Ir para o conteúdo.

Início » Gadgets Review » Review: Apple TV 2, uma set-top box simplória

No final do ano passado a Apple estreou no Brasil a sua loja de conteúdo e trouxe com ela a segunda versão da sua já conhecida set-top box, a Apple TV. Ela chega, então, trazendo suporte a muito do que ela já oferece lá fora, embora em quantidade bastante limitada devido ao licenciamento de filmes no Brasil.

Mas além da loja da Apple, ela também inclui conectividade ao Netflix, YouTube, Vimeo, suporte ao protocolo de streaming AirPlay e outras opções de conteúdo em vídeo para serem exibidos numa tela bem maior do que a de um iPhone, iPad ou de um iPod Touch. Isso é o bastante para justificar a sua compra? Passei uma semana testando a Apple TV e você confere aí abaixo o que achei.

Design e saídas

A set-top box da Apple tem um design simples que, no caso desse gadget em questão, se destaca apenas quando é segurada na mão. Quando está apoiado em um móvel junto à TV, o gadget se mistura bem com o resto dos aparelhos. Cantos arredondados, saídas na traseira, símbolo na parte de cima e LED indicador na parte da frente.

Na traseira, aliás, estão a saída HDMI, a Ethernet, a microUSB, a saída Óptica e a entrada de energia. Além delas, o gadget vem também com suporte a redes WiFi 802.11n e não tem armazenamento interno. Ah e a porta microUSB não serve para nada oficial, apenas para diagnóstico por uma assistência autorizada da Apple ou jailbreak.

O controle minimalista segue o mesmo design, com dois botões pretos e uma clickwheel parecida com a dos iPods só que não é sensível ao toque. Apesar de ter algum estilo, ele é pequeno e extremamente fácil de perder. Ter um sofá com aberturas é o requerimento mínimo para que isso aconteça mais cedo ou mais tarde, invariavelmente.

Configuração e interface

Ao ligar a Apple TV você precisa ter duas coisas já preparadas: uma conta ativa em alguma loja da Apple (preferencialmente a brasileira) e muita paciência. Enquanto que a maioria das set-top boxes têm um controle cheio de botões e com descrições bem detalhadas das funções, aqui só há o botão de play/pause, o de menu e o direcional. Felizmente não precisei adivinhar o que cada um faz na tela porque o manual é bem descritivo.

Interface da Apple TV: simples. | Clique para ampliar

Não ache, porém, que você vai tirá-la da caixa e já conectar à TV. A Apple não envia um cabo HDMI com o gadget, você precisa comprá-lo separado. Por um lado é um bom meio de economizar os 50 reais que o cabo oficial da empresa da maçã custa, mas por outro, não enviar nenhum cabo para conexão à TV em um aparelho especificamente com esse fim é bem estranho.

A interface inicial da Apple TV é bem simples de navegar. Ela vem com uma faixa horizontal com as opções de Filmes, Música, Internet, Computadores e Ajustes. Acima da faixa ficam detalhes de cada opção quando selecionada e abaixo dela ficam as sub-opções de cada uma.

Remote: facilitando a vida de quem não curtiu o controle minimalista | Clique para ampliar

Para quem tem um gadget com iOS e uma tela, o aplicativo Remote facilita imensamente o uso da Apple TV em um ambiente em que ela está conectada na mesma rede que a set-top box. Mas ainda assim, é necessário ativar o Home sharing (compartilhamento familiar) com a mesma Apple ID do aplicativo antes de poder usá-lo. Ou seja: ao menos uma vez será necessário usar o controle remoto para digitar um endereço de e-mail e senha.

Por mais que existam pequenas irritações, a palavra-chave que traduz a interface da Apple TV é simplicidade. Simples de navegar, simples de se encontrar o que você quer. Uma boa sacada da interface é a aba “Recentes” que aparece na hora de digitar um login. Você pode recorrer a ela se o seu e-mail do Netflix for o mesmo da Apple ID, por exemplo. Ou se você busca sempre por um mesmo seriado.

Alugando e assistindo conteúdo

A Apple TV vem com suporte nativo à loja Brasileira de conteúdo da Apple, então mesmo que você tenha uma conta na loja americana vai ter que usar uma outra se quiser adquirir conteúdo por ela. O aluguel de conteúdo é bem fácil: você busca na opção de filmes por qual vídeo quer assistir, seleciona a opção de alugar e paga os 5 dólares (se for em HD) para ter a chance de assisti-lo. Não existe a opção de comprar conteúdo, talvez pelo fato de que não há armazenamento interno na Apple TV. Mas seria interesante oferecer a compra para posterior download em um computador, não?

Aluguel de filmes: é caro. | Clique para ampliar

O preço é um pouco caro, mas a qualidade do streaming foi ótima. A Apple TV faz um buffer razoável do vídeo antes de dar o play nele. Obviamente, por uma conexão cabeada o tempo entre o buffer e o play foi menor, mas ainda assim não notei diferença depois que o vídeo começou a tocar. Durante o playback de qualquer vídeo, aliás, um toque no botão para baixo do controle muda a barra de avanço rápido e te permite pular para outro capítulo, o que é bacana para quem está acostumado com DVDs. O vídeo em alta definição só vai até 720p e nesse ponto achei que poderia ser melhor.

Apesar de não ter uma opção de compra de vídeo, você pode comprar no iTunes e usar o AirPlay (falo dele logo abaixo) para tocar algum conteúdo da loja da Apple sem problemas, desde que tenha feito o login no compartilhamento familiar, já que o conteúdo é protegido por DRM.

Legendas com contorno preto: tão lindo que precisei registrar de perto | Clique para ampliar

Uma coisa que gostaria de destacar aqui são as legendas em branco com um genial contorno preto, que serve para impedir que elas sumam quando a tela exibe algo branco. Uma tecnologia aparentemente difícil de implementar nos cinemas do Brasil, por mais que eles faturem milhões e milhões de dólares todos os anos.

AirPlay

O AirPlay é um protocolo proprietário da Apple que permite que conteúdos em dispositivos da empresa sejam tocados em caixas de som com suporte a ele e na Apple TV. Em dispositivos iOS, mesmo que você não tenha configurado o Home Sharing, ao tocar um vídeo ou música será mostrada a opção de mudar a saída do conteúdo para a Apple TV.

Uma das vantagens de usar o AirPlay em dispositivos móveis é poder executar outras operações enquanto o vídeo está tocando. Obviamente isso acaba com a bateria um pouco mais rápido, mas considerando que você estaria usando a Apple TV em casa, tomadas não devem ser problema.

No seu computador de preferência, seja ele um PC com Windows ou Mac, a opção de AirPlay também deve aparecer no canto inferior direito do iTunes assim que você ligar a função de Home Sharing. Basta selecionar a Apple TV como saída e tocar algum vídeo ou música.

Esse protocolo facilita bastante o playback multimídia, mas o fato de que não há suporte de outros codecs no ecossistema da Apple acaba limitando também a funcionalidade do Apple TV. Apenas mpeg4 e h.264, em termos de vídeo, são aceitos.

Outro detalhe é que se você não quiser deixar o AirPlay ativado para qualquer pessoa, é possível configurar uma senha para o protocolo nas configurações da set-top box.

Extras

A Apple TV foi feita para tocar vídeo, mas como extra, há uma opção de música embutida também. E na opção Internet, a Apple TV mostra outros serviços de streaming suportados no dispositivo.

Músicas pelo iCloud: cover flow na tela | Clique para ampliar

O streaming de música pelo iCloud está disponível apenas para quem tem a assinatura do iTunes Match. Mas ela é um pouco redundante, considerando que você pode apenas ligar o Home Sharing e dar play na música pelo iTunes.

Netflix aqui conta com opção de fila instantânea | Clique para ampliar

Fazer login no Netflix foi simples, já que eu usei o aplicativo Remote. No menu são oferecidas as mesmas opções em uma interface até semelhante à aquela disponível na web. Você pode buscar um vídeo, ver sugestões, continuar a lista de assistidos recentemente e até acessar a fila instantânea, que não está habilitado na versão brasileira do Netflix mas com um script do Greasemonkey pelo Firefox você consegue ter acesso à ele, basta buscar.

Ainda existem opções como assistir vídeos do YouTube, Vimeo e outros sites. Os vídeos exibidos no YouTube tocaram sem problemas, preferencialmente em HD (se o vídeo foi enviado para o site com essa resolução). Para alguns é necessário ter um login, como o MLB.tv.

Pontos positivos

  • Streaming rápido;
  • Preço razoável;
  • Conteúdo recente.

Pontos negativos

  • Falta de armazenamento interno;
  • Controle minimalista;
  • Conteúdo em até 720p, no máximo.

Conclusão

A Apple TV chegou tarde no Brasil e, por isso, ela não entrega o bastante para justificar sua compra em um mercado com várias TVs inteligentes. Ela tem suporte à loja de vídeos da Apple, mas o resto das funcionalidades que ela oferece, como Netflix e suporte a playback de vídeos em computadores remotos, estão integradas em vários modelos de Smart TVs hoje em dia, como da Samsung, LG e outras. E ela ainda não conta com armazenamento interno ou suporte a outros codecs além dos aprovados pela Apple, o que é um pouco irritante.

Há, no entanto, um nicho em que ela se encaixa perfeitamente: o das TVs antigas. Existem modelos de diversas fabricantes (também da LG e Samsung) que hoje em dia não oferecem conectividade à internet ou a serviços de streaming e, quando oferecem, fazem de modo limitado, tanto pela falta de poder de processamento da TV quanto para incentivar a compra de novos modelos. A meu ver, a Apple TV é um gadget que complementa bem essas TVs. E por R$ 399,00 (cabo HDMI não incluso), eu acho que vale a pena.

E sim, o jailbreak da Apple TV habilita bastante coisa extra, mas trata-se de um processo não-oficial, não-sancionado e que nem sempre funciona para todo mundo. Portanto, assim como nós evitamos levar em consideração o root e o jailbreak nos reviews de aparelhos com iOS e Android, ele também será ignorado aqui.

Já para os donos de uma televisão recente, comprar uma Apple TV é um pouco redundante, quase quanto usar tanto um cinto e suspensórios para segurar uma calça. Por enquanto, com o pouco conteúdo oferecido na loja, vale mais a pena usar um dos serviços integrados na TV ou comprar uma set-top box com mais opções, como um WD TV Live. Embora custe um pouco mais, eles suportam mais codecs e contam com armazenamento interno.

62 Comentários (Deixe o seu!)

  • Favor retirar o “Controle” de pontos negativos.

    • Rafael Silva
      1505c

      Eu achei um controle fácil de perder e minimalista demais. Por isso conta como ponto negativo sim.

      • É que um dos diferenciais do Apple TV é exatamente não ter um controle cheio de botões…

        (e.g http://edibleapple.com/wp-content/uploads/2009/07/bhktvcknapzpav96qbkwf7lao1_500.jpg )

      • Pessoas de todas idades conseguem usar o controle sem dificuldade, por ser minimalista em uma estrutura linear e inteligente de usabilidade de menu e metodologia de busca não há necessidade de ser mais complicado.

        A acessibilidade é ótima e seu design permite o fácil mesmo em ambiente com baixa luminosidade.

        Estou usando o Apple Tv a quase 6 meses e já testei com toda familia. Acredito que o controle é o principal ponto positivo do AppleTV.

        • Scott
          516c

          “Apesar de ter algum estilo, ele é pequeno e extremamente fácil de perder”

          Qual é o problema de vocês com opiniões pessoais? Ué, se o Rafa acha isso, tudo bem. É a opinião dele. Isso não significa que o mundo inteiro precisa concordar com isso.

          • Natalia

            Né? Haters gonna hate (principalmente fanboys)

          • Opiniões diferentes é bom para um mundo melhor. Entretanto é interessante analisar que algumas opiniões são julgamentos rasos. Nossas opiniões mudam muito quando a gente usa um aparelho por mais tempo.

            Com relação ao Apple TV mesmo, nos primeiros 30 dias eu estava AMANDO esse sombreamento nas legendas, depois percebi que ele só é bom em aparelhos abaixo de 32′, usando hoje em uma TV de 42′ ocupa um espaço enorme, e a Tia Apple não tem deixa isso opcional, infelizmente.

            Nossa opinião sempre pode mudar e eu adoro isso.

      • Fábio
        59c

        Tem muito poucos botões!

      • Cristian
        15c

        Eu gosto desse controle também, mas não discordo do Rafael, até porque eu já perdi um, mas tem uma solução bem fácil: a Apple TV permite configuração dos comandos no controle da própria tv, e um controle a menos, pra mim, é sempre bom.

      • Galera, o proprio Steve admitiu que todos estavam fazendo set-top box da maneira errada, inclusive a Apple.

    • 1 apelo.

  • @owrly
    1c

    Parece o controle do Google Atrix:
    http://www.gadget-review.org/wp-content/uploads/2011/02/Motorola-Atrix-Controller.jpg

  • dr.who

    Serio que tem que comprar isso?
    Eu faço o mesmo com o meu celular, um roteador wireless,conexão a internet e ainda tenho mais opções.

  • O controle remote é um recurso que a tempos vem agradando os usuários de Mac’s e nunca deixou a desejar, o design é impecável e o dispositivos funcional, não existe qualquer motivo para esta citação.

    • Diego

      Existe sim um motivo para esta citação: a opinião de quem escreveu o texto. Review é isso: descrição do produto, junto com a opinião de quem o testou.

    • Tio Z

      Parte interessante do seu comentário: “a tempos vem agradando os usuários de Mac’s”.

      Será que não agrada porque você já se forçou a usar e se acostumou e agora não liga para qualquer possível falha ou incômodo?

  • o controle eu ate desistir de procurar :) acabo usando sempre o ipod.

  • Vale ressaltar quanto a legenda dos cinemas que o texto legendado é queimado na película. por isso a única cor que pode ser gravada é o branco.

    Já na TV o recurso de contorno (ou sombra) nas legendas é amplamente usado, pois o processo de gravação é mais simples.

    abços

    • Pedro Maich
      177c

      Ainda assim, não há cinemas digitais?
      Quero acreditar que os cinemas modernos não usam mais aqueles rolos enormes de filmes..

      • Scott
        516c

        Não queria te desiludir, mas a maioria dos cinemas ainda usa a boa e velha película. A exceção são os cinemas que exibem em 3D, que aí precisam ser digitais mesmo.

        De acordo com o Estadão, “apenas 15% das salas nacionais de cinema possuem projetores digitais”.

        • Pedro Maich
          177c

          Por que aqui no Brasil tudo tende a ser mais difícil?
          As salas da minha cidade já tão caindo aos pedaços e não recebe sequer um real de investimento. Isso que não é cidade tão pequena.
          O jeito é deixa sucatear tudo e quebrar, não tem saída..

      • A média das transmissões digitais que eu tenho visto não tem uma qualidade muito boa. Por isso prefiro transmissão em película mesmo.

  • Natalia

    Legal o review! Na minha próxima viagem com certeza comprarei um! :D

    • Cristiano
      1c

      Não precisa viajar (contrabandear) ele é vendido no Brasil.

      • Ramon Melo
        2410c

        E olha que nem é tão caro por aqui…

  • dani

    como hackear, jailbreakear, dicas e truques puede encontrar em
    http://www.appletvhacks.net/

  • Não compraria esse Apple TV. Prefiro esperar a Apple TV… TV! :D

    • Marcos Porto
      1c

      Ou seja: a “iTV”. Essa ainda deve estar na prancheta.

  • Bacana ver o review do Apple TV. Estava querendo um set-top box, mas o dispositivo da Apple não estava disponível na época, então, adquiri o Boxee Box que traz as mesmas funcionalidades, exceto o acesso à loja da Apple, mas roda filmes em FullHD, traz cabo HDMI, tem inúmeras aplicações, mas todos em inglês, Grooveshark, Netflix, etc.

    Mas assim como o Apple TV não tem HD/Armazenamento interno.

    Abraços!

    • João Deiró
      22c

      Ia falar exatamente do Boxee Box que, por 10 reais a mais (procurem na GoGeek), oferece MUITO mais que o Apple TV.

      Ele permite a reprodução de arquivos armazenados em HD’s externos via USB, o que o aTV não faz, além de servir como NAS, compartilhando seus vídeos com toda a rede. Também dispõe de AirPlay tanto para vídeo quanto para áudio, de forma que permite a execução de conteúdo comprado na iTunes Store, ainda que de forma um pouco mais complicada.

      Tenho também um WDTV Live Streaming, comprado por 99 dólares, que também faz tudo isso.

      Abs

      • Guilherme macedo
        876c

        Olhando esse Boxee Box, ele aparentemente é melhor…
        Vou procurar um review dele para ver se compro ou não….

      • Marco Antonio

        Além de custar pouco a mais, já vem com o cabo HDMI também.

        Eu não troco.

    • Eu tenho um Apple TV 1ª Geração com 250GB de HD interno e o desbloqueio é a coisa mais simples do mundo, sem qualquer erro ou problema, via um simples pendrive (sem perda de garantia, reversível com dois cliques):

      http://firecore.com/

      Tenho Boxee, Netflix, Hulu, XBMC, etc etc etc.. Pessoalmente, achei a maior bobeira da Apple começar a fabricar o Apple TV 2ªG sem o HD interno, tornando apenas em um modem/roteador com OS que faz streaming.

      MUITAS das coisas legais se se fazer com o 1ª geração, não são possíveis ou ficam capadas no 2G. Se me perguntam eu digo sempre: compre um 1G. O fato de ter um HD internoe se fazer alguns tweaks leva-o para além do enlatadinho permitido pela Apple.

      400 Dilmas para ver vídeo no YouTube e alugar filme velhos e caros em dólar, é um pouco demais para o Zé Larry, ao meu ver…

    • Marco Antonio

      O Terra TV e o Olhar Digital são em português. Não lembro se tem mais algum.

      E já há promessas do app do Netflix Brasil, mas tá enrolado.

  • Will Bonfim

    Eu tenho um apple tv2 + My book live 3TB (western digital) + jailbreak + XBMC. Perfeito, tenho um media center fantástico!!!!

  • NotGustavo

    Nossa, não acho que valha a pena mesmo comprar a Apple TV. Muito melhor comprar um PS3, que além de fazer tudo isso, ainda é um PS3.

  • @mos_axz
    1069c

    Eu gostei do Review(apesar de ter colocado um controle tão lindo e usavel como esse como ponto negativo. É só não jogar em qualquer lugar que não perde).

    • Rafael Silva
      1505c

      E o fato de ter que apertar o botão menu quinze vezes para sair de um item? Não conta? :P

      • Scott
        516c

        Você está segurando errado! :P

        • @mos_axz
          1069c

          HAHAHAHAHAHA

      • No meu caso Rafa, eu aperto apenas uma vez e seguro por uns 2 segundos e ele volta para a home.

      • LeonardoMBorges

        Basta segurar o botão menu por poucos segundos que ele volta.

  • Estava esperando uma review assim sobre a Apple TV. Obrigada Rafa!!

  • “Já para os donos de uma televisão recente, comprar uma Apple TV é um pouco redundante” . Rafa eu concordo com você, entretanto eu estou com a LG 42lw5700 , uma das últimas séries de TV da LG e posso garantir que o sistema é lento demais e não tão “smart”, infelizmente temos que esperar as Smartvs amadurecerem.

  • Cristiano
    1c

    Antes era somente o preço que impedia que brasileiros tivessem acesso a certas tecnologias, agora surge outro problema: A conexão com a internet. Temos serviços com Netflix, Apple TV, NetMovies, gadgets como TVs, vídeo-games e Smartphones todos exigindo troca de dados para acesso a conteúdo. Agora imagine tudo isso dentro de uma casa onde com muita, mas muita sorte mesmo o sujeito consegue contratar uma conexão de 1 Mbps, tudo sendo usado por várias pessoas de forma simultânea.
    Então já temos há muito tempo os gargalos ferroviários, aeroviários, rodoviários, portuários, e agora temos também o gargalo da internet, e o governo vem com propostas de banda larga popular com franquias de 300 MB, isso da para assistir um episódio de family Guy e pronto, seu pacote já era, se vire navegando 30 dias à 64 kbps.

  • cesarcoelho

    Se eu comprar esse aparelho fora ele vai funcionar no Brasil, vi que você falou que já vem preparado para apple store brasil, comprando fora viria a americana, é fácil alterar?

    • Tenho 2 ATV comprados nos EUA. A loja que vai ser usada independe do local de compra, vai de acordo com a conta que foi feita o login.

  • Fernando

    Tanto critério pra vê filmes? Nun vi graça ):

  • A única coisa que me faria comprar um seria o AirPlay dos iDevices. Mas como ainda não tenho nenhum :(

  • Ramon Melo
    2410c

    Há, no entanto, um nicho em que ela se encaixa perfeitamente: o das TVs antigas. Existem modelos de diversas fabricantes (também da LG e Samsung) que hoje em dia não oferecem conectividade à internet ou a serviços de streaming e, quando oferecem, fazem de modo limitado, tanto pela falta de poder de processamento da TV quanto para incentivar a compra de novos modelos.

    Não sei se é bem esse nicho em que ele se encaixa não. Um BD player da Samsung com Smart Hub (que transforma uma TV antiga numa Smart TV) estava custando uns R$299 no Natal do ano passado e oferece muito mais funcionalidades que o Apple TV. Tenho quase certeza que existem diversos outros aparelhos semelhantes na mesma faixa de preço. E ainda tem o PS3, que está anos-luz à frente em termos de conteúdo (especialmente 3D).

    O único nicho que eu consegui enxergar para o Apple TV são as pessoas que costumam comprar muito conteúdo na iTunes Store e já têm uma boa biblioteca de mídia por lá. Para quem vai sair do zero, não vale a pena.

  • Valentina Ventuir

    Há alguma possibilidade de conseguir assistir tv aberta no iPad?

  • Quando teremos o review do Google TV? Quero comparações. :D

  • @tduarte
    213c

    Eu acho uma coisa muito estranha no controle! Ele é MUITO minimalista, e o botão do meio substitui completamente o botão “Play/Pause” que vem nele.

    Fiquei muito curioso do porque da Apple não ter retirado o botão do “Play/Pause” também, e ter deixado menos botões ainda! Eu por exemplo, só usei ele para colocar em DFU para o jailbreak!

    Outra coisa que percebi, é que, ao menos com meu roteador (WAG120N), tenho vários problemas com o compartilhamento familiar, as vezes chega a ser estressante conseguir colocar ele para funcionar! E o pior é quando no meio do filme a conexão cai.

    Se alguém passou por algo parecido, favor me ajudar, to desesperado! hahaha Será que terei que comprar um roteador da Apple pra essa porcaria funcionar direito?

    • Acho que não tiraram pela simetria. Só pode.

  • Ganhei um MyGica R6 (um aparelho chines que faz a mesma coisa que o Apple TV) .. Caras, tirando o Design esse aparelho é superior em tudo .

    Tirando o menu em Chines (que vem por padrao) ele é fácil pra caramba de usar, principalmente quando vc consegue colocar ele em ingles.

    Suporta HD Externo e todos os formatos de vídeo disponíveis (menos RMVB) nas Duas USB. E vc ainda pode colocar um drive de DVD externo ou um Dongle Wifi. .

    O que faltou nele foi só o Netflix e uma forma de assistir vídeos por Stream..

    Meu review: http://oxenti.com/www/2011/08/25/mygica-r6-media-player-review/

    Vendo o review do Apple TV, eu cheguei a seguinte conclusão: Finalmente um aparelho chines genérico que funciona melhor do que um aparelho da Apple.

  • Moreia

    O controle é uma mierda!

  • ricardo
    464c

    Prefiro esperar pela Ubuntu tevê.

  • Wil

    TENHO…E TENHO RESSALVAS!
    Comprei uma no fim do ano quando fui aos EUA. Paguei 95 doletas na B.H.
    Estou usando há’ pouco tempo mas tem 3 coisas que me incomodam e ainda não consegui entender e/ou resolver.
    1. O espelhamento não funciona com iPhone 4 (Ridículo pois o 4 é dos mais recentes)
    2. A “busca” não funciona (Tentei buscar títulos e nada acontece)
    3. Fui assistir um filme no Netflix, o áudio estava dublado em espanhol e não dava pra alterar (Fui assistir no PS3 que deixou eu alterar essa função no menu) Assistir filme dublado em espanhol com legenda em português é comédia.
    HEI APPLE……….O RESTANTE DO MUNDO NÃO É TODO MEXICANO NÃO!!!
    Paguei metade do preço que pedem no Brasil mas estou bem insatisfeito com essas falhas.

  • Ricardo Santos

    Lembre-se de assinar uma INTERNET acima de 10mb, pagar o serviço do Icloud pois o aparelho não tem armazenamento interno e sim o Icloud que só disponibiliza apenas 5Gb gratuitos, que não é nada para ser ter um conteudo em HD, se for Full-Hd como os filmes em Blu Ray serão necessários no minimo 50 Gb, tiro por Avatar que tem esse tamanho para se ter aquela imagem sem comparações, então para mim isso não vale a pena, porcaria!

  • arnaldo

    É uma bosta!!!!!

    Fica dando erro ao colocar a senha do wireless.

    So funciona com o cabo.

    MAIS UMA BOSTA DA APPLE QUE NÀO SERVE PARA NADA ALEM DE ENCHER O SACO.

  • lusobrasil

    Boa noite. comprei recentemente a Apple Tv 3g cá em Portugal, só que venho notando que cada vez que vou usar a rede wifi na apple tv, tenho que por a senha, isso é demasiado chato, visto que a senha tem que estar sempre ao pé de mim.
    alguem sabe me dizer se isto acontece com frequencia, ou eu tenho algum problema na apple tv.
    tenho todos meus aparelhos, iphone 4s, ipad 2 e Imac Lion todos ligados ao mesmo routter, ou seja todos usam o wifi, mesmo assim, tenho ligado a apple tv à rede banda larga de 60mb ca em casa.
    gostava de poder ter uma resposta.

    muito obrigado
    luosbrasil
    portugal

  • Otimo review !
    Parabens !!!

Deixar comentário:

Leia | Política de Comentários.