem precisar gastar e de quebra com boa qualidade técnica.

    • Ortiz Vinicius

      Pra mim sim, mas por que uso muito pouco, e quando uso é somente para coisas bem simples. LibreOffice e Google Docs são suficientes.

    • TaylerPadilha

      Substitui sim, com certeza!
      EU é que não quero substituir. :p

    • Rafael Machado de Souza

      pra mim Google Docs supre as necessidades.

    • http://sinapseslivres.com.br Guilherme Macedo C.

      Pessoal e corporativo. LibreOffice pode ser usado sem problemas para a maioria dos casos. Só exceções que realmente MS Office e Softmaker Office são necessários.

    • genilsonisrael

      Thássius,

      O problema principal que o pessoal cita, podem reparar, é que documentos feitos no Office da Microsoft desconfiguram ao serem abertos no OpenOffice (seja LibreOffice, Apache OO, etc), mas ninguém parece se tocar que isso é problema do Office da Microsoft! Os OpenOffice seguem padrões abertos de documentos (ODF) ISO! Essa incompatibilidade é boa para Microsoft, pois enquanto existir, haverá motivos reais para que os usuários não migrem.
      Um documento de texto (.odt) feito hoje, é algo que sempre vai poder ser aberto sem se prender a uma suíte de escritórios específica, porque é um padrão. Já documentos feitos no Office só abrem bem com o Office. E se a Microsoft deixa de existir (hipoteticamente falando)? A Microsoft não mantem compatibilidade nem mesmo entre as versões do próprio Office! Você não tem garantias de que um documento feito no Word 97 vai poder ser aberto daqui a 10 anos na então versão atual do Office.

  • Eduardo Pasetto

    Não só no pessoal, e sim no uso Corporativo!
    Ele é muito bom, porém não é enfeitado como o MS Office! (Pelo menos até a versão que eu uso)

  • guilhermebr1

    Eu uso o OpenOffice porque não veio o da Microsoft no meu pc e para comprar é caro.

  • imhotep

    Usei o OpenOffice de 2001 a 2008. Substitui sim, mas após o MS Office 2007, o OOo ficou pra trás. A interface nova, aparentemente pior, ajuda muito na produtividade quando se acostuma com ela. Após o OOo ser adotado pela Oracle e, assim, surgir o LibreOffice como fork eu, pessoalmente, acho que o pacote parou um pouco no tempo.

    De qualquer forma, em termos de recursos, ambos são bem similares. Inclusive redigi uma tese de mestrado no OOo sem quaisquer problemas e com recursos ocultos no MS Office à época (início dos anos 2000) como Bibliografia automatizada, dentre outros recursos avançados. Por outro aldo, recursos macro e VBA avançados são mais simples de serem implementados no MS Office e nem sempre são compatíveis com o LibreOffice.

    Mas pra grande maioria que usa pra textos simples, qualquer um atende.

  • http://twitter.com/andrehbuss AndreHBuss

    Office é FREE :) outlook.com JÁ. A maioria dos OEMs já envia a versão FREE local para instalar.

  • http://about.me/lucasbraga Lucas Braga

    Eu já usei o Office 365 para empresas e, como plataforma de produtividade, é a mais complicada que já vi no sentido de manutenção. O horror, o horror.

    O único aplicativo que se salva é o Lync. Não gosto nem de lembrar do Microsoft SharePoint, já passei muito perrengue com ele.

    • Murilo Vieira

      Bom, há quem discorde de ser um horror, ainda mais se falarmos de Office 365.
      Sharepoint, Outlook, Suite Office, Tudo integrado e funcionando perfeitamente, não vejo nada de horror nisso, e sim falta de conhecimento no assunto.

    • http://twitter.com/andrehbuss AndreHBuss

      Manutenção no Office 365? Onde? Trabalhas nos Data Centers da Microsoft?
      Office 365 apesar de quase funcionar sozinho ainda precisa de um administrador capacitado. É moleza se capacitar. http://www.learning365.com.br/Site/SitePages/Home.aspx :)

  • Rafa Spada

    Dizer que o LibreOffice substitui o Office tanto no uso corporativo quanto no pessoal é errado. O Office como sabemos é um conjunto de muitas ferramentas que agora estão migrando, ou melhor, abrangendo também a nuvem. O LibreOffice faz o básico com seu edito de texto, sua planilha de cálculo, o editor de apresentações e afins. Não posso dizer que não são úteis, por que realmente são, mas a qualidade do Office da MS é indiscutível.

  • Thiago Ferezim Yokota

    O LibreOffice é satisfatório pra que eu possa fazer minhas atividades acadêmicas.

  • Nelson Wasiuk

    Alguém lembra do WordPerfect?? Há uns 20 anos atrás era o bicho… RIP… Eu acho que o Libre vai ser uma opção quando melhorar a compatibilidade. Caso contrário nunca vai ser uma opção… Eu sou a favor do Software Libre, mas vc tem que se virar para achar soluções, para uma empresa não tem como…

  • Anderson Dornelas

    Lucas Braga me desculpa mais acho que está faltando conhecimento da sua parte talvez fazendo alguns treinamentos não passe por perrengue.

  • Anderson Antonio Santos Costa

    Ah…o LibreOffice deixou o Java de lado no seu código-fonte,pessoal???Isso devido aos recentes incidentes com o Java, que poderiam tornar o LibreOffice mais vulnerável a ataques…Agora na comparação MS Office vs. LibreOffice, acho que o LibreOffice ainda tem muito a evoluir para atingir a qualidade do MS Office!!!

    • Rafael Machado de Souza

      não tem nada a ver com ataques. nota-se que você nao entende de programação Java

    • http://sinapseslivres.com.br Guilherme Macedo C.

      LibreOffice não é feito em Java e o problema de vulnerabilidade é no plugin de internet, não na linguagem.

  • Haryon Caetano

    Eu uso o LibreOffice no Ubuntu e estou satisfeito com ele. Porém, se tivesse o MS Office pra Linux eu pagaria sem problemas por uma licença. Por enquanto é (e por um bom tempo será) a melhor opção em suíte de escritório.

  • Vercin Vercin Getorix

    O ms-Office eh 1 canhao pra matar moscas. ele possui mtas funcionalidades q jamais serao usadas por 99% dos usuarios. E a interface a partir do 2007 piorou tdo(alem, claro, do preço mto caro).
    Porem, as versoes livres, como o libreoffice, nunca o susbtituira, pq, alem de nao ter todas as facilidades da suite da MS, ainda ha problemas de compatibilidade diversos.

  • mayckxavier

    Na minha opinião, isso é apenas uma questão de costume.
    Na minha casa, meus pais e minha irmã só usam Linux há uns 4 anos por que cansei de ter que reinstalar SO por causa de vírus e usam OpenOffice/LibreOffice o tempo inteiro.
    Tive que instalar o LibreOffice na empresa do meu pai por que ele não conseguia se virar com o Microsoft Office. Minha irmã tem dificultades de usar o Windows por que sempre usou Linux.

  • Fernando Macedo

    Uso indistintamente qualquer coisa que me aparecer na frente, desde MS a abiword passando por libre/open. Tem que ser retardado pra nao poder usar qualquer uma delas e fazer as mesmas coisas. A única coisa que a MS tem e que é sua salvaçao é o tipo de arquivo que nao é compativel 100% com me_da nenhuma, no día que for compativel ela vai pro buraco…

  • fac_713198649

    Para uso pessoal, substituir, até o Docs substitui, para necessidades básicas.

    Mas as pessoas tem preferências, da mesma forma que escolherem seus navegadores.

    Agora se for perguntar qual é o melhor, o MS Office ganha em disparado.

    Como para o usuário doméstico, todos são “di grátis”, as pessoas ficam o melhor.

    Para uso corporativo, pode-se usar o LO, mas com perdas de alguns recursos e integração com outras soluções Microsoft, que muitas empresas não querem perder.

    Enfim, é uma concorrência, e as pessoas tem livre escolha.

    Não cabe à nós querer escolher pelos outros.

Tecnocast

|

Faça seu login no Tecnoblog

Crie a sua conta

Esqueci minha senha