Negócios

Posts sobre compras, vendas, aquisições e negociações empresariais. Também traz informações sobre resultados financeiros das companhias.

thumb-brasil-bandeira

Há algumas semanas, Hugo Barra, o brasileiro que trabalhou no Android por quase três anos e hoje é vice-presidente global da Xiaomi, conversou com políticos para expandir as operações da fabricante chinesa para o Brasil, sem divulgar muitos detalhes ao público. Na tarde desta quarta-feira (23), em Pequim, a Xiaomi anunciou oficialmente que planeja entrar em nada menos que 10 países este ano, incluindo o nosso.

Leia mais

thumb_nokia-logo-generico

A Microsoft confirmou que a aquisição da divisão de dispositivos e serviços da Nokia será concluída nesta sexta-feira, 25 de abril. Com o negócio, a Microsoft espera aumentar a adoção de smartphones com Windows Phone e oferecer seus serviços para mais pessoas. A compra foi anunciada em setembro do ano passado em um acordo que, somando a divisão de celulares com as patentes da finlandesa, chegou ao equivalente a 17 bilhões de reais.

Leia mais

thumb-yahoo-novo-logotipo-opcoes

Marissa Mayer pode dar em breve mais um passo rumo ao retorno do Yahoo ao Olimpo da internet, dessa vez atacando os serviços de vídeo on demand. Segundo o Wall Street Journal, a empresa está se preparando para lançar quatro séries originais para rivalizar com as elogiadas (e premiadas) vindas do Netfllix e da Amazon – e que já se mostraram ser um investimento bem seguro.

Leia mais

eich_thumb

Durou pouco mais de uma semana a permanência de Brendan Eich no cargo de CEO da Mozilla. Depois de numerosas manifestações contrárias à sua posição à frente da organização em virtude de sua (aparente) postura homofóbica, o executivo renunciou ao posto nesta quinta-feira (3). O anúncio foi feito por Mitchell Baker, chairwoman da Mozilla. Leia mais

ubuntu_one_thumb

A disputa cada vez mais acirrada entre os serviços de armazenamento de arquivos na nuvem acaba de fazer uma “vítima fatal”: nesta quarta-feira (2), a Canonical anunciou a decisão de descontinuar o Ubuntu One. O serviço ficará indisponível a partir de 1º de junho de 2014. Leia mais

rift fb

Como em todas as vezes que alguma startup que oferece algum serviço popular é comprada por uma empresa maior, na noite de ontem houve toda uma comoção pelo anúncio da compra da Oculus VR, que está produzindo o Oculus Rift, pelo Facebook. E não foi uma comoção positiva: a maior parte das reações foi contrária à transação, admitindo, como de costume, que o Facebook irá acabar com uma empresa relativamente nova e que ainda nem teve seu primeiro produto lançado.

Essa é a principal causa de preocupação quanto à compra da Oculus VR: como o Rift ainda não foi lançado (e, diga-se de passagem, nem há estimativa de quando isso deve ocorrer, mas espera-se que seja ainda neste ano), algumas pessoas temem que o Facebook interfira nele e que, no mínimo, o produto final fique aquém do esperado.

Leia mais

oculus2

Essa ninguém esperava: Mark Zuckerberg anunciou nesta tarde em seu perfil no Facebook que a empresa adquiriu a Oculus VR, responsável por criar o Oculus Rift. Não foram dados mais detalhes ou valores do acordo – o The Verge fala em 2 bilhões de dólares – , mas o CEO aproveitou para explicar um pouco do que pretende fazer com a empresa daqui para a frente.

Leia mais

eich_thumb

Depois de ficar quase um ano sem um líder interino, a Mozilla finalmente anunciou seu novo CEO: Brendan Eich assumiu o cargo nesta segunda-feira (24). Talvez você nunca tenha ouvido este nome, mas estamos falando de ninguém menos que o criador do JavaScript. Mas, para a sua chegada ao posto, provavelmente tenha pesado mais o fato de Eich ser também um dos fundadores da própria Mozilla. Leia mais

thumb-netshoes

A Netshoes, rede de varejo online que é mais conhecida por vender produtos esportivos, mas que também oferece fones de ouvido e até jogos de consoles, contratou o banco Morgan Stanley para procurar um novo investidor. Rumores apontam que a empresa trabalha com a possibilidade de encontrar um novo sócio, mas também estuda vender a operação. Entre os interessados, duas gigantes americanas: Amazon e Walmart.

Leia mais

hugo barra thumb

Pode ser que a chinesa Xiaomi comece a vender smartphones no Brasil em um futuro não muito distante. Hugo Barra, brasileiro que trabalhou no Android por quase três anos e anunciou sua despedida do Google em agosto do ano passado para ocupar o cargo de vice-presidente global da Xiaomi, comentou no Google+ que conversou com políticos para expandir as operações da fabricante para o Brasil.

Leia mais