É, minha gente… É com grande alegria e honra que nós do Tecnoblog damos o ano de 2009 como encerrado. Um ano que nos trouxe muito trabalho, muita ralação, mas que nos fez crescer como veículo de comunicação e como empresa. Tudo isso graças a você, que lê, comenta e recomenda o TB na interwebs.

2009 vai ser lembrado por nós como o ano em que pusemos no ar a versão mais recente do site, apelidada de TB 2.0, com grande foco no conteúdo. As redes sociais ganharam importância na rede e, consequentemente, aqui no Tecnoblog. Agora, com um clique, você pode retuitar um post que tenha lhe agradado. Nossa presença no Facebook também foi ampliada, com uma “comunidade” cheia de fãs que podem trocar ideias entre si e discutir sobre o que está disponível no site.

Mas o nosso principal lançamento em 2009 foi o Tecnoblog News. Tenho muito orgulho de ter feito parte dessa ideia desde o início, para que hoje você possa ler as principais notícias de tecnologia no Tecnoblog. Ainda temos um longo caminho pela frente, é evidente, mas nesse ano conseguimos fechar o pacote básico de conteúdo que achamos que você merece ter: artigos de opinião, análises, promoções e, mais recentemente, notícias fresquinhas diariamente.

Não pense que acabou por aí, no entanto. Temos consciência de que na internet sempre há como melhorar. Portanto, espere de 2010 um ano cheio de novidades. E esperamos que de boas notícias no mundo da tecnologia, para que possamos entregar até você em primeira mão. Uma coisa eu posso garantir: logo na primeira semana de janeiro já teremos uma surpresa para você…

Que 2010 chegue trazendo muita luz e muitas oportunidades para todos nós. 2009 foi excelente para o Tecnoblog. E esperamos que o próximo ano seja ainda melhor, para nós e para você. Obrigado pela companhia e até lá! xD

- Equipe do TB

Kindle: prata da casa, é o primeiro eletrônico em todas as categorias

A Amazon divulgou sua lista dos “melhores de 2009”, com os produtos mais vendidos, os mais desejados (que apareceram com mais freqüência nas wish lists dos clientes) e os presentes mais populares.

Veja na seqüência os vencedores em cada categoria em alguns dos setores mais relevantes ao público interessado em tecnologia, seguindo a seguinte legenda: MV = Mais Vendido; MD = Mais Desejado; PP = Presente mais popular.

  • Eletrônicos: MV,MD e PP: Kindle, o e-book reader da própria Amazon;
  • Livros: MV e MD: “The Lost Symbol” (“O Símbolo Perdido”), de Dan Brown / PP: “New Moon” (“Lua Nova”), de Stephenie Meyer (O segundo livro da saga Crepúsculo);
  • Livros para Kindle: MV e MD: The Lost Symbol” (“O Símbolo Perdido”), de Dan Brown / PP: N/A;
  • DVD: MV: “Twilight” (“Crepúsculo”) / MD: “Star Trek” (Três discos +Cópia Digital, Blu-ray) / PP: “Up”;
  • Vídeo sob demanda: MV: “Twilight” (“Crepúsculo”) / MD:” Julie & Julia” / PP: N/A;
  • Música: MV,MD e PP: “I Dreamed a Dream”, de Susan Boyle;
  • Álbum em MP3: MV: “No Line on the Horizon”, do U2 / MD: “Ocean Eyes”, de Owl City / PP: N/A;
  • Música em MP3: MV e MD: “I Gotta Feeling”, do Black Eyed Peas / PP: N/A;
  • Vídeo Games: MV e PP: Wii / MD: New Super Mario Bros;
  • Computadores: MV: ASUS Eee PC 1005HA 10.1” Netbook Preto / MD e PP: ASUS Eee PC 1005HA-PU1X-BK 10.1” Netbook Preto;
  • Software: MV, MD e PP: Microsoft Office Home and Student 2007.

Quem quiser ver a lista completa, com setores como jardinagem, brinquedos e roupas, entre outros, pode acessá-la nessa nota emitida pela Amazon.

Durante todo o primeiro semestre de 2009 Steve Jobs esteve afastado da empresa que fundou e tornou bem sucedida. No seu lugar, Tim Cook, o Diretor de Operações da Apple, assumiu o papel de CEO interino enquanto o melhor CEO do mundo tratava de sua saúde. Sem dúvida, uma grande responsabilidade nas mãos de Cook — mas ele foi remunerado proporcionalmente.

Em 2007 e 2008, Cook recebeu, respectivamente, 7 milhões e 6 milhões de dólares em ações da Apple. Em 2009, esse valor saltou para US$ 12,3 milhões em ações da empresa (equivalente a mais de R$ 21 milhões). Isso sem contar o salário dele, que foi de US$ 700.000 em 2008 para US$ 800.000 nesse ano. Somando-se a isso o bônus em dinheiro de US$ 800.000 (cerca de R$ 1,4 milhão), Tim Cook fechou o ano com um total de aproximadamente 14 milhões de dólares. Sabe quanto é isso? Mais de 24 milhões de reais.

Enquanto isso, Steve Jobs continuou com o mesmo salário que recebe desde que voltou à Apple para salvá-la da falência em 1997: US$ 1 de salário e US$ 1 de bônus. Mas não sinta pena dele, os 5,5 milhões de ações da Apple que Jobs possui, com a alta recorde de US$ 211,61 com a qual as ações da Apple fecharam essa segunda-feira, valem a vultuosa quantia de US$ 1.163.855.000 (mais de 2 bilhões de reais). [TUAW]

A Hitwise divulgou informações sobre visitações de sites nos EUA no Natal e, pela primeira vez na história, o Facebook ficou em primeiro lugar como o site mais visitado. Em segundo lugar veio o Google.

Essa informação é interessante uma vez que no ano passado esse ranking foi invertido, com o Google em primeiro lugar e o Facebook em segundo.

A rede social do Mark Zuckerberg tem se mostrado poderosa e crescendo mesmo com todos as preocupações com privacidade que sempre estão na mídia e blogs. Essa foi a primeira vez como número um, mas certamente não a última. [CNET / Read Write Web]

Alguns poucos sites de notícias e blogs americanos receberam um convite do Google para um evento no próximo dia 5 de janeiro. Apesar do convite não falar nada sobre do que se trata o evento há dicas no texto levando a crer que trata-se do lançamento do Nexus One.

Outros sites conseguiram acesso ao preço do aparelho. Custará US$ 530,00 (aproximadamente 920 reais) que é válido para compra diretamente com o Google sem atrelar ao plano da operadora T-Mobile. Caso a compra tenha contrato de 2 anos com a operadora você pagará US$ 180,00 (aproximadamente 310 reais).

O blog Engadget conseguiu com exclusividade informações sobre todas as especificações do Nexus One e que em resumo são as abaixo mas você pode ver o documento completo no post deles.

  • Android 2.1
  • 11.5 mm de espessura
  • 512MB RAM, 512MB ROM, 4GB microSD expansível até 32GB
  • Câmera: 5 megapixes com auto foco mecânico e LED flash
  • HSDPA 900 / 1700 / 2100, 7.2Mbps down e 2Mbps up
  • Tela de 3,7 polegadas WVGA AMOLED

Adicionalmente um geek sortudo conseguiu colocar as mãos em Nexus One e fez um review que está no YouTube, no velho e bom estilo câmera fora de foco e tudo mais (abaixo):

[TmoNews / CNET / The New York Times / Engadget]

A briga de patentes entre Nokia e Apple está esquentando. Primeiro a Nokia processou a Apple. Depois a Apple contra atacou. Agora a Nokia vai um passo mais adiante e abre um processo no US ITC (International Trade Comission) alegando quebra de patentes nos produtos da empresa da maçã.

Desta vez as patentes, sete no total, dizem respeito à interface com o usuário, câmera, antena e gerenciamento de energia de produtos Apple. Os produtos que constam no documento do processo são: iPhone, iPhone 3G, iPod Nano, iPod Touch, iPod Classic, iMac, Mac Mini, Mac Pro, MacBook Pro e MacBook Air.

Todos esses produtos são importados pela Apple da China. O ITC, dependendo do resultado da investigação, tem o poder de mandar bloquear tais importações de forma que a Apple ficaria impedida de vender tais produtos nos EUA. A Nokia espera uma resposta do ITC em até 30 dias. Caso ganhe o processo a Apple ficaria impedida de importar produtos que infringem patentes a partir de 2011.

Vamos ver no que toda essa história vai dar. Uma coisa é certa: seria embaraçoso para o pessoal do loop infinito admitir que suas ideias vem da Nokia e não de sua equipe criativa. [Wall Street Journal / Business Week / The Inquirer]

Dados divulgados pela empresa de consultoria japonesa Impress Watch mostra que a Sony vem considerando diversas opções de engenharia para o futuro Playstation 4, que deverá chegar ao mercado – de acordo com as previsões mais otimistas – no final de 2012.

De acordo com as informações, a empresa japonesa considera a possibilidade de abandonar a atual plataforma PowerPC e os aclamados processadores gráficos Cell em troca da tradicional arquitetura x86, idêntica a dos computadores comuns. A mudança permitiria a utilização de processadores de múltiplos núcleos e dos chips gráficos da família Larrabee, que a Intel deve lançar já em 2010.

Outras vantagens da mudança seria fazer com que o console seja mais amigável aos desenvolvedores, permitir que seu hardware tenha maior eficiência energética (excelente argumento de vendas nesses tempos de extrema preocupação ambiental) e de quebra permitir que o PS4 chegue ao mercado por um precinho mais camarada do que os US$ 500 pedidos pelo PS3 na época de seu lançamento. De qualquer maneira, nenhuma palavra foi escrita sobre a manutenção de mídias físicas para os jogos ou se os drives de blu-ray serão mantidos.

Lançado em novembro de 2006, o Playstation 3 já vendeu cerca de 30 milhões de unidades em todo mundo desde então seus upgrades se limitaram ao tamanho de seu disco rígido, e, mais recentemente, ao lançamento de uma versão compacta (mas não tão compacta assim) conhecida como Slim. [IGN]

Desculpem o momento fanboy, mas saca só o calendário de verdade – feito em papel, sabe? – que o Google está distribuindo para alguns parceiros, no Japão, em comemoração à chegada iminente de 2010.

Para ver mais cliques do brinde, visite o blog nipônico Gigazine, que recebeu um de presente. Bateu uma invejinha forte agora.

#zemayerfacts é coisa do passado

N.D. Tiwari: #zemayerfacts é coisa do passado

Figura tradicional na cena política indiana, Narayan Dutt Tiwari, de bem vividos 84 anos de idade, teve que renunciar ao cargo de governador do estado de Andha depois que um vídeo que o mostrava numa orgia com três jovens foi exibido numa rede local de televisão e, posteriormente, começou a se espalhar por sites como o Youtube.

O escândalo se tornou público na última sexta-feira, dia 25 (natal, por aqui), e apesar de afirmar que as imagens são “fraudes feitas para desestabilizar o governo”, Tiwari se afastou do cargo na última segunda. “Eu peço desculpas à nação, mas eu não fiz nada de errado. Tudo não passa de uma conspiração”, afirmou à imprensa local. Bom saber que há pouco mais de um ano o político usou um discurso semelhante para se recusar a fazer um teste de DNA para reconhecer um filho de 29 anos de idade.

De fato, tudo o que as imagens mostram são supostas fotos do que parece ser o senhor nascido em 1925 acompanhado de umas moçoilas, junto de uma trilha sonora de gosto duvidoso e apresentado por um sujeito que parece ter arrumado alguma confusão com seu barbeiro.

Politicagens à parte, o fato é que não demorou para que o caso se tornasse um dos grandes destaques na web indiana e mundial neste final de ano. Desde então os termos “N.D. Tiwari youtube”, “N.D. Tiwari scandal” ou “N.D. Tiwari sextape” entraram para a lista das 20 procuras mais feitas no país e Ghandi, e, globalmente, no mesmo períoso o assunto registrou seis vezes mais buscas do que Tiger Woods, outro que tem tido sua vida particular vasculhada por curiosos nos últimos tempos.

Pelo sim, pelo não, confira o vídeo sob sua conta e risco. Em todo caso, fica tranqüilo que ele é SFW:

[Times of India, India.com, The Telegraph India]

Em novembro o Google, gigante da publicidade online, comprou o AdMob uma das principais plataformas de anúncios em dispositivos móveis como iPhone, Android e outros. Ontem (28) dois grupos de defesa do consumidor, o Consumer Watchdog e o Center for Digital Democracy declararam que são contra e fizeram uma requisição à FCC – a Anatel americana – para que analise profundamente o caso.

O grande perigo que essas associações enxergam é a dominância de um único player do mercado – já dominante no mundo online – no quesito anúncios em aparelhos móveis. Anúncios vão desde sites adaptados para as telas pequenas até aplicativos distribuídos gratuitamente mas com anúncios para sustentar o desenvolvedor.

Na época da compra do AdMob pelo Google informações de bastidores davam conta que a Apple também estava interessada na startup. Perder para o Google só acirra a briga entre esses dois gigantes. Agora o Google consegue ter estatísticas de uso de aplicativos do iPhone que usam o AdMob o que para a Apple é como se deixasse a porta de casa aberta para o inimigo.

A junção do Google com o AdMob criará o maior player de anúncios móveis com 30 a 40% do mercado. E depois o Google diz que não é “do mal”… [Business Week / CNET]