thumb-tuto-messenger-hotmail-offline

Confirmando um rumor publicado ontem, a Microsoft oficializou hoje o fim do Windows Live Messenger (o eterno MSN Messenger). Já era. Acabou. Morreu. No primeiro trimestre de 2013, o Messenger será finalmente descontinuado — com exceção da China, onde ele ainda estará disponível por alguma razão obscura. Os antigos contatos que você possuía no MSN agora poderão ser encontrados no Skype.

Leia mais

meebo-thumb

Hoje o Google, empresa conhecida por adquirir outras que vão servir aos seus interesses, foi novamente às compras. Dessa vez a companhia que o gigante de Mountain View colocou na sacola e saiu do supermercado foi a startup Meebo, responsável por criar um conhecido cliente de bate-papo em diversas plataformas. Leia mais

thumb-google-talk

O Google Talk fica mais completo a partir de agora. Depois de duas semanas desde que a AOL admitiu estar trabalhando com o Google num novo recurso, os comunicadores instantâneos das duas empresas podem conversar entre si. Menos um obstáculo rumo a um mundo digital de interoperabilidade, devo dizer.

Leia mais

Quem tentou entrar no Windows Live Messenger na madrugada de ontem pode ter dado com a cara na porta, figurativamente falando. Os servidores da Microsoft responsáveis pelo serviço ficaram indisponíveis para certos usuários ontem por volta das 21h, deixando uma grande parcela deles falando com as paredes ou, como já é de costume nesses casos, reclamando no Twitter da indisponibilidade.
Leia mais

A versão 1.4 daquele que é provavelmente o melhor e mais popular aplicativo de IM para Mac, o Adium, acaba de chegar — depois de ficar em beta por mais de um ano e meio.

As novidades incluem diversas melhoras mais discretas e também os maiores destaques: o cliente multi-protocolo que já lidava com GTalk, MSN, Facebook e muitos outros agora também se comunica via Twitter e IRC. Leia mais

thumb-skype-5

Foi liberada hoje a próxima versão do Skype. O aplicativo de conversa em áudio e vídeo passou por algumas modificações, está mais estável e agora tem suporte aos contatos do Facebook, a maior rede social do mundo. E o melhor é que ele continua sendo oferecido de graça, embora vários recursos extras possam ser contratados por valores pagos à parte.

Leia mais

Microsoft Messenger 8 Beta para Mac: ainda muito atrás de seu equivalente no Windows...

A Microsoft tornou hoje disponível para download a versão beta pública do Messenger 8 para Mac (um beta privado que já tinha vazado e circula pelos becos escuros da internet há mais de um ano). Apesar de ter ainda erros que a própria Microsoft anunciou que sabe estarem lá (os avatares, por exemplo, não são exibidos), a propaganda do aplicativo se baseia em ele ser a primeira versão do Microsoft Messenger para Mac a ter suporte para conversas de áudio e vídeo.

Em testes que realizei durante esta tarde o programa se mostrou bastante instável, e as conversas de vídeo fizeram o programa travar e fechar. Perguntando a usuários do Twitter que testaram também o programa, constatei que alguns poucos tiveram experiências razoáveis, mas a maioria também não aprovou a versão. (Talvez o Google tenha deixado as pessoas mal-acostumadas com betas que funcionam de verdade) ;)

A versão final do Microsoft Messenger 8 está prometida para o último bimestre de 2010, quando chegará junto com o Office 2011 para Mac. Até lá os Mac users terão que se virar com o beta da Microsoft (que pode ser baixado aqui) ou com alternativas open source populares como o Adium e o aMSN.

A empresa russa Digital Sky Technologies (DST) estaria em negociações com a AOL pela compra do clássico serviço de mensagens instantâneas ICQ. Mas a DST não seria a única interessada. Segundo o Techcrunch o Skype também estaria interessado (ou pelo menos já esteve), assim como o Google.

A AOL comprou o ICQ em 1998 pelo valor de US$ 400 milhões e, segundo a Comscore, ele (ainda) possui 33 milhões de usuários por mês, no mundo todo. Na Rússia, porém, o ICQ é o serviço de mensagem instantânea número 1, com 8,3 milhões de usuários — o que explica o interesse da russa DST e do Google, que ainda não se consolidou plenamente naquele mercado.

Estima-se que o valor de venda do ICQ seja fechado entre US$ 200 milhões e US$ 300 milhões, mais provavelmente algo perto dos US$ 250 milhões (cerca de R$ 438 milhões). [TechCrunch]

O Facebook, definitivamente, não está dormindo em serviço. Na mesma época em que anunciou ter atigido a marca de 300 milhões de usuários, a empresa também anuncia a chegada de conversas de voz à sua rede social.

A nova funcionalidade deve estar disponível em algumas semanas, quando usuários poderão realizar conversas de voz com seus amigos. Aplicativos também poderão fazer uso da novidade.

A tecnologia para tanto, porém, será terceirizada. Ficará à cargo da empresa Vivox (que é responsável pelas comunicações de voz para o Second Life) fornecer a viabilização técnica da nova funcionalidade. Já se sabe, no entanto, que cada usuário será obrigado a baixar e instalar um plug-in para poder ouvir e ser ouvido. Uma vez instalado o plug-in, a integração promete ser total.

Reproduzo aqui o comentário de Chris Pirillo sobe a nova funcionalidade do Facebook:

É revolucionário? Não. É evolucionário? Absolutamente.

[CNET]

yahooEm um evento entitulado “What Matters Most” (ou O que importa mais, em tradução livre) realizado em Sunnyville ontem para a imprensa norte-americana, o Yahoo! anunciou mudanças nos seus sistemas de email, instant messenger e no sistema de pesquisas. E não, o Bing ainda não foi integrado às buscas.

A nova versão (ainda em beta) do Yahoo! Messenger agora suporta conversas em vídeo, além de ter sido totalmente redesenhada. Também há uma nova função de updates que irá integrar outros serviços do usuário no programa, como fotos publicadas no Flickr, tweets, e outras coisas. A versão 10 beta do aplicativo está disponível para computadores rodando Windows neste link. A versão do programa para iPhone também foi supostamente atualizada, mas no momento de digitação deste post a versão na iTunes AppStore ainda é a de 31 de março.

Já as mudanças no Yahoo! Mail foram mais sutis e ainda não foram ativadas para todos os usuários. O limite de tamanho de anexos passou de 10 MB para 25 MB, igualando-se ao limite do Gmail. Também foi criada uma Application Box (caixa de aplicativos) que irá integrar o email à conta dos usuários em serviços como Paypal, Xoopit, entre outros. A página móvel do serviço também foi totalmente redesenhada.

Já no mecanismo de busca, foi implementado algo que o Yahoo! chama de ‘relevância pessoal’. Eles dizem estar usando uma “ciência avançada” para descobrir o que o usuário está buscando de acordo com seu histórico de pesquisa. Por exemplo, se alguém buscar por ‘gato’ e logo depois buscar por ‘jaguar’, o sistema vai perceber, muito provavelmente, a segunda busca se trata do animal e não da fabricante de automóveis. [Lifehacker]