Início » Celular e tablet » Apple patenteia sistema que restringe gravação de shows e espetáculos

Apple patenteia sistema que restringe gravação de shows e espetáculos

Por
3 anos atrás

Essa história de ir para show com câmera digital ou celular para gravar as músicas mais bacanas pode estar com os dias contados. Se depender da Apple, os aparelhos rodando iOS terão como detectar quando o ambiente não permitir a gravação de conteúdo com copyright. Uma patente registrada pela companhia em 2009 e concedida somente agora prevê o uso de infra-vermelho para isso.

Imagem demonstra funcionamento do dispositivo

A tecnologia de infra-vermelho não é exatamente nova. Os controles remotos mais antigos já contam com essa forma de troca de dados, que inclusive foi usada em alguns celulares (a Nokia que o diga). A patente da Apple descreve o uso de um sensor de um infra-vermelho para iPhone, iPod Touch e iPad 2. Aliado à câmera desses dispositivos, o iOS poderia verificar se há algum aparelho no palco ou no ambiente emitindo sinais de infra-vermelho com a proibição para gravar.

Caso a gravação não seja permitida, o iPhone simplesmente ficaria impedido de usar o aplicativo de câmera de vídeo (qualquer um que utilize esse componente de hardware). A Apple prevê o uso da tecnologia em casas de shows, salas de cinema, teatros e demais localidades onde o conteúdo esteja potencialmente protegido por direitos autorais.

No entanto, nem tudo nessa patente diz respeito à pirataria e proteção de copyright. O infra-vermelho também poderia ser usado num museu para enviar dados complementares sobre uma determinada obra que esteja perto do dispositivo (os conceitos por trás dela, por exemplo). Nada que um simples acesso à internet não resolvesse, porém.

Com informações: Patently Apple.

Tecnocast

|

Faça seu login no Tecnoblog

Crie a sua conta

Esqueci minha senha