Início » Software e apps » Apple revela detalhes do Mountain Lion, o próximo Mac OS

Apple revela detalhes do Mountain Lion, o próximo Mac OS

Aplicativos do iPhone e iPad marcam presença no futuro sistema operacional.

Por
2 anos atrás

A nona versão do sistema operacional da Apple. A empresa da maçã anunciou hoje a disponibilidade da primeira prévia para desenvolvedor do Mountain Lion, nome do sucessor do sistema Lion que você conhece e possivelmente usa no seu Mac (eu não uso por motivos muito particulares).

De novidade teremos, mais uma vez, uma série de recursos importados do iOS, em especial aplicativos — notas, os lembretes e o centro de notificações. A Apple diz que o Mountain Lion é a primeira versão do Mac totalmente pensada tendo em vista o iCloud, serviço de armazenamento de dados na nuvem que funciona com os dispositivos móveis da companhia.

Messages no Mountain Lion

O iChat será substituído pelo aplicativo Messages. Ele já existe no iOS com funcionamento similar ao do WhatsApp, numa tentativa de evitar o envio de SMS. Além de falar com pessoas que tenham contas Apple ID em seus dispositivos iOS, o aplicativo funcionará com Google Talk, Yahoo Messenger, Jabber e AIM. Usuários terão a possibilidade enviar não só texto, mas também “imagens em alta qualidade e vídeos”, de acordo com comunicado da empresa.

A Apple colocou o beta do Messages para download. Funciona somente com o Lion. Nós tentamos baixar o app aqui na redação, mas estava dando uma desagradável mensagem de erro.

Pelo menos duas centrais de aviso marcam presença no Mountain Lion. O Notification Center, que copia a funcionalidade do famoso complemento Growl, dá informações relevantes sobre os aplicativos instalados no Mac. E o Game Center, cujo nome evidencia do que se trata, funciona mais ou menos como a central de pontuação do Xbox: mostra os amigos, quais jogos têm lhes dado trabalho, que conquistas foram feitas etc. Bastante similar ao que existe no iPhone.

Notification Center

Os aplicativos de iOS presentes no futuro sistema são de notas e de lembretes. É natural que eles sincronizem os dados com o iCloud do usuário. Tanto melhor se tiver iPhone ou iPad ou iPod Touch porque as informações adicionadas no dispositivo móvel serão replicadas no computador (e vice-versa). A Apple também adiciona suporte total ao Twitter no Mountain Lion. O aplicativo oficial vai funcionar integrado com o sistema (no iPhoto, Photo Boot e Safari).

Para completar, a Apple oferece no Mountain Lion diversas opções de compartilhar conteúdo “em vários aplicativos”. Fora os links no Safari que podem ir rapidamente para a lista de leitura, os favoritos ou Twitter, além de mandar para alguém por email ou via Messages, a empresa adiciona a postagem de fotos para o Flickr e de vídeos para o Vimeo. Eles não deram detalhes sobre quais apps vão funcionar com quais serviços. Eu imagino que a parte de fotos deva funcionar com o iPhoto e de vídeo com o iMovie (alguns compartilhamentos já existiam anteriormente).

http://www.youtube.com/watch?v=8NcB21Jr4pw
(Vídeo do YouTube)

O AirPlay estará presente no sistema. Assim como ocorre nos dispositivos com iOS, o usuário poderá repetir a imagem da tela do computador na televisão compatível com a tecnologia (ou que esteja acoplada a um acessório Apple TV).

Ajustes do Gatekeeper

A segurança dos donos de Mac fica resguardada pelo aplicativo Gatekeeper, mais uma novidade apresentada com o próximo OS X. Com ele fica a cargo do usuário escolher se quer instalar os aplicativos livremente a partir de qualquer fonte de download; somente a partir da Mac App Store (padrão no sistema, de acordo com a Apple); e somente a partir da Mac App Store e de desenvolvedores cuja identificação fora confirmada antes.

Pelas contas da Apple são mais de 100 recursos novos no Mountain Lion. Geralmente eles incluem até mudanças em um simples botão nesses cálculos (Apple… Sabe como é). Também dizem que há diversas novas APIs para que os desenvolvedores tirem proveito máximo dos recursos exclusivos do Mountain Lion.

Para quem achava que o Mac OS não podia chupar ainda mais recursos do iOS aí está a prova em contrário. Não que isso seja bom ou ruim; não estou julgando a decisão da Apple, mas apenas relatando.

Não há data para lançamento do sistema operacional (sabemos que será durante o verão no Hemisfério Norte — entre meados de julho e meados de setembro) nem foi divulgado o preço a ser cobrado por ele. Desenvolvedores cadastrados no programa da Apple podem baixar a prévia do Mountain Lion imediatamente.

Atualizado às 14h50.

Tecnocast

|

Faça seu login no Tecnoblog

Crie a sua conta

Esqueci minha senha