Início » Lei e ordem » 50 mil são processados por pirataria nos EUA

50 mil são processados por pirataria nos EUA

Por
3 anos atrás

Quase 50 mil usuários do cliente de downloads BitTorrent estão na mira da justiça norte-americana, acusados de baixarem – olha só – dois filmes protegidos por direitos autorais.

As duas ações estão sendo movidas separadamente pela Voltage Pictures, que fez seus advogados se voltarem contra 25 mil navegantes por supostamente piratearem o chatíssimo ganhador do Oscar Guerra ao Terror, de 2009, e colocarem outras 23 mil contra a parede por baixar o pseudo blockbuster Os Mercenários, de 2010.

Os dois processos foram protocolados em no tribunal federal dos EUA pelo por um tal de Copyrigth Group, junto do escritório de advocacia Dunlap, Grubb & Weaver. O processo relativo ao filme Os Mercenários foi aberto em fevereiro e o Guerra ao Terror, em maio.

“Eles são trolls de direitos autorais”, disse Corynne McSherry, diretora de propriedade intelectual da Electronic Frontier Foundation, ONG conhecida por defender os direitos digitais, à rede CNN. “Eles têm uma abordagem de arrastão de processos judiciais”, completa.

Já um porta-voz do estúdio responsável pelos processos afirmou à rede de notícia que seus advogados “estão fazendo seu trabalho”. “Alguém roubou uma de nossas propriedades intelectuais e estamos tentando recuperá-la”, completa.

O mais impressionante é que para chegar a tais usuários, o estúdio conseguiu fazer com que a justiça local intimasse provedores como Comcast e Time Warner Cable a entregarem dados de usuários que foram pegos fazendo transferência de arquivos. “A Time Warner lutou contra as intimações, e a maioria dos IPs servem de 100 a 150 usuários ao mês” afirmou Eric Menhart à rede de notícias. “Alguns dos intimados terão que viajar milhares de quilômetros até a corte em Washington”, completa.

O estúdio quer que cada um dos supostos piratas paguem uma multa no valor de US$ 2 mil. Como aponta o site Torrent Freak, se “apenas” 10 mil dos réus forem condenados, o estúdio arrecadaria US$ 20 milhões, enquanto Guerra ao Terror faturou apenas US$ 17 milhões nas bilheterias.

Tecnocast

|

Faça seu login no Tecnoblog

Crie a sua conta

Esqueci minha senha