Ir para o conteúdo.

Início » Negócios » China se torna 2º maior mercado da Apple

Durante a conferência em que apresentava os resultados financeiros da Apple, o CEO Tim Cook afirmou que a China se tornou o segundo maior mercado mundial para os iPhone, iPad, iPods e computadores Macintosh, atrás apenas dos Estados Unidos.

Segundo o executivo, o país foi responsável por 16% das vendas globais da companhia no último trimestre, arrecadando a soma de US$ 4,5 bilhões – aumento de nada modestos 400% em relação ao ano passado.

A Apple começou a comercializar oficialmente seus produtos no país há um ano, através de seu site e de 6 lojas físicas e outros 200 “pontos de venda premium” espalhados em volta da grande muralha. “Eu nunca imaginei que existiria um país com tanta gente subindo para a classe média que teria tanto interesse em comprar os produtos produzidos pela Apple”, disse Cook durante a apresentação dos resultados da companhia. “O céu parece ser o limite”, completa.

Apesar de tanta animação, Shaun Rein, diretor do China Market Group, acredita que o desempenho da empresa da maçã na China poderia ser melhor. “Eles ainda não abriram muitas lojas. (…) Para suprir a demanda, deveriam acelerar muito, muito mais a abertura de novas unidades”, afirmou à rede de notícias Bloomberg.

“O mercado chinês suportaria mais 100 lojas com facilidade”, encerra.

6 Comentários (Deixe o seu!)

  • Marcelo Carvalho
    52c

    每个人都庆祝

    • Tio Z

      Todos não sei, mas coisa de um bilhão pelo menos.

  • 7megas
    271c

    Acho que é apenas uma questão de tempo, a China vai simplesmente monopolisar o mercado de TI no mundo.

  • Sacanagem isso aê! hiPhone não conta!

  • Com mais de 1 bilhão de pessoas fica fácil alcançar boas vendas. Um único bairro de lá tem a população do Brasil :P

    • Guilherme

      Claro, porque todo mundo la é rico né?

Deixar comentário:

Leia | Política de Comentários.