Início » Jogos » Rumor de exigência de conexão permanente no próximo Xbox reacende após declaração de executivo da Microsoft

Rumor de exigência de conexão permanente no próximo Xbox reacende após declaração de executivo da Microsoft

"Às vezes a eletricidade acaba, então não vou comprar um aspirador de pó"

Por
1 ano atrás

O Kotaku reacendeu o rumor de que o sucessor do Xbox 360 exigirá conexão permanente para funcionar. Há poucas semanas, a mesma tensão pairou sobre o anúncio do PlayStation 4 da Sony, que já negou a necessidade de conexão para rodar jogos. Já no caso do próximo Xbox, de codinome Durango, a situação não parece ser a mesma.

Segundo duas fontes próximas à Microsoft, “se nada mudou recentemente”, usuários do Durango precisarão de conexão constante com a web para poder rodar jogos e aplicativos. Se a conexão cair durante o uso, inicia-se uma contagem de três minutos até ela voltar. Caso contrário, o jogo ou aplicativo seria suspenso.

Mas, enquanto a Microsoft não confirma nem nega essa informação, alguém importante ligado à empresa emitiu sua opinião sobre o tema. Adam Orth, diretor de criação da Microsoft Studios, através do seu perfil pessoal no Twitter declarou que não vê problemas com conexão obrigatória. “Desculpe, eu não entendo o drama sobre ter um console sempre online”, disse o executivo.

Orth complementou: “todo dispositivo hoje é sempre online”. Para fechar o debate, Orth ainda arrematou uma belíssima pérola: “Às vezes a eletricidade acaba, então não vou comprar um aspirador de pó”. Logo em seguida, o executivo bloqueou sua conta no Twitter, mas você pode ler todas as declarações no fórum do NeoGaf.

adam-orth-twitter

A lógica de Orth não é tão simples assim. Atualmente você pode jogar mesmo se sua conexão cair e, imagine exatamente a situação de, não havendo conexão, a única coisa que você poderia fazer é jogar, porém seu console se recusar a funcionar justamente por este motivo. Um aparelho que não funciona sem energia é diferente de um dispositivo bloqueado para funcionar sem conexão mesmo sendo, tecnicamente, possível. Nada, nada bom.

Vale ressaltar que esta não é uma declaração oficial da Microsoft, e ainda não há nenhuma informação confirmada sobre o sucessor do Xbox 360 – ele deve aparecer no máximo até junho, na E3.

E para você, a obrigatoriedade de uma conexão seria um ponto negativo na decisão de escolher um console?

Com informações: The Verge.

Tecnocast

|

Faça seu login no Tecnoblog

Crie a sua conta

Esqueci minha senha