Core i7

Core i7 é a família de processadores de alto desempenho da Intel. O primeiro modelo foi lançado em meados de 2008, com foco em empresas e usuários entusiastas. Na microarquitetura Sandy Bridge, possui versões com dois, quatro e seis núcleos de processamento. O Core i7 dual-core possui baixo consumo de energia (de 17 a 35W) e é utilizado especialmente em notebooks. Versões Extreme Edition possuem maior desempenho e características que facilitam o overclock, mas o preço é muito alto, custando cerca de US$ 1 mil nos Estados Unidos. Leia sobre Core i3 e Core i5.

thumb-razor-blade

Respeitada entre o público que ainda prefere desfrutar de seus jogos em frente ao computador, a Razer — conhecida por produzir periféricos como mouses, teclados, joyticks e sistemas de som — anunciou nesta sexta-feira o lançamento de seu primeiro notebook. Leia mais

toshiba-qosmio-3d-thumb

A febre do 3D já chegou há algum tempo nas pequenas telas de smartphones, como no LG Optimus 3D, por exemplo. E já estava presente na área de computadores também, com modelos de portáteis que incluem óculos para tais conteúdos. Essa semana foi a vez da Toshiba trazer de volta a tecnologia de 3D sem óculos em um notebook com o Qosmio F755 3D. E antes que você comemore, é bom dar uma olhada nas recomendações antes. Leia mais

macbook-air-2011-thumb

Depois de passar oito meses na mesma configuração de hardware, a linha de MacBooks Air da Apple recebeu uma merecida e bastante antecipada atualização hoje. Os novos modelos de portáteis ultrafinos receberam a nova geração de processadores Intel Core, da linha Sandy Bridge, e tomaram o lugar do MacBook White como Mac de entrada. Leia mais

intel-i7-quad-thumb

Analistas da empresa de pesquisa de mercado IHS Isuppli liberaram um levantamento sobre o poder de processamento de computadores nesta semana. O relatório afirma que 49% dos notebooks do mercado deverão ser equipados com processadores de quatro núcleos até 2015. Leia mais

thumb-acer-trackpad-removivel

Passada a onda dos netbooks que atingiu a indústria da tecnologia anos atrás, a taiwanesa Acer mostra que continua firme no segmento de máquinas mais poderosas (e caras). A novidade da vez são os recém-apresentados Aspire Ethos, previstos para dar as caras nas lojas europeias até o final do mês. Leia mais

thumb-arma-dissipador

Eu não sou um maluco por casemods. Também não curto armas, a menos que elas possam ser trocadas por chapéus, chaves ou metais em TF2. Mas existe alguma coisa que acho intrigante em uma placa-mãe que une os dois. Mais especificamente uma placa-mãe que tem um dissipador em formato de pente de balas. Esse é um tipo de design matador, como a própria fabricante aponta no site. Leia mais

m11x-alienware-thumb

Os computadores criados pela Alienware são direcionados para quem curte jogos. E por precisarem ter um hardware atualizado, nem sempre os gamers escolhem um notebook da marca, já que eles não podem ter suas peças trocadas. Embora a empresa consiga manter sua linha de desktops com os últimos componentes, a linha de notebooks não segue a mesma rapidez. Essa semana, no entanto, ela recebeu uma atualização de respeito, que inclui até processadores com overclock de fábrica.
Leia mais

thumb-hp-envy-3d-17

Existem os notebooks simples, os sofisticados e os de luxo no Brasil. Acima desses, está o HP Envy 3D. Esse aparelho reina sozinho numa seara em que custar algo na casa dos 5 dígitos é fundamental. Pois é, meu amigo, esse texto servirá apenas para você babar no que de mais refinado tem na tecnologia hoje em dia.

Leia mais

A Apple atualizou ontem a linha de computadores MacBook Pro para incluir processador de melhor desempenho nos equipamentos. Em vez do Core 2 Duo, que ainda é padrão nesse mercado, a empresa passa a usar os processadores Core i5 e Core i7, também produzidos pela Intel. No entanto, pouco foi explicado sobre uma das características mais interessantes dos novos notebooks: a transição automática da GPU integrada para a GPU dedicada.

“Os novos MacBooks Pro de 15 polegadas e de 17 polegadas apresentam processadores Intel Core i5 e Core i7 e a nova tecnologia de transição automática de gráficos da Apple, que altera de modo suave entre a poderosa Nvidia GeForce GT 330m e a GPU eficiente em energia Intel HD Graphics”, dizia o comunicado.

O desafio da Apple na construção dos novos MacBooks foi criar uma forma de transição da placa de vídeo integrada da Intel, que é bastante fraca, para a da GeForce da Nvidia, sem que o usuário perceba isso. Anteriormente, essa transição era feita por meio do painel de controle do Mac OS e dependia do reinício da sessão do usuário. Agora, tudo é feito de forma automazidada.

Para chegar a esse resultado, os programadores da Apple desenvolveram uma tecnologia única no mercado, que ataca duas frentes. Em primeiro lugar, o sistema checa quais programas são mais agressivos no uso da GPU por meio de informações baseadas no OpenGL, Core Graphics e Quartz Composer, entre outros componentes do Mac OS, que gerenciam gráficos. Dessa forma, o Leopardo das Neves sempre sabe quando o usuário está usando um simples editor de e-mail (Intel HD é mais do que suficiente) e quando ele quer editar uma imagem mais pesada no Photoshop (nesse caso, o recomendado é usar a GeForce).

O pulo do gato da Apple está na economia de bateria. A Nvidia tem o sistema de gerenciamento Nvidia Optimus, que mantêm a GPU integrada ligada mesmo quando a GeForce está em funcionamento. Já o da o da Apple faz diferente: somente uma GPU funciona de cada vez. Dessa forma, há menos consumo de energia, o que leva a menos consumo de bateria.

Esse pessoal de Cupertino é bastante esperto, não?

Com informações do Ars Technica.

Processador Core i7

Processador Core i7

A MSI anunciou hoje algo bastante aguardado pela indústria de notebooks: a empresa planeja lançar, já no próximo mês, aparelhos utilizando processador Intel Core i7. Por enquanto, serão modelos de 15,4 e 17 polegadas, que provavelmente estarão preparados para o sistema operacional Windows 7, que tem lançamento em 22 de outubro.

Esse processador já era esperado para notebooks, mas somente nas máquinas voltadas para os gamers. Os Core i7 costumam ter um enorme consumo de energia para entregar a alta performance que jogos mais atuais exigem, além de ser considerado produto premium, custando mais caro que outros processadores.

A reportagem do CNET News entrou em contato com a Intel, que disse que a MSI fez o anúncio antes da hora. Segundo a Intel, a previsão de lançamento dos notebooks com Core i7 para setembro está errada. [CNET]