Ir para o conteúdo.

Início » Open Source » Funcionários públicos britânicos sugerem instalar Linux no lugar do Windows

"Bloody Hell! Mais trabalho pra gente!"

Essa é para servir de exemplo ao nosso governo, que tenta há anos implantar software livre nos setores públicos, com graus moderados de sucesso. Em resposta a um pedido por idéias para corte de custos, funcionários públicos britânicos sugeriram trocar os sistemas operacionais da Microsoft instalados nos computadores do governo por alternativas livres.

O pedido de sugestões veio do primeiro-ministro David Cameron, que perguntou a todos os 600 mil funcionários do governo, visando cortar o deficit do orçamento britânico. Em meio a todas as propostas, duas sugeriam claramente abandonar os produtos Microsoft e utilizar alternativas como Linux e Openoffice.

O Chanceler do Tesouro, George Osborne – que publicou algumas das sugestões – já deixou clara sua preferência pela substituição: “Precisamos seguir o exemplo de grandes empresas em todo o mundo, e tirar vantagem da tecnologia aberta”, disse. Agora é esperar para ver.

Com informações: BusinessWeek

25 Comentários (Deixe o seu!)

  • kylefurtado
    4524c

    Tudo é relativo. Não acho que o Linux seja melhor que o Windows e vice e versa. Cada um é bom na sua área. Se bem que o Linux tem fama de ser melhor. (por milagre, será que consegui o primeiro coment?)

    • Rafael
      1978c

      E que belo comentário!
      O Linux tem fama de ser o melhor pela contaminação de um vírus chamado opensourcem fanboyzismmus! :)

      • bigkax

        Linux é muito vasto tem distribuições boas e outras que….
        Uma vantagem que tanto o Linux como OS X tem é a baixa percentagem de mercado que não é apelativa para pessoas menos bem intencionadas.

    • Alexandre
      3968c

      Cara, mas o artigo é sobre o aspecto economico, se é melhor ou pior, nao vem ao caso. A europa tá um bagaco e qualquer centavo em economia é bem vindo.

  • Fabiano
    579c

    Se a implantação for bem feita, sem problemas!

  • No Brasil é mais fácil usarem cópias de Windows pirata do que instalarem alguma distro Linux nas máquinas, já que até o Senado tem uma rede interna de pirataria (BR-LINUX http://bit.ly/Xafme)

  • Sr. Sem Papo
    1303c

    Economicamente falando, sera uma baita economia, como disse alem do Linux sera usado o OpenOffice! Agora tecnicamente e visualmente, bem, se forem usar o Ubuntu, como distribuição, vai ser mole a adaptação, agora o OpenOffice é igual as versoes anterios da rival da microsoft…Alem disso vao economizar com tecnicos..pois vao ter menos problemas com virus rsrs e ataques :D

  • Já estava mais do que na hora da maioria (órgãos públicos pelo menos) pensar assim. Infelizmente a prática fala mais na hora. (um dos motivos de usuários gostarem tanto de Windows). Agora é esperar para ver. Muita coisa tem mudado, muitos pontos as distruibuições do Linux tem se acrescentado. (Miscrosoft/Windows = Igreja católica? me perdoem pela pergunta, talvez até retórica).

  • Eu fico imensamente feliz por saber disso. E gostaria de acrescentar um dado: O Brasil economiza R$370 milhões por ano desde que adotou a alternativa open source para departamentos, escolas e prédios público. Acho isso muito digno.

    Não existe nada que o windows faça que o linux não faça igual ou melhor hoje. A nível de instituições públicas os softwares linux não deixam nada a dever.

    • JoseRenan
      1572c

      isso ae!

    • Lucas

      Roda Photoshop, CorelDraw, Sony Vegas e MS Office 2007 (o “PowerPoint” do OpenOffice é triste) sem gambiarras?

  • Prevejo muitos vírus para Linux num futuro breve, agora que todo mundo quer mudar de OS *facepalm*

    Prevejo WindowsEleven Free Basic num futuro beeeemmmm distante.

    • eka

      vc deveria prever um ban, troller dos infernos

      • Mais eihn?

        Ninguém aqui sabe oq é sarcasmo pelo visto.

  • É a melhor coisa à se fazer. Deveriam fazer isso aqui no Brasil URGENTEMENTE, pois estamos pagando caro para eles ficarem jogando Paciência.

  • lordtux
    327c

    Só espero que o dinheiro economizado não vá parar na cueca de nínguém. Brasil que o diga.

  • Eu sou funcionário da Universidade Federal de Ouro Preto e estamos implementando (na medida do possível) Linux nas máquinas. O problema é que muitos cursos exigem softwares proprietários e que só rodam no Windows. E o pior: como todos os alunos usam Office para fazer os trabalhos, é impossível apresentá-los no OpenOffice, e lá vamos nós instalando Office nas máquinas.

    • bigkax

      É perfeitamente possível abrir arquivos MS Office com o Openoffice, ja o contrario não é possível, por isso é só guardar os arquivos com formato MS office que ficam todos contentes.

  • Calabresi

    GB esta um tanto atrasada, Alemanha começou sua transferência de plataforma a 4 anos desde a briga contra o preço da MS na Europa, França veio logo atras e terminou seu projeto a uns 2 anos já com todos os orgãos públicos em ordem e funcionando.

    Falando nisso, aqui no Brasil compraram um pancada de computadores novos para a policia com Linux, porem a coisa aqui é feita Tão nas coxas e na PATETICE quando se trata e organismos públicos que me da desgosto e uma vergonha tão grande! Ninguem preparou a policia para isso, parece que o TI da policia tambem não entende do que faz, ja que estão reclamando de 3 programas que não rodam no Linux, e são importantes para a policia, um deles é o Omega (que por experiencia propria roda) e ele é o cliente do banco de dados.

    Resumindo, aqui no Brasil não é culpa da MS, Linux, ou o escambau a 4 que vier, mas de uma falta de preparo, cultura e educação nas coxas que cultivamos como sociedade

    • Alexandre
      3968c

      Como diz a musica: Sad but true

      quem sabe um dia a gente saia dessa “nascoxisse” que assola o pais.

  • JoseRenan
    1572c

    eu não entendo o governo, ele apoia o software livre mas não faz mais além disso

  • Alexandre
    3968c

    Se a moda pega, prevejo MS desesperada. Imagine que o governo britanico faça isso. Como um dos paises “lideres” no mundo, outros tendem a seguir o exemplo. Seria uma revolucao, a revolucao open source no mundo. Nao sei avaliar se isso seria bom ou ruim…

  • Além de economia a curto e longo prazo, a principal vantagem é estratégica. Ficar dependente de uma única plataforma proprietária pertencente a uma única empresa privada não é nada inteligente.

    Se ver esse vídeo vai perceber que até o ganho de produtividade é gigante:
    http://www.youtube.com/watch?v=XDV2ABbzhVY

  • Hernani
    1c

    O que mais acho interessante é que a “pregação” que Linux é perfeito etem afetado o juízo das pessoas, vejam só, não estou falando que não presta, mas ele não é a salvação para tudo, você usa o que lhe irá ajudar a trabalhar, se esse pessoal migrar para o Linux e perceber que não é a praia deles o que vão fazer? Dizer que o Linux não presta.

    • Não se trata de “pregação”. Trata-se de lógica e política pública de gestão racional. Quem não quer economizar dinheiro do contribuinte a curto e longo prazo? E ainda fazer criar uma realidade estratégica de não dependência tecnológica?
      E não existe “se esse pessoal migrar para o Linux e perceber que não é a praia deles”. Isso só acontece quando não há planejamento.

Deixar comentário:

Leia | Política de Comentários.