thumb-kinect

Há um ano a Microsoft apresentava no mercado uma possível revolução no campo de videogames com o Kinect. Seus sensores precisos e as variadas possibilidades de gestos capturaram a atenção de jogadores que não temem exercícios físicos, enquanto que os mais preguiçosos não apreciaram o fato de precisar mover mais de um músculo para interagir com seu Xbox 360. Agora a Microsoft planeja investir ainda mais na difusão do Kinect em uma área bastante diferente: as empresas. Leia mais

skype-microsoft-thumb-2


Nem o Google, nem o Facebook. Parece que quem conseguiu comprar o Skype foi quem ofereceu o maior caminhão de dinheiro. Nesse caso, a Microsoft. Segundo fontes do jornal Wall Street Journal, a gigante de software adquiriu o gigante de VoIP por US$ 8,5 bilhões de dólares. O acordo de compra deverá ser anunciado oficialmente por ambas as empresas às 9 da manhã dessa terça-feira, segundo fontes do site BoomTown que também confirmam que a venda do Skype já está concretizada. Leia mais

Rumor do dia: Twitter conversa com Facebook e Google sobre aquisição

A suposta tentativa de compra do Twitter no ano passado pelo Google não aconteceu. Mas esse ano, além da possibilidade disso acontecer estar mais forte, ele pode ser comprado pelo Facebook no lugar da gigante de Mountain View. Isso é o que garante o Wall Street Journal, que ouviu de fontes ligadas às três empresas que os executivos se reuniram para conversar sobre uma possível aquisição. O Twitter, que no ano passado estava avaliado em 4 bilhões de dólares, agora pode adicionar outros 6 bilhões nesse valor.

thumb-microsoft-8-nucleos

Na semana passada o instituto de métricas CB Insights somou e divulgou os números de quantas empresas as grandes companhias de tecnologia compraram ao longo do ano. A Microsoft ficou na lanterninha, com nenhuma compra pública anunciada. Mas segundo um executivo da empresa, a gigante de Redmond teve sim sua parcela de compras.
Leia mais

Google adquire super banco de dados sobre “coisas”

O Google confirmou a compra da empresa Metaweb. “Hoje nós adquirimos uma companhia que mantém uma base de dados aberta sobre coisas do mundo”, escreveu o Google. De fato, o FreeBase é um grande banco de dados com mais de 12 milhões de entradas (entre livros e filmes) que a Metaweb gerencia e que poderia tornar a busca do Google mais inteligente e semântica. No futuro, o Google deseja poder listar “homens com mais de 40 anos que já ganharam um Oscar” em seus resultados facilmente.

Google compra empresa ligada a aviação

O Google anunciou nessa quinta-feira a compra da empresa ITA Software, que desenvolve soluções para reservas de voos em várias companhias. Eric Schmidt, o CEO do Google, chegou a afirmar que ainda há espaço para mais inovação nesse segmento. Ele ainda prometeu mais organização nas informações sobre voos. O negócio foi na casa dos 800 milhões de dólares. | Estadao.com.br

IBM compra empresa de cloud computing

A IBM anunciou ontem ter comprado uma empresa voltada para o famoso cloud computing. Os detalhes do acordo entre IBM e a Cast Iron Systems não foram revelados, mas a multinacional pretende ampliar seu conhecimento nesse segmento da computação, a fim de atender clientes e integrar-se a serviços da Salesforce.com, Amazon e SAP. [Reuters]

Lala: a de amarelo.

Lala: a de amarelo.

Das colinas tão distantes… Steve Jobs decide que é o momento de tirar o Lala do ar. A empresa comprada pela Apple em dezembro de 2009 encerrará suas atividades em 31 de maio.

O Lala nunca teve grande destaque no mercado de música digital, até que foi comprado pela Apple. A empresa oferecia o serviço de streaming de música no qual o cliente pagava dez centavos de dólares por música. No entanto, em vez de baixar a música para o computador, ela fica armazenada nos próprios servidores da companhia.

Mas os clientes do Lala ficarão de mãos abanando, depois de confiar na tal da nuvem? Não. A Apple vai oferecer créditos de músicas na iTunes Store, para que a meia dúzia de gatos pingados os usuários do Lala possam ter suas canções de volta.

Não há informações sobre o motivo pelo qual o Lala foi encerrado. Mas reza a lenda que a Apple planeja um serviço de streaming de música por meio da internet. A tecnologia já desenvolvida pelo finado Lala poderia ajudar nesse quesito.

Com informações: Epicenter.

Ações de Google e Apple serão negociadas na Bolsa

Empresas de tecnologia terão sua ações negociadas na Bovespa a partir do segundo semestre. As ações do tipo BDR – voltadas para empresas estrangeiras – serão emitidas pelo banco alemão Deutsche Bank. Além do Google e da Apple, as seguintes empresas passarão figurar no mercado brasileiro: Wal-Mart, McDonald’s, Goldman Sachs, Bank of America, Arcelor Mittal, Exxon Mobil e Pfizer. Se você sempre sonhou em dar seu rico dinheirinho para Steve Jobs ou Eric Schmidt, a hora é agora!

É isso mesmo que você está lendo. A salvação da Palm chegou na forma de uma empresa que começou como fabricante de impressoras. A HP anunciou hoje que pretende comprar a fabricante do Pre e Pixi pelo equivalente a 2,1 bilhões de reais. No começo do mês especulava-se que a HTC seria a companhia mais interessada, mas ao olhar os números da Palm ela desistiu.

O acordo de venda já foi aprovado pelo quadro de acionistas majoritários de ambas as companhias. Todd Bradley, vice-presidente executivo da HP disse que “o sistema operacional inovador da Palm é uma plataforma ideal para expandir a estratégia móvel da HP”, além de afirmar que a Palm “possui propriedade intelectual significante”.

A HP vai comprar todas as ações da Palm por US$ 5,70 cada, um valor 23% acima do preço atual de ações da empresa, US$ 4,63. A HP também pretende fazer uma coletiva de imprensa ainda hoje explicando mais sobre a compra.

[via CNET]