Quem lê com frequência o site TechCrunch foi surpreendido no fim de semana por uma matéria de Sarah Lacy sobre “o boom das startups de propaganda” no Brasil. De acordo com a autora, a maioria das grandes agências de publicidade do mundo tem um escritório no país porque os brasileiros são muito criativos, emocionais, expressivos etc.

Entre as startups citadas está a Boo-Box. Criada em 2007 por Marco Gomes, a companhia tem atualmente uma rede de “centenas de sites” afiliados que usam seus serviços e geram cerca de 500 milhões de pageviews por mês. Um número impressionante, sem sombra de dúvida. Não é por acaso que a Boo-Box organiza campanhas para grandes corporações, como a Coca-Cola.

Leia mais

Lançamento de StarCraft 2 tem data marcada: 27/julho

Preparem suas máquinas, ajustem as framerates das placas de vídeo e compre bastante comida para não sair de casa por pelo menos 15 dias: a Blizzard acaba de anunciar a data oficial de lançamento da continuação de uma das suas grandes franquias, StarCraft. Dia 27 de julho o primeiro jogo da sequência, Wings of Liberty, deverá estar à venda nas prateleiras de lojas ao redor do mundo e, espera-se, do Brasil também. Não foram anunciadas datas para os demais jogos. [Crunchgear]

Conforme o YouTube vai crescendo, mais produções de alta qualidade aparecem por lá. Vai ver finalmente o Google percebeu que tais produtores de conteúdo (como a galera responsável pelo Pergunte à Amanda) merecem ser remunerados e decidiu criar um programa de cobrança decente.

O fato é que finalmente o site de vídeos vai oferecer uma ferramenta para que os donos dos vídeos cobrem pela reprodução do conteúdo. Em vez de publicidade, o usuário que quer assistir a um vídeo teria que pagar determinado valor antes de dar play.

Leia mais

Internet Explorer abaixo dos 60% de participação

Alguém na sede da Microsoft, em Redmond, deve estar dando murros de raiva na própria mesa. Saíram os dados do mercado de navegadores para abril/2010 da NetApplications. Pela primeira vez na televisão brasileira na história, o Internet Explorer ficou com 59,97% da participação de mercado (ainda líder, com queda de 0,7%).

Em segundo lugar vem o Firefox, com 24,6% (-0,07%), seguido do Chrome com 6,7%. Logo atrás do Google está a Apple e seu Safari, com 4,7%. O pequenino Opera é o último colocado: 2,3%. [Neowin]

Depois de comprar o serviço de streaming de música Lala e fechá-lo (aconteceu na sexta-feira), a Apple já estaria trabalhando em uma versão do iTunes baseada na web. No entanto, fontes da indústria musical afirmam que a companhia de Steve Jobs ainda está longe de oferecer qualquer coisa parecida com um iTunes acessível via navegador (Safari, de preferência).

Gravadoras já estariam conversando com a Apple, embora o progresso seja considerado como “preliminar”, para sermos bastante positivos. O olho grande dos executivos das gravadoras é por conta da possibilidade de cobrar a mais pelas canções, uma vez que seriam para “múltiplos usos”.

Leia mais

Essa Valve anda bem malandra. Depois de um longo período de vai-não-vai da plataforma de games Steam para Mac OS, a empresa finalmente anunciou que os donos de computadores da Maçã poderiam aproveitar o melhor do mundo dos jogos numa plataforma segura e com compra fácil de novos títulos. A estreia do Steam para Mac está marcada para 12 de maio.

Pois bem, agora os rumores são de que a companhia estaria trabalhando para portar a Steam para mais um sistema operacional. O Linux seria a próxima parada da locomotiva Valve, que teve partida no Windows e recentemente fez sua primeira pausa na 1 Infinite Loop, em Cupertino.

Leia mais

iPad: 1 milhão de unidades vendidas

A Apple anunciou hoje que o iPad já chegou à incrível marca de 1 milhão de unidades vendidas. O produto começou a ser distribuído em 3 de abril, totalizando 28 dias de muito sucesso.

“Um milhão de iPads em 28 dias. Isso é menos que metade dos 74 dias que foram necessários para atingir a mesma marca com o iPhone”, disse Steve Jobs em comunicado.

De acordo com a companhia, já existem mais de 5 mil aplicativos para iPad disponíveis para download. Além disso, outros 200 mil apps para iPhone podem ser usados no aparelho (embora tudo fique gigante, de modo que só a sua avó vai gostar).

Na última semana, o Google apresentou a mais nova forma de utilização de mapas da empresa. A partir de agora, o usuário que instalar um plugin no navegador poderá visualizar imagens em três dimensões, sem depender de um aplicativo especificamente para isso.

O funcionamento se dá de forma muito semelhante à do Google Earth. Na verdade, pelo que pude perceber, a equipe de desenvolvimento do Maps conseguiu portar toda a tecnologia de exibição de 3D do Earth para um simples plugin para navegador. Um feito incrível. Leia mais

Apple pode sofrer investigação antitruste graças a restrições do iPhone OS

De acordo com uma fonte do jornal New York Post, a Comissão Federal de Comércio (algo como o CADE – Conselho Administrativo da Defesa Econômica – dos Estados Unidos) e o Departamento de Justiça norte-americano estão disputando para ver quem inicia investigação sobre a forma como a Apple gerencia o ecossistema do iPhone OS.

Tal situação teria se tornado mais tensa depois que a Apple fechou as portas para Adobe, de modo que desenvolvedores não podem mais usar os aplicativos da atual arqui-inimiga de Steve Jobs para criar apps para iPhone. [Engadget]

Um mercado que a Microsoft dominou sem sombra de dúvidas foi o de mesas com superfície sensível ao toque. O seu Surface pode não estar tão onipresente quanto o Windows para causar processos anti-monopólio, mas ele com certeza domina o mercado em que atua, talvez pelo fato de ser o único disponível da área. Mas a Sony quer mudar essa realidade.

A fabricante japonesa anunciou que pretende lançar uma mesa similar ao Microsoft Surface ainda em junho desse ano. Ela se chamaria atracTable, assim como o Surface, teria capacidade de interagir com diversos objetos que forem detectados, como celulares, copos de café, e etc. A tecnologia por trás (no caso, por baixo) da mesa foi desenvolvida em conjunto com a Atracsys, empresa suíça especializada em rastreamento óptico.
Leia mais