Início » Celular e tablet Review » Motorola RAZR D1, o mais simples da família

Motorola RAZR D1, o mais simples da família

Por
1 ano atrás

A Motorola deu bastante atenção ao mercado brasileiro nos últimos meses e anunciou em março dois novos smartphones da família RAZR desenvolvidos para o nosso país: D1 e D3. Nós testamos o RAZR D3 e gostamos bastante dele: trata-se de um aparelho com ótimo desempenho, boa duração de bateria e preço muito atraente. Mas e o RAZR D1, o mais simples da família que custa 500 reais, como se comporta?

Historicamente, Androids de baixo custo não são boas compras, em parte por causa das lentidões e travadas incômodas: mesmo com os esforços do Google, o Android ainda sofre para rodar em hardwares mais simples, ao contrário do Windows Phone, que esbanja fluidez. Será que o RAZR D1 é um bom Android barato? É o que tentaremos descobrir nos próximos parágrafos.

Design

O Motorola RAZR D1 segue o design característico dos outros smartphones da família RAZR. O alto-falante frontal fica embaixo da marca da Motorola, para ocupar menos espaço; há parafusos expostos nas laterais do aparelho; a tela é contornada por uma moldura resistente; e a traseira possui uma textura agradável ao toque. Mas é claro que a Motorola precisou fazer algumas modificações para deixar o aparelho mais barato.

motorola-razr-d1-frente

Os botões frontais são muito parecidos com os botões virtuais nativos do Android, mas não são exibidos pela tela. Eles ficam na própria carcaça e se iluminam quando o aparelho está ligado. São três: voltar, home e multitarefa. Sentiu falta de algum? Pois é: não há o botão de opções, o que pode causar estranheza para quem usa aplicativos antigos, que ainda exigem seu uso.

Mas isto não é um problema. Basta manter o botão multitarefa pressionado por um ou dois segundos e o menu de opções do aplicativo aparecerá. É uma questão de costume e tempo até que os desenvolvedores sigam as recomendações do Google.

motorola-razr-d1-botoes

A parte traseira não possui acabamento em Kevlar, mas sim um plástico com textura que ajuda o aparelho a não escorregar. E ela é removível. Basta retirá-la para obter acesso a uma grande bateria de 1.785 mAh. Embaixo da bateria, ficam a entrada para o cartão microSD, bom complemento aos 4 GB de armazenamento, e os dois slots para os chips das operadoras, se o modelo for dual SIM.

Como em outros aparelhos dual SIM, o primeiro slot para o SIM card suporta conexões 3G e EDGE, então é nele que o chip com o melhor plano de dados deverá ser colocado. No outro, é possível apenas acessar a rede 2G. Nas configurações do sistema, é possível escolher qual dos chips será usado para acessar a rede de dados.

Não há muitos requintes no RAZR D1. Ele possui um útil LED de notificações, sensor de proximidade, um espelhinho na câmera traseira e nada mais. Não há câmera frontal, algo compreensível para um smartphone de 500 reais. E, com 11 mm de espessura, o RAZR D1 também é um pouco gordinho.

Tela

motorola-razr-d1-tela

Em tempos de smartphones com telas 1080p, como o Galaxy S4, é claro que o visor TFT LCD de 3,5 polegadas do RAZR D1 está longe de ser bom. Com resolução de apenas 320×480 pixels e definição de 165 ppi, é muito fácil enxergar pixels individuais e fontes serrilhadas. A leitura de textos não é uma tarefa muito agradável, o ângulo de visão é bastante limitado e a visualização sob a luz do sol também não é das melhores.

Seria injusto comparar telas de smartphones com preços tão diferentes, como fiz no parágrafo acima. A Motorola apenas seguiu padrões de mercado: a tela do RAZR D1 não oferece nada a mais ou a menos que outros Androids da mesma faixa de preço.

O problema é que essa regra não se aplica ao Windows Phone. O Nokia Lumia 520, um aparelho que também é de entrada, possui preço sugerido de R$ 599, apenas 50 reais acima do smartphone da Motorola. E ele traz uma tela IPS LCD de 4 polegadas com resolução de 480×800 pixels. Por que os Androids baratos precisam ter telas com resoluções da década passada, afinal?

Interface e aplicativos

Sem muitas modificações em relação ao Android puro

Sem muitas modificações em relação ao Android puro

Desde que a Motorola foi comprada pelo Google, os aparelhos não estão vindo com muitas modificações na interface. O Android do RAZR D1 é bem parecido com o Android dos Nexus, havendo apenas a troca de alguns ícones e novas funcionalidades que melhoram a experiência de uso. Também há poucos aplicativos adicionais pré-instalados, o que ajuda a manter o aparelho rápido.

O cadeado da tela de bloqueio pode ser deslizado em quatro direções para abrir o telefone, as mensagens, a câmera ou simplesmente desbloquear a tela.

Na tela inicial, há um widget que mostra data, previsão do tempo e porcentagem da bateria, bem como o último SMS recebido. Deslizando a tela inicial para a direita, você encontrará um painel de configurações rápidas, onde é possível ativar ou desativar conexões. E o menu de aplicativos possui uma aba Favoritos, que exibe apenas os aplicativos que o usuário desejar.

Além dos aplicativos nativos do Android, há o manual de instruções Guide Me; a suíte de escritório QuickOffice, que lê e edita documentos do Word, Excel e PowerPoint; e o Smart Actions, um útil aplicativo que é programável pelo usuário e pode desativar automaticamente algumas conexões para economizar bateria ou executar tarefas em determinado horário ou local.

Multimídia

Não há muito o que comentar aqui: a Motorola manteve o Play Music como player de músicas, inclusive com sincronização com o Google Music, e o Play Filmes para assistir e comprar vídeos. O som dos alto-falantes traseiros é de qualidade, com bom volume e sem distorções.

O RAZR D1 não consegue executar vídeos *.mkv em 720p com o player padrão e, com uma tela de apenas 320×480 pixels, é muito improvável que você realmente queira fazer isso. Mas é possível: basta usar o MX Player e o vídeo rodará suavemente, sem nenhum engasgo, mesmo com um humilde processador de 1 GHz.

Câmera

motorola-razr-d1-camera

A câmera do RAZR D1 tira boas fotos em condições de iluminação ideais. Claro, o nível de detalhes não é muito bom e as cores podem não agradar a todos: em algumas fotos, tive a impressão de que as imagens ficam mais azuladas que o normal, pelo menos no modo automático. No entanto, esta é uma câmera bem decente para um smartphone de entrada, que não deverá decepcionar os compradores.

Em ambientes com iluminação prejudicada, a qualidade das fotos não é boa, apesar do RAZR D1 possuir um sensor iluminado, como alguns smartphones mais caros. A alta presença de ruídos e granulações, bem como a falta de um flash, estragam fotos tiradas durante a noite.

Algumas fotos de exemplo do RAZR D1, sem edições e na resolução original, estão logo abaixo. Todas foram tiradas no modo automático, com as configurações padrão.

Na gravação de vídeo, nada que mereça muito destaque: o RAZR D1 filma com resolução de 720×480 pixels e salva os arquivos no formato *.3gp, com codec H.263. As imagens capturadas são boas, e a qualidade de áudio não é ruim.

Conectividade e acessórios

motorola-razr-d1-acessorios

A caixa do RAZR D1 inclui, além do smartphone, um fone de ouvido bem simples, com microfone e qualidade de som razoável; um carregador de 850 mA, que demora cerca de três horas para completar uma carga; e um cabo microUSB. No modelo de R$ 549, a Motorola envia a antena de TV, que pode ser conectada a entrada do fone de ouvido. O modelo testado não possuía sintonizador de TV.

O RAZR D1 suporta conexões HSPA+ no chip principal. Na rede da Claro em São Paulo, não tive nenhuma dificuldade em alcançar velocidades de 4 Mbps a 5 Mbps.

Hardware e desempenho

O processador single-core de 1 GHz não impressiona pela velocidade, mas a quantidade generosa de RAM que a Motorola colocou no RAZR D1 garante boa experiência de uso. Com 1 GB de RAM, não tive problemas com lentidões ao usar quatro ou cinco aplicativos simultaneamente.

O Android 4.1, mesmo com o Project Butter, ainda não tem animações tão fluídas quanto eu gostaria nos aparelhos mais baratos, mas ele não decepciona no RAZR D1. O aparelho não deve causar irritações em seus proprietários ou exigir gambiarras, como o uso de task killers e trocas de ROMs. Para um smartphone de entrada, o RAZR D1 me surpreendeu positivamente.

Os resultados modestos dos benchmarks são os seguintes:

  • Quadrant Standard: 2887 pontos
  • Vellamo (HTML5): 1260 pontos
  • AnTuTu: 6177 pontos

Bateria

motorola-razr-d1-bateria
Sim, dura bastante

Sim, dura bastante

A bateria de 1.785 mAh do RAZR D1 pode não ser muito grande, mas dura bastante. Como o smartphone possui hardware bem simples, com processador de 1 GHz e tela pequena de baixa resolução, o consumo energético naturalmente é menor. Com isso, dá para usar o RAZR D1 sem medo de ficar sem carga até o final do dia.

No meu caso, saindo de casa geralmente às 9h, ouvindo música durante duas horas, acessando a internet por uma hora no 3G, usando redes sociais por alguns minutos e deixando as notificações ligadas o dia inteiro, consegui chegar em casa às 21h sempre com mais de 30% de carga. Em um dos dias, a bateria restante ficou em quase 50%.

O aparelho obteve ótimo desempenho nos nossos testes de bateria, que envolvem execução de arquivos multimídia, navegação na web, ligação telefônica e jogos. A tabela completa e uma descrição detalhada da metodologia do teste podem ser conferidos neste link.

Com uso intenso, o gasto de bateria foi de 58%, ou seja, em três horas, o nível de bateria caiu de 100% para 42%. Com uso moderado, o gasto foi de apenas 30%. Ele foi melhor que o RAZR D3, smartphone que já possuía boa autonomia (67% e 40% de gasto em uso intenso e moderado, respectivamente).

Pontos negativos

  • Tela de baixa resolução.

Pontos positivos

  • Bateria com excelente duração;
  • Bom desempenho para um Android de baixo custo;
  • Câmera tira boas fotos.

Conclusão

motorola-razr-d1-fecha

O RAZR D1 tem algumas deficiências, como a tela de baixa resolução e as animações não tão fluídas, mas esses problemas são esperados num Android de entrada. Em compensação, o aparelho tem uma bateria que dura bastante, algo que vem sendo cada vez mais comum nos smartphones da Motorola, e a experiência de uso é boa. Nas duas semanas em que usei o RAZR D1 (meu smartphone principal é um Galaxy Nexus), não tive nenhum problema digno de nota.

É legal ver que o Android está recebendo smartphones bons e baratos. A Motorola ainda não tem um topo de linha para competir com os mais caros do mercado, como o iPhone 5 e o Galaxy S4, mas está se dando muito bem fabricando produtos mais acessíveis, com aparelhos de baixo e médio custo. Quase um ano após o anúncio do RAZR i (nós testamos), ele ainda continua sendo um ótimo custo-benefício, enquanto o RAZR D3 permanece como boa opção para quem pode pagar por algo melhor que o RAZR D1, com tela superior e mais poder de processamento.

O modelo com suporte a dois SIM cards e sintonizador de TV digital e analógica foi lançado em abril por R$ 549. Dois meses apos a chegada às lojas e com a redução de impostos do governo, o RAZR D1 pode ser facilmente encontrado por 450 reais nas principais lojas online, com pagamento à vista. E considerando os pontos negativos e positivos, o RAZR D1 é o melhor Android barato disponível atualmente no mercado brasileiro.

Você também pode comprar o modelo dual SIM e sem TV, como a unidade que a Motorola nos enviou. Entretanto, com preço sugerido de R$ 499 e vendas pela TIM, não acho que há muito sentido em pegar a versão mais simples.

Especificações técnicas

  • Bateria: 1.785 mAh.
  • Câmera: 5 megapixels (traseira).
  • Conectividade: 3G, Wi-Fi, GPS, Bluetooth 4.0 e USB 2.0.
  • Dimensões: 110 x 59 x 11 mm
  • Kit contém: Motorola RAZR D1, fone de ouvido (3,5 mm), carregador, cabo USB e manuais de instrução.
  • Memória externa: suporte a cartão microSD de até 32 GB.
  • Memória interna: 4 GB (2,31 GB disponíveis para o usuário).
  • Memória RAM: 1 GB.
  • Peso: 110 gramas.
  • Plataforma: Android 4.1.2 (Jelly Bean).
  • Processador: single-core de 1 GHz.
  • Sensores: acelerômetro, proximidade e bússola.
  • Tela: TFT LCD de 3,5 polegadas com resolução de 320×480 pixels.
  • David Diniz

    Eu estou esperando a Motorola lançar a versão single sim sem TV e sem vínculo com operadora para eu poder comprar.

    • Artur Benchimol

      Também to esperando, será que vai demorar ? Já viu algum rumor ?

    • Henrique Dourado

      acho a resolução baixa foi para economia de energia !!!
      mais um amigo meu comprou o D1 e ele é bom , a autonomia é um ponto forte !

  • Rafael Andrade

    Comprei o D1 (versão dual SIM com TV) e estou extremamente satisfeito com o aparelho. O Jelly Bean roda suavemente nele, nessa faixa de preço é o melhor Android disponível no mercado.
    Recomendadíssimo.

    • veridiana

      Rafael, vc comprou pela internet? Se sim, em qual site vc comprou?
      Estou louca por este celular.

      • biebersdiam0nd

        vc poderia me informar se possui camera frontal?obrigada

      • biebersdiam0nd

        eu acabei de comprar um q esta em promoçao no site da ricardo eletro,comprei por 411 com a inclusao do frete

    • natalia rodrigues

      qual é melhor ? um sansung galaxy young gt-s6313 ou esse motorola razr d1 ???

    • biebersdiam0nd

      vc poderia me informar se possui camera frontal?obrigada

  • viniciusghietti

    É um ótimo Smartphone de entrada :)

  • mnoveli

    tenho um desse com tv digital , muito bom o modelo com tv digital também , produtos da motorola são bons

  • Aparecido Barbosa

    Pelo preço que paguei no do meu primo,ele me surpreendeu,deixando meu ex Optimus Net dual comendo poeira(natural isso,mais quiz dizer no preço,onde paguei 619 no LG,e R$449 no D1 sem TV) ,e em comparação com o Galaxy S duos de um amigo,o desempenho dele foi bem superior mesmo,os únicos pontos fracos dele perante o G S Duos,é na tela,e na câmera,de resto ele atropela bonito o Samsung…e olha que o D1 é concorrente direto do Galaxy Y,no maximo Galaxy Ace Duos,e mesmo assim, já dá couro no S Duos,fico imaginando o D3,esse é capaz de incomodar o GG da Sammy

  • Rafael Sants

    bom acho que foi a melhor escolha entre economia e praticidade pois paguei apenas 395 no d1 a gora é só esperar chegar para ver se ele realmente me satisfaz

  • https://www.facebook.com/thanara.correa Thanara Corrêa

    Talvez melhor que o Galaxy Y :)

    • goo_dsd

      Talvez ?
      Não a duvidas que e melhor.
      RAZR D1
      Bateria: 1.785 mAh.
      Câmera: 5 megapixels (traseira).
      Conectividade: 3G, Wi-Fi, GPS, Bluetooth 4.0 e USB 2.0.
      Dimensões: 110 x 59 x 11 mm
      Memória externa: suporte a cartão microSD de até 32 GB.
      Memória interna: 4 GB (2,31 GB disponíveis para o usuário).
      Memória RAM: 1 GB.
      Peso: 110 gramas.
      Plataforma: Android 4.1.2 (Jelly Bean).
      Processador: single-core de 1 GHz.
      Sensores: acelerômetro, proximidade e bússola.
      Tela: TFT LCD de 3,5 polegadas com resolução de 320×480 pixels.

      GALAXY Y

      Bateria: 1200 mAh
      Câmera: 2 megapixels (traseira).
      Conectividade: 3G, Wi-Fi, GPS, Bluetooth 3.0 e USB 2.0.
      Dimensões: 104 x 58 x 11.5 mm
      Memória externa: suporte a cartão microSD de até 32 GB.
      Memória interna: 180 MB.
      Memória RAM: 290 MB.
      Peso: 97.5 g.
      Plataforma: Android 2.3.5 (Gingerbread).
      Processador: single-core de 830 MHz.
      Sensores: Accelerometer, proximity, compass.
      Tela: TFT LCD de 3.0 polegadas com resolução de 240 x 320 pixels.
      Sem duvidas o Razr tá muito bem na fita. :)

      • veridiana

        Concordo com vc! Comprei o galaxy y e detestei, é horrivel, nao dá pra baixar quase nada, sempre aparece escrito memoria insuficiente, e a camera tambem nao é boa. Me arrependi desse celular e ainda bem que consegui vender bem rápido, pq eu senti vontade de jogá-lo no lixo.
        é pessimo!

    • Aparecido Barbosa

      Talvez?no Quadrant o Y mal chega a 900 pontos,enquanto o D dá 2,3k ,e o Galaxy 2,1k (os que testei pessoalmente)
      Em performance,ele supera até o Galaxy S Duos…só perde para ele,na câmera,e na qualidade da tela,porque de resto o D1 é superior ao S Duos

      Quanto ao fone,realmente é bem simples,mais a exemplo dos fones da LG,ele dá um som legal até

  • goo_dsd

    “A caixa do RAZR D1 inclui, além do smartphone, um fone de ouvido bem simples”
    Bota simples nisso, até nos camelos se acha fone melhor

    • portela.thiago

      cara, é um smartphone de entrada… queria q viesse um Monster Beats ou um Bose nele??

      • goo_dsd

        Lógico que não, porém deveria vim com um fone um pouco mais melhor semelhantes aos da linha de entrada da nokia e sony (são legais)

  • fac_713198649

    Gostei mais do Lumia 520.

    • Tiago Medeiros

      Também gostei mais do Lumia, mas entre os androids de baixo custo esse se destaca. Resta saber se terá o mesmo destino dos low ends do robô verde ou se a Motorola vai cuidar dele por mais tempo…

  • Pedro Luiz Messias
  • lucas

    O D1 filma melhor que o D3? O Áudio também é melhor?

  • Kelvin Arruda

    Tô me preparando pra trocar o aparelho, quero muito o D1

  • guilhermebr1

    Vocês também podiam testar o Samsung Galaxy Y, que não é novo mas é muito popular.

    • Tiago Medeiros

      Eu não recomendo. Tive um e ele é bom para fazer o básico do básico se você for muito pouco exigente: a tela é pequena para navegar na web e a resolução não é boa; o sistema atualizado(2.2 ou 2.3 se não me engano) é lento; a memória interna é minúscula e vive estourando (usava poucos apps e ele já reclamava); os botões muitas vezes param de responder ou simplesmente não funcionam; o teclado fica espremido na tela pequena e “escorregar o dedo” com o swipe pode ser complicado, além do auto-completar ser burro e não aprender com o uso; a bateria não dura muito apesar do hardware capado; a câmera é ruim e tira fotos medianas (sujas) mesmo condições ideias; a samsung abandonou o aparelho no que diz respeito a atualizações.

      Meu conselho é: fuja dos androids de baixo custo, especialmente os da Samsung. A experiência que tive com eles foi decepcionante e eu nem uso muito, só navego e checo redes sociais esporadicamente. Pagando um pouco mais você compra esse D1 (que eu não usei, mas parece bom) ou um Lumia 520 que provavelmente proporcionam uma experiência de uso muito melhor.

    • veridiana

      já testei, ele nao presta. Se comprar vai se arrepender, a memória dele é muito ruim.

  • Helvio Fernando

    Se não fosse a baixa resolução colocaria até o Lumia 620 no chinelo.

    • Walter Hugo Nishida Xavier da Silva

      Você comparar o D1 com o Lumia 520 eu até entendo, pois se situam na mesma faixa de preço.
      Agora com o 620, não tem nada a ver, tanto em funcionalidades quanto em público alvo.
      A resolução é o de menos nessa faixa de preço, mas whatever.

  • Gabriel Cayres

    Comprei pra minha namorada por 395 reais e estamos muito satisfeitos.
    Android quase puro, rápido (quase dois meses sem NEM UM travamento), leve e com câmera boa.
    O único aspecto que poderia melhorar seria a resolução da tela.
    Nota 10, pra esse pequeno.

  • veridiana

    Alguém aí que comprou o razr d1 pela internet, me indica um site bom, que entrega direitinho.
    Estou louca por esse celular!

  • portela.thiago

    Paulo Higa: “E considerando os pontos negativos e positivos, o RAZR D1 é o melhor Android barato disponível atualmente no mercado brasileiro.”

    A Motorola anda se superando… difícil ver este tipo de afirmaçãonum review.

  • http://www.viniciuscruz.com/ Vinicius Cruz

    Se usasse por mais uma semana, começava a ter problema. Estou com Motorola Razr i, que o GPS parou de funcionar depois de 20 dias de uso

  • Will Nery

    Só tive uma decepção, achei que ter que plugar antena para TV quebra um pouco a praticidade.

    No mais, ele é bem superior ao que eu esperava, poderia ter um flash que aumentaria muito a qualidade das fotos.

    Quanto ao tamanho e qualidade da tele, era o que eu esperava de um cel de R$490,00.

    Acho tb que poderia ter a praticidade de alguns Nokias e colocar o cartão com acesso externo.

    Espero que a Nokia tb comece a ver o mercado com outros olhos e passe a investir em dual sims, tenho saudade dessa empresa que faz eu temer quebrar o piso quando o cel cai no chão.

  • Anderson Menezes

    bom dia, alguém poderia me dizer se esse aparelho e tela capacitiva, de quantos toques simultaneamente ?????, pois o meu galaxy y só suporta dois toques simultâneo e tem jogos que necessita de 3 toques ou mais , caso alguem saiba pode responder aqui mesmo que recebo por email, obrigado

  • natalia rodrigues

    então, eu ganhei um razr d1 de aniversário, vai chega daqui alguns dias, mais alguns dias atras eu tava vendo alguns videos no youtube sobre o celular, e andaram falando que a camera nao vem como prometem, com 5 mp, falaram que as fotos ficam azuis e tal, e falaram que outro problema é a tv, que nao funciona em devidos lugares, antes eu estava entre o sansung galaxy young gt-6313 ou o motorola razr d1, ai eu fiquei com o razr d1, eu escolhi certo ?
    aah, outra pergunta, se eu colocar um cartão de memória com 32 gb, os aplicativos que eu colocar no celular, vao ir para o cartão de memória ou vai para a memória interna do celular ??
    quero resposta. beijos.

  • natalia rodrigues

    qual é melhor ? um sansung galaxy gt-s6313 ou esse motorola razr d1 ??????

  • Mavy Rosa

    Gente,
    Comprei um aparelho desse, mas até hoje não consegui configurá-lo para acessar à internet com meu chip Oi, utilizando a rede gprs.
    Alguém saberia e poderia me ajudar.
    Já enviei o sms de configuração à operadora, mas recebo a resposta de que o aparelho não está configurado. Já liguei pra lá também, mas nunca consigo atendimento, portanto resolvi apelar para a net…
    Obrigada antecipadamente!!

    • Aldenizio Freitas

      Va em conf. > Mais > Redes móveis > escolhe o chip oi. > ponto de acesso. Marca a opção OI. Se não tiver lá cria um novo ponto de acesso e configura assim.

      Apn: gprs.oi.com.br
      Usuário: oi
      Senha: oi

  • firminovieira

    Compra da motorola que vem sem vinculo.

  • lucinhaguedes

    Estou satisfeita com meu aparelho, gostaria de ajuda como faço para descarregar as fotos do celular para o computador, tentei e não consegui (não sou mt boa nisso mas me esforço por aprender). Grato.
    Att
    Lucia

  • felpsfm

    Eu gostaria de saber se o modelo RAZR D1 xt-915 (1 chip) tem a mesma capacidade de bateria do RAZR D1 xt-918 (2 chips) de 1785 mAh.

    Obrigado

  • Geferson Rodrigues

    Fiquei com muita duvida entre o d1 e o Nokia 520 escolhi o d1 espero que escolhi certo tenho muita curiosidade de usar o Windows phone mas não pode arriscar já que o d1 vai ser meu smart principal eu tinha um iphone 3gs resolvi que já era hora de trocar futuramente quando tiver uma grana sobrando vou pegar um lumia

  • Robson Junior

    Eu tenho o RAZR D1 Dual Chip TV, e tenho um problema, ele não reconhece o chip 1, só o chip dois, isso é problema de configuração ou queimou a entrada do chip?

  • aleff.brujo

    Estava satisfeito com o meu D1 porém precisei restaurar ele para as definições de fabrica e apos o processo o aparelho não reconhece mas o chip 1(O meu é XT918)Procurei informação na net e vi que vários usuários estão com esse mesmo problema entrei em contato com o suporte da Motorola e eles não me dão nenhuma informação só manda eu procurar uma assistência e o pior de tudo e que o meu D1 não esta mas na garantia!

    • danilo-linhares

      Estou com o mesmo problema :-(

      • danilo-linhares

        No meu caso era problema da Tim mesmo e já voltou ao normal :-) ufa

  • mahmartini9

    Só falou mal do aparelho e depois consertou falando que é um bom aparelho, que review de merda. Não concordo na parte que fala que o sistema não roda tão bem nele, tenho um motorola D1 e posso te dizer que o sistema roda lisinho, sem travamentos, não achei nada modesto o processador single core dele comparado aos da mesma categoria, que mania que tem de falar que é modesto, ou que não tem requinte, só porque é mais barato, porque também compará-lo aos tops? Como o S3.Se fosse se basear nesse review ninguém compraria o razr.O S3 por exemplo também não tem requinte nenhum com aquela carcaça de plástico e é estrambólico, parece mais um tablet que faz ligação, o qual possui os botões distantes dos dedos em razão da sua tela gigante e nafa anatômico, não cabe nas mãos. Diria somente que o Motorola Razr D1 surpreende em design e fluidez, conta com um verdadeiro android puro, possui linhas sofisticadas e modernas, botões funcionais e ao alcance das mãos, e possui um custo benefício muito bom, não citaria a palavra barato, porque isso é relativo, cada um tem um poder aquisitivo, ainda mais no nosso país. O aparelho é lindo de morrer, elegantérrimo, ainda mais no branco. Mas peca qualidade das ligações, defeito crítico. Quanto a resolução da tela, só achei ruim mesmo para ver vídeos, dentro do preço não daria para colocarem uma tela full HD também, e quem veria vídeos numa tela com essa resolução? Eu vejo sem problemas. Até parece que iria desembolçar 1000k a mais para ver um videozinho besta na telinha do meu celular, mto sem noção esse review.

  • edstarbr

    PARA O CUSTO/BENEFICIO ELE E 9,
    MAS, TENHO UMA DIFICULDADE,
    NAO CONSIGO ENVIAR DE MEU RAZR D1 DUAL CHIP TV
    ARQUIVOS PARA OUTRO CELULAR, VIA BLUETOOTH!
    ME INFORMEM, POR FAVOR!

  • Beatriz Perez

    O meu tem uma semana de uso , e não consigo me conectar na internet , só aparece , SEM CONEXÃO A INTERNET, mexendo nele apareceu uma mensagem dizendo qe o meu Android estava desativado , como ativo ele ? Me ajude por Favor.

  • filipe.vidotti

    Comprei o modelo com tv e single chip na magazine do smartphone. Foi o mais barato que encontrei até agora! Gostei do Aparelho!!!

  • J He Nun

    Zacarias?, é tu?

  • Evelyn Barros

    Olha eu o achei muito bom, o problema é a luz do led que n para de piscar, ja desativei as sincronizações e nada, alguém sabe como desativar ou se tem algum programa que funcione, pois instalei varios e nada!

  • Nathan Gomes
  • Izabel Cristina

    comprei razr d 1 ,quando tento enviar aplicativo de outro aparelho ,ele nao instala fica como menoria insuficiente, e eu ja restaurei de fabrica e continua a mesma coisa ,alguem sabe como faço pra consegui instala aplicativo de outro celular pro meu,

Tecnocast

|

Faça seu login no Tecnoblog

Crie a sua conta

Esqueci minha senha