Facebook

O Facebook foi lançado em fevereiro de 2004, ainda com o nome thefacebook. Atualmente é a maior rede social do mundo, com 845 milhões de usuários ativos em dezembro de 2011. A ideia original era disponibilizar o site apenas para alunos da Universidade de Harvard, onde o fundador Mark Zuckerberg e seus amigos estudavam. Posteriormente, o serviço foi expandido aos estudantes do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts), Universidade de Boston e outras instituições. A história do Facebook foi contada no filme A Rede Social (2010).

thumb-dilma-rousseff

Hoje mais cedo o Facebook liberou a sua lista de assuntos mais comentados durante esse ano que está prestes a acabar. “HMU”, que significa “hit me up” (algo como “entre em contato”, em tradução livre) foi o líder. Um termo em inglês, que possivelmente não faz sentido para muito gente. Mas os brasileiros também falaram bastante no FB durante esse ano, então a rede social fez o favor de listar os assuntos brazucas que mais foram comentados. Pronto para a lista?

Leia mais

No encalço do Google e Twitter, agora é a vez do Facebook revelar ao mundo os termos que dominaram as atualizações de seus 500 milhões de usuários durante 2010. Essa é a segunda vez que a rede social divulga tais dados, numa pesquisa que eles chamam de Memology, por algum motivo estranho e obscuro.
Leia mais

Paul Allen vs. 11 empresas de tecnologia: ação encerrada

Uma juíza dos Estados Unidos determinou o fim da ação judicial que Paul Allen movia contra 11 empresas de internet devido a violação de patentes. De acordo com Sua Excelência, ação do cofundador da Microsoft não especificava quais produtos e serviços das empresas acusadas estariam violando sua propriedade intelecual. Com isso,  ase seguintes empresas podem respirar mais aliviadas:  Apple, Google, FaceBook, YouTube, AOL, eBay, Yahoo!, Netflix, Staples, OfficeMax e Office Depot. (Sim, ele só não processou a Microsoft) | Ars Technica

thumb-mark-zuckerberg

Há cerca de quatro meses comentamos sobre o Giving Pledge, iniciativa liderada por Bill Gates e Warren Buffett que pretende convencer os milionários do mundo a doarem a maioria da sua fortuna, seja em vida ou postumamente.

Leia mais

Site do PayPal é nova vítima de grupo pró-WikiLeaks

Depois de atacarem o site da Mastercard e da Visa, o grupo de ativistas online defensores do site WikiLeaks se concentraram em outra instituição financeira, o PayPal. O ataque DDoS aconteceu nessa madrugada e deixou o site indisponível por várias horas. Pouco depois disso os dois perfis usados para divulgar os ataques, tanto no Twitter quanto no Facebook, foram retirados do ar pelas respectivas redes sociais. O grupo passou então a concentrar suas discussões no fórum anônimo 4chan. Por lá, especula-se que o próximo atacado pode ser o Twitter.

thumb-bia-email

Minha primeira coluna no TB, muitos bytes atrás, era sobre o fim do e-mail. Desculpas não faltavam para os radicais que decidiram abolir o e-mail de suas vidas: muito spam, gente que não sabe usar, inbox lotado, correntes, PPTs de gatinhos :D etc. Recentemente, o Facebook veio à público anunciar uma ferramenta “revolucionária” – o social inbox – e os partidários do fim do e-mail tornaram a fazer barulho.

Em princípio, parece ser uma ideia interessante: imagine um único lugar onde você possa centralizar todos os seus serviços de comunicação (e-mail, redes sociais, messengers, SMS. Além de um agregador para consultar tudo o que envolve seu contato com o resto do mundo, ele faria diferentes protocolos se relacionarem. Por exemplo, daria para responder um recado do Facebook ou um tweet através de um SMS.

Parece prático, mas no meu entendimento, esse sistema está fadado ao fracasso. Visto que cada protocolo foi feito para funcionar de um jeito, obrigá-los a funcionar da mesma maneira não dá certo. As pessoas também os usam de formas diferentes.

Leia mais

thumb-facebook-logo

Uma maneira que as rede sociais usam para se manter relevante e não parar no tempo é fazer o chamado redesign. Eles movem colunas, mudam cores, fazem uma faxina nos links para funções em geral e esperam agradar seus usuários, a parte mais difícil. O Facebook se arriscou novamente nessa área ao anunciar uma modificação das páginas de perfil dos seus usuários. Mas parece que dessa vez eles acertaram.
Leia mais

thumb-symbian-logo

Recentemente foi anunciada uma grande reestruturação da Fundação Symbian. A Nokia passa a ser a grande responsável por manter o código-fonte do sistema Symbian lindo e funcionando, enquanto a Fundação cuidará da parte mais burocrática, como o licenciamento do sistema para os mais variados fabricantes e dispositivos.

Claro que, com isso, a Fundação perde muito da sua força. E seus sites, ao que tudo indica.

Leia mais

thumb-facebook-logo

Se a nossa categoria Lei e Ordem fosse um hotel, eu diria que ela está superlotada e com hóspedes saindo pela janela nessa semana. Esse já é o quarto ou quinto post nessa categoria e a semana ainda nem começou direito. Mas fazer o quê, parece que as empresas de tecnologia resolveram gastar o seu orçamento com advogados antes do ano acabar. Dessa vez quem está sendo processado é o Facebook e por algo que eles fizeram certo: seus controles de privacidade.
Leia mais

thumb-dr-evil

Sinceramente, não dá para entender o que querem os gurus da internet. Num dia, reclamam da “terra sem lei”, da “pirataria desvairada”. No outro, da falta de acesso por milhões de pessoas – seja por motivos políticos, financeiros ou culturais. E de repente, quando as leis começam a englobar mundo real e virtual, as pessoas passam cada vez mais a pagar pelo conteúdo digital que consomem e a inclusão digital caminha a passos largos, há quem diga que a web está em decadência, que Apple e Facebook são o mal encarnado, que só o dinheiro é importante em detrimento das pessoas.

Leia mais