Ir para o conteúdo.

Início » Jogos » Por que a Nintendo não vai se vender às outras companhias (e por que isso pode ser ruim)

A Nintendo não está nem aí para o que você pensa dela, e a maior prova disso é que continua dando preferência a manter seus valores ao invés de se vender para aumentar seus lucros – com um bom argumento para isso, porém. Em uma entrevista ao site CVG, Satoru Iwata, presidente da empresa, disse que, a fim de manter sua prosperidade a longo prazo, a companhia continua não se interessando em publicar jogos para outros consoles que não seus próprios.

Iwata diz que entregar de bandeja seus “preciosos recursos” para outras plataformas não seria uma atitude visando o sucesso da Nintendo no futuro: “Se eu fosse assumir a responsabilidade pela empresa só pelos próximos um ou dois anos, e se eu não estivesse nem um pouco preocupado com o futuro da Nintendo, faria sentido que nós fornecêssemos nossas franquias importantes para outras plataformas, e aí nós conseguiríamos algum lucro a curto prazo”. O presidente também acredita que o fato da empresa produzir, ao mesmo tempo, hardware e software, a faz “única” e original, o que seria seu grande trunfo, uma vez que isto abre possibilidades para que crie coisas que as outras third-parties não conseguem criar.

Satoru Iwata (Fonte: Wikimedia)

Satoru Iwata

A declaração de Iwata veio em resposta às sugestões de que a empresa deveria seguir os passos da Sega, que, diante da queda de seus consoles, passou a produzir para outras fontes.

Ainda em seu primeiro ano de vendas, o Wii U, comercializado lá fora por US$ 300 e previsto para dar as caras no Brasil até o final do ano, não demonstra lá muita força no mercado e até o momento ainda está em desvantagem em relação ao mesmo período de vendas do Wii. De acordo com uma fonte da Nintendo em declaração ao GamesIndustry, a companhia tem consciência de que perde dinheiro a cada unidade vendida do Wii U – atualmente, após a baixa do preço do 3DS, é o portátil, junto das vendas digitais, que vem segurando as pontas da empresa.

Mas por que o Wii U não decola?

Talvez a Nintendo esteja certa em querer manter seus parâmetros e virtudes intocados, mas talvez estes sejam também seus principais inimigos. Apesar de ter dado um passo a mais em direção aos jogadores “hardcore”, lançando títulos grandes, como Batman: Arkham City Armored Edition e o aguardado Bayonetta 2 para seu novo console, ainda falta um bom prato de arroz e feijão para que a empresa alcance um público mais abrangente. Afinal, sua “nova geração” equivale à geração de consoles que o resto das desenvolvedoras já considera como ultrapassada, e seus lançamentos super inovadores já puderam ser vistos anos atrás no PlayStation 3 e no Xbox 360.

Mas é a Nintendo, a criança prodígio que desde sempre teve seu próprio tempo para lançar novidades e se voltar aos diversos tipos de mercado. Esperamos que ela ainda saiba o certo a fazer.

Com informações: CVG, GamesIndustry.

63 Comentários (Deixe o seu!)

  • A situação do Wii U já está ruim, vamos vender os jogos da Nintendo na concorrência então! #FuckLogic

    • vender os jogos dá dinheiro. a empresa precisa gerar lucros, vendendo consoles ou não…

    • Givaldo Santos A Nintendo tá bem só com as vendas do 3DS. Ela precisa é forçar o hardware dela a vender mais, não matar o próprio console vendendo pras concorrentes.

    • Carlos Eduardo Silva
      1c

      Se o Wii U tivesse um hardware mais forte com certeza seria lider de mercado nessa geração mas não aparentemente eles só se importam com os exclusivos ( que afinal são os melhores) e esquecem de outras produtoras de jogos. Mesmo assim eu compraria o wii U

  • Aliás, a situação do Vita TAMBÉM está ruim. Será que a solução seria a Sony pegar seus jogos exclusivos e lançar para a Microsoft/Nintendo? Puta merda, que texto fedendo a fanboyismo…

    • Rodrigo Sanches

      ~ FANBOYSMO ~

    • Rodrigo Sanches

      (Mals, eu tenho um contrato assinado que diz que eu tenho que te zoar com a Nintendo)

    • Zeruel Otomo
      17c

      Tanto quanto o seu comentário. Faltou entender que a Nintendo (contrária a Sony e Microsoft) sempre trabalha de uma mesma forma: o lucro tem que vir do console + software in-house, não de third party.

      Vita não vai tão bem? Verdade. Mas tem que ver que o PS4 está vindo ai para revitalizar o portátil juntamente com vários ports dos jogos de PS3 para o Vita. Inclusive já surgiram alguns rumores da Sony fazendo um bundle de PS4 + Vita por USD$499,00 para brigar com o XOne + Kinect 2 (o qual também já foi especulado que devido a má recepção e os problemas com o Prism, terá uma versão mais barato sem o Kinect 2 na caixa, o qual já nem mais é obrigatório para o funcionamento do XOne).
      Se um console da Sony ou da Microsoft, portátil ou de mesa, vai mal das pernas, eles ainda tem essa saída de buscar franquias por fora para expandir o seu repertório e trazer novos consumidores. Como a Nintendo quer garantir o lucro só com produtos seus, ela economiza no hardware da plataforma e isso atrapalha a migração de third-parties para dar uma ajuda.

      Essa estratégia da Nintendo funcionava, mas já mostrou sérios desgastes com o 3DS e se prolonga no Wii U. Utilizar o motor da nostalgia e saudosismo funciona até um ponto e talvez já tenha chego o mesmo. Nintendo precisa revisar suas estratégias de mercado antes que a nostalgia vá embora e sobrem só as dívidas.

    • mas uma questão de gosto, só pq o gamer quer qualidade (quesito hardware) não quer dizer q ele é preconceituoso, tenho vita , tem poucos jogos, mas o q tem eu curto também. Sonic transformed esta muito diferente da versão 3ds, e sim jogo FPS no portatil apesar de estar distante do console foi o 1° portatil q mudou minha opinião sobre FPS de mão.

    • A situação do Vita pode estar ruim, mas ele vai se levantar com o lançamento do PS4, isso é certo.

      Já o WiiU, depende dele mesmo e se no fim do Wii as pessoas já diziam que Zelda e outras jogos da Nintendo estavam estagnados, o que dizer agora?

  • Bruno Nogueira
    111c

    “Mas por que o Wii U não decola?”

    Simples. É porque ainda não saiu nenhum exclusivo de peso, e isso foi uma grande mancada da Nintendo. Ela lançou o console 1 ano antes, teve tempo para sair na frente nas vendas mas simplesmente não lançou sua franquias.

    • Felipe Schneider
      1c

      Na na não, o wii-u não decola porque seu hardware não vai suportar os jogos de nova geração. É um ciclo vicioso: O wii-u não vende porque não tem jogos, e as companhias não farão jogos para ele porque
      1-ele não vende
      2-ele não suporta os jogos sem “caparem” muito o software.

      Os únicos que compram os consoles por causa dos exclusivos da nintendo são os fanboys da nintendo, que compram qualquer lixo que ela solte no mercado.

  • Douglas Baldan

    "A Nintendo não está nem aí para o que você pensa dela, e a maior prova disso é que continua dando preferência a manter seus valores ao invés de se vender para aumentar seus lucros"

    Está mais do que certa.

    • Ulisses Lopes da Silva

      Líder de mercado por anos com VG de capacidade inferior aos Next Gen e copiada pelos rivais: nintendo ftw

    • comparar a nintendo e as sony/microsoft no campo dos consoles e o mesmo que comparar a apple com o windows tambem da "micro" no campo dos PC's. Pois sempre a apple inventa e renova ao inves de sempre repetir as sintetizadas formular de lucro rapido. Alem é claro de controlar seu proprio software e hardware nunca semguindo o padrão das outros mais sendo ela mesma.

      • Qual foi a maior inovação da Apple contando do iPhone 4 pra cá?
        Uma linha a mais na tela?

        O IOS7 é a maior prova que mesma a Apple precisa inovar, até ela viu isso, só os fanboys que não.

    • Ulisses Lopes da Silva anos no começo do wii né? depois as vendas esfriaram e ele só é o mais vendido por causa do boom inicial… e o gamecube e o N64 venderam menos que os playstations

    • Guilherme Tecchio e o SNES?

    • Lucas De Eiroz Rodrigues faz VINTE anos que ele saiu… e agora?

    • O Nintendo DS que foi lançado a quase 10 anos atras vende mais que outros portateis ai, e o 3DS nem se fala então

  • Eu não acho que seja a solução "se vender" e permanecer apenas no mercado de portáteis. A Nintendo é uma empresa grande e extremamente relevante ainda no cenário de consoles. A SEGA só pulou fora porque ia falir se continuasse sangrando dinheiro com o Dreamcast. Diferente da Nintendo, ela não tinha a divisão de portáteis pra salvar a pátria.

    Quanto ao Wii U, bom, uma hora o preço dele vai cair. Isso é só uma questão de tempo. Uma estratégia interessante talvez fosse a companhia baixar o preço do console mas não baixar ao mesmo tempo, ou seja, se o prejuízo vem do hardware e não do software, por que não lançar um bundle com jogos e console custando o mesmo preço atual do console? Assim eles "recuperam" o que iriam perder caso o preço caísse a traem compradores pro Wii U.

    Eu tenho certeza que muita gente, incluindo eu, gostariam de comprar um Wii U. A pergunta a responder não é essa e sim por quanto e o que eles vão oferecer para compensar essa compra.

    • Uma coisa chata do Wii U, também, é que tem que ficar comprando muitos acessórios. Haja dinheiro.

    • Daniel Flores

      Com a tendência de convergência a Nintendo já era se ficar apostando só em portáteis próprios.

      O foco em portáteis deixa ela míope para outras fontes de receita. Já passou da hora de lançar um jogo de pokemon multi-plataforma com open-world e gráficos fortes (tipo skyrim só que mais cartoon) e um mais simples para Android e iOS, por exemplo.

      Não é a toa que ela está sendo punida pelo mercado. Sua ação na NASDAQ despencou do pico de $60 em 2008 para meros $15 hoje – no mesmo período a NASDAQ subiu uns ~50%.

      http://charting.nasdaq.com/ext/charts.dll?2-1-14-0-0-572-03NA000000NTDOY-03NA000000COMP-&SF:12|2|3|31|32|33|34|35|36|37|44-HC:2-HO:SE-WD=530-HT=395-AT:9=0-

  • se ela levar os jogos dela pra outros consoles, é o fim da era CONSOLE na Nintendo.

    não existe violência nem perversão no mundo nintendo. os parâmetros de exigencia do jogador mudaram drasticamente dos anos 80 pra cá, mas só a nintendo não percebe isso.
    preferem encher o saco com Mario repeteco world, do que fazer coisa nova.

    a nintendo acha que vende console "pra família". so que a família mudou dos anos 80 pra cá, e muito. só esses prepotentes não veem isso.

    ae agora querem vender tecnologia de 8 anos atrás ao mesmo preço da tecnologia de hoje, e os jogadores não entendem que jogo novo precisa de recurso, portanto não faz o menor sentido lançar um puta jogo no play4/xbox1, e uma versão piorada pro wii.

    o produto em si precisa brilhar com os padrões de exigência atuais, e o produto da nintendo não tem condições de oferecer isso.

    • Disse Eugenio Hertz, especialista em games.

      Não amigo, não funciona desse jeito e espero que a Nintendo não se adapte a este mercado truculento atual. Você deve ser daquele que fica na fila pra comprar um Call of Duty por ano, super revolucionário, com cachorros extra.

      Se você acha que os jogos do Mario são repeteco é porque claramente não os jogou. Mario 64 / Super Mario Sunshine / Mario Galaxy 1 e 2 são completamente diferentes um dos outros. E até mesmo o New Super Mario Bros.

      Tds os jogos diferem em si e são únicos. Esse tipo de jogo você não vai encontrar em outra plataforma, e é isto que te faz ter um NINTENDO. Estou aguardando a chegada do meu Wii U.

      Mas também sou pc gamer e tenho ps3/xbox360.

      Nenhum jogo, eu digo nenhum mesmo, se compara em qualidade aos produzido pela Nintendo.

    • Ernâni Machado Alvarenga
      3c

      Eu partilho, mais ou menos, da mesma opinião. Não acho que as franquias da Nintendo – que seguram a empresa viva até hoje, mesmo com a ajuda de aparelhos – encham o saco, mas realmente o Wii U é hardware no mesmo nível do PS3 e XB360 (adicionando a lentidão geral do SO que ele usa ou então é um pouco mais fraco mesmo).

      Isso é um problema sério para as desenvolvedoras, já que a próxima geração – não considero o Wii U nela – não vai poder ter títulos adaptados para o que a Nintendo tem agora e os desenvolvedores vão meio que reduzir – ou desistir – de criar títulos exclusivos pra Nintendo.

      É um problema também para os consumidores, que terão menos títulos atraentes e verão, cada vez mais, discrepância entre os jogos das concorrentes com os da Nintendo… que tem sorte de ter uma missão conhecida do público, essa coisa de ficar repetindo que não está nem aí pra opiniões e que está interessada em divertimento, não em gráficos… mas o fato é que, não demora muito, ligar um console deles atual será como tirar aquele Super Nintendo do armário pra dar umas jogadas naquele cartucho do Mario que você não mexe há cacetões de anos…

      Tem que manter o hardware um pouco mais atual, Nintendo, não precisa mudar (muito) o foco.

    • Me diga mais sobre o Historico da Nintendo com o grandioso Game Cube e seu Hardware superior ?

      Hardware não ganha geração, inovação e preço que ganha. Veja os tão zuados Wii e DS com seus Hardwares fracos, mas que venderam que nem água, mesmo com essas franquias ditas antigas e ultrapassadas.

    • Gosto é gosto, já joguei nos três consoles, não sou fã de port games (que sai pros 3), por isso fico com os exclusivos, porém para mim os exclusivos da sony me agradam mais (shadow of colossus, uncharted 2, LBP2, MAG, Modnation racers, Last of us, sports champions e Fat princess) me agradam mais q os exclusivos da concorrência…

  • Até mesmo porque a Sega está se dando SUPER bem depois de largar o mercado de hardware, né? OH WAIT…
    A Nintendo acabou de sair de uma sétima geração de consoles extremamente vitoriosa com o DS e o Wii. O 3DS há tempos é o console mais vendido no mundo. Eles têm bala na agulha pra aguentar uma ou duas pisadas na bola. Software vende hardware, logo logo as vendas aumentam.

    • Marcelo Rodrigues

      Wii, vitorioso, ta certo…

    • Ernâni Machado Alvarenga
      3c

      Faz parte da visão da Nintendo viver de reedições das principais franquias. A cada novo console esperamos o novo Mário, o novo Mario Kart, o novo Zelda, o novo Smash Brothers… e não há nada de errado em viver de nostalgia, já que há público pra isso.

      E apesar de ter sido criado este público especial e cativo, que envelhece junto com a empresa, não sei se o atraso tecnológico vai permitir que cheguem ao próximo console, já que o Wii U não é muito diferente de um PS3 ou Xbox 360 e as desenvolvedoras não irão querer focar seus esforços em hardware no qual não possam utilizar as ferramentas e recursos atuais.

      E a Sony e a Microsoft deram um bom salto de poder nesta geração, talvez na próxima a distância fique impraticável, caso nada seja mudado. Não digo que a Nintendo tenha que entrar na corrida pelas melhores specs, mas deveria, ao menos, se manter num patamar compatível com a geração atual.

      • Carlos Silva

        da pra montar um console foda e ainda sim ter jogos do mario. não vejo mal nenhum nisso.

    • Quinto videogame mais vendido de todos os tempos. Chora mais.

    • Marcelo Rodrigues Foi o console que mais vendeu, mais lucrou, se não foi vitorioso, não sei o que mais definiria essa vitória.

    • Victor Mauricio

      Marcelo Rodrigues o nintendo Wii ganhou em vendas do PS3 e do Xbox 360. Pode pesquisar aí q vc vai ver

    • Gregory Kubya
      1c

      o unico detalhe sobre o 3ds ser o console mais vendido é que quase td mundo q joga video game ja tem um console da geração passada.. então nao faz sentido as vendas serem maiores doque um console da geração atual.. só vai dar pra realmente medir qual o console vencedor quando todos estiverem no mercado..[mas o maior fracasso com ctz é o vita]

    • " seus lançamentos super inovadores já puderam ser vistos anos atrás no PlayStation 3 e no Xbox 360"

      se o Tecnoblog está falando em hardware gráfico beleza, só precisa trocar os "lançamentos super inovadores" por "gráficos que já foram vistos no PS3 e Xbox", mas falar que inovação do WiiU já apareceu no Xbox e no PS3 parece falta de pesquisa, pq o caminho é bem o contrário.

      Eu ainda acho que guera de console é besteira, é tudo questão de gosto.

    • Marcos Burg

      Marcelo Rodrigues Acho que você vive em um casulo e não sai dele (Brasil), aqui o console não vendeu muito, mas no resto do mundo é o mais vendido da 7ª geração, passou dos 100 milhões de unidades

  • não nintendo mais nada

  • IGN,Kotaku,e agora o Tecnoblog são parceiros Sonystas.
    PQP da notícia sem pé nem cabeça,o sonho de vcs é jogar os nossos jogos nos consoles da Sony,já enjoaram de Call of Duty? PES? FIFA?

    Eu nunca enjooei de jogar Mario ou Pokémon,jogos que sempre tem algo novo,seja na história ou forma de jogar,sempre jogarei eles na minha vida.

    Agora depois que voce zera esses COD's da vida,só te resta vender o jogo no Mercado Livre porque já enjoastes no meio da campanha.

    • Nossos jogos? que legal, nunca tinha conhecido um acionista da Nintendo.

    • Fato, God of War exemplo disso. Jogo legal, mas zerou acabou.

    • Samuel Pereira
      1c

      Rodrigo Fante o mais legal é que os Nintendistas só falam de COD, como se só tivesse esse game nas outras plataformas, da até dó.

  • Diogo Ramos Gutierre
    139c

    Triste, torço pela nintendo, mas ela esta ficando cada dia mais restrita.
    Na época do snes tinham muitos jogos bons, não era apenas só pros jogos da nintendo.
    Com o passar dos anos mais e mais ela foi perdendo isso, e deixando de ligar pro hardware também.

    Hoje você conversa com um fã da nintendo, ele diz que a nintendo nunca se importou em ter gráficos e blablabla. Mentira, o nintendo 64 tinha gráficos bons, eu tinha um e seu que ele só perdeu pro ps1 por causa da pirataria e dos preços dos jogos.

    Eu sei que gráficos não é tudo, mas é importante. Se não fosse por que de uma geração para outra sempre a principal mudança é no hardware gráfico? Hoje no almoço passei pela Fnac, fiquei pasmo de ver o nintendo wii totalmente abandonado enquanto o x360 e o ps3 estavam muito disputados.

    Se o vídeo game ao menos tivesse uma resolução decente até hoje muitos jogariam. A nintendo acha que sempre vai inovar, e que por isso não precisa de hardware.

    Mas se ela inovasse e tivesse hardware ela dominaria o mercado com certeza. Eu espero que não aconteça com a nintendo o que aconteceu com a sega.

  • Hugo Franco de Campos

    A filosofia é bonita… os resultados atuais não rs

  • Matheus Fernal
    20c

    Sério que esses analistas não vão cansar de sugerir que a Nintendo abrace outras plataformas a cada mês? Se eu fosse o Iwata nem me dava mais ao trabalho de responder isso.
    Comparar a situação da Nintendo com a Sega e um pouco exagerado. É verdade que o Wii U não vai bem e talvez ele seja um grande fracasso durante toda essa geração mesmo. Mas enquanto a Sega já vinha de uma situação difícil desde o Saturn que nunca decolou a Nintendo veio de uma geração em que Wiis e DSs vendiam que nem pão quante. E o 3DS vai muito bem nessa geração mesmo. Portanto não há motivo pra tanto desespero. Melhor segurar as pontas por um período ruim e bolar uma estratétia para se reerguer mantendo seus ideais. Tenho certeza que esses analistas consegeuem pessar em um exemplo de empresa que viveu uma situação não muito diferente dessa.

  • Quando os 9 mil novos funcionários da nintendo começarem a programar pra valer e começarem a lançar jogos com frequência, o wii U no mínimo deixará de ser um fracasso.

    A longo prazo, o único problema do Wii U é que ele tem o pior concorrente que alguém pode ter: o 3DS.

  • Conan Camargo

    torço pra que dê tudo certo mesmo e que ela não caia no ostracismo. Ainda que o mercado não indique isso. a Nintendo quebrar seria demasiado ruim.

  • Anonymous

    Olha o comentário das pessoas é o fim da varzia…

    Dizer que o Wii U é um console da "geração passada" é idiotice d+!
    O Wii U tem gráficos bons sim. E diferente das outras empresas tem diferenciais para os seus jogos. Existe divertimento diferenciado dos outros consoles.

    Está certo que a Nintendo não está bem, mas isso se deve a 2 motivos.
    1 – Porque as desenvolvedoras não querem "programar" para Nintendo! O que é melhor, fazer jogos para 2 consoles (ps4 e xbox One) que tem a mesma arquitetura ou para 1 (Wii U) de arquitetura diferente. É obvia a resposta. (Melhor 2 pássaros na mão do que 1 voando!)…Ou seja, menos lançamentos.

    2 – As pessoas não compram o console. Um bando de babaca que quer participar da modinha de ter o console de ultima geração e tals… Mas espera, que jogos essa grande maioria joga? Call of Duty, Fifa, PES… esses jogos tem para todas as plataformas. ¬¬

    Vamos fazer de conta que não existe o Wii U ainda, que ele será lançado juntos com os novos consoles…
    Dia do Lançamento: Porque eu vou pagar R$2200 num XCAIXA(TV) se com essa grana eu posso ter um PC bom para jogar jogos atuais e pegar um Wii ou investir um pouco mais num Wii U com vários jogos diferentes???

    Os gráficos podem não ser os melhores, mas tu quer gráficos compra um PC.
    A Nintendo é a unica montadora de consoles que é cria novos meios de jogar, e novos meios de jogar se divertindo diferentemente de qualquer outro.

    Eu compraria um Wii U certamente!

  • E a Sega é um bom exemplo por acaso? Antes ditava tendências, hoje é só mais uma, embora grande.

  • Sou da geração q começou jogando no atari 2600, gráficos pouco importavam, naquela época. Hoje é inegável que isso é muito levado em consideração. Hj os gamers q defendem a nintendo no quesito hardware não lembram que o Mega Drive foi bombardeado por nintendistas por o SNES ter gráficos e sons superiores, o que aconteceu com o mega? O WII (na minha opinião não sou especialista) foi um console pra família, correu por fora na briga. Hj os gamers estão mais exigentes . KKK e esse papo q ela não ta nem aí é baléla pois o WII foi o mais vendido daquela geração e se o WII U não manter a sequencia, duvido q ela não mude seu comportamento, todas as empresas são movidos a money, não existe isso de valores nessa industria, JÁ vi guerras piores no tempo da SEGA vs NINTENDO.

    • Alexandre Dias II

      Pior foi na época dos 8bits. Master System tinha gráficos e som ligeiramente melhores que o nintendinho e a desculpa dos nintendistas era "ah, mas o Nintendo tem muito mais jogos"… Com relação à atual geração da Nintendo, ela realmente só não vai se preocupar se o foco na família continuar cumprindo as metas estipuladas, mesmo que sejam abaixo da concorrência.

  • Eu não acho que seja ruim. Iwata está certíssimo em pensar a longo prazo e principalmente: manter os valores da cia. O que inclui manter o quadro de funcionários mesmo nos momentos de crise, como ele disse outro dia.

  • Robson C.
    1c

    Porque a Sega é um exemplo de sucesso né gente…

  • Nintendo, SIGA A SEGA. 20 anos de curso e ainda não aprenderam!

  • que ela foque só nos portáteis

  • Endrew Rafael

    Quanto mais o tempo passa mais eu gosto da Nintendo.

  • Edmilson Junior
    283c

    Continuo sonhando com um MMO de pokemon.

  • Pessoal, melhorem, tá mais que chato essa pressão toda e negatividade em cima da Nintendo nos últimos anos.

  • Guilherme Tecchio e os portáteis?
    há um fatos chave nisso tudo, mesmo vendendo pouco hardware ou n, ela sempre é a empresa que mais lucra em todas as gerações.

  • Faltou usar fatos como o dinheiro que a empresa tem em caixa +10 bi de dólares ou seja mais do que a maioria das empresas tem no mundo e que o seu marketcap é maior que o da Sony por exemplo.

  • eu não entendo isso, o wii u vendeu mais q o ps3 em 1 ano, e ninguém falava disso, que ridiculo, só porque é nintendo….o wii u vendeu mais q ps4 na black friday, e quase ninguém fala, sou a favor de reportagens justas, não haters… mas a imprensa continua com birra

  • Felipe Schneider
    1c

    Enquanto a nintendo continuar a acreditar que o PLAYER tem que se curvar a sua maneira, e não o contrário, a (não tão mais grande) n vai continuar a perder dinheiro.

    E, quanto as outras companhias imitarem a nintendo: Porque companhias de sucesso imitariam uma que só tem fracassado?

    E tenho dito =D

Deixar comentário:

Leia | Política de Comentários.