Existe uma espécie de termômetro que mede quando algo se torna mundialmente popular no Twitter. São os Trending Topics, dez itens que mais estão sendo discutidos na rede social em um determinado momento. Na própria home do site era possível ver (quando o usuário não está autenticado no serviço) quais são os tópicos populares na última hora, no último dia ou na última semana. Mas uma mudança ocorreu hoje.

O algorítmo que determina quais tópicos vão para a versão mundial da lista sofreu uma atualização. Segundo o Twitter, o novo algoritmo identifica quais os tópicos que são imediatamente populares e não aqueles que foram populares por um tempo ou em um determinado dia. Por isso a lista na home passou a mostrar apenas os dez mais populares agora. Esse é o mesmo algoritmo que determina os Trending Topics localizados, seja num país ou numa cidade específica.

A empresa também avisa que o novo algoritmo não impede que nenhum tópico se torne popular e afirma que alguns dos tópicos que sempre se repetiam poderão sumir da lista em consequência disso. Nesse caso, eles recomendam que seja usada a função de Saved search (busca salva).

Eu espero que essa atualização finalmente tire o Justin Bieber dos Trending Topics de uma vez por todas. Afinal de contas, já deu né? :P

Se você é um daqueles paranoicos por privacidade e acha espera que o Google não encontrará todos os detalhes da sua vida uma hora ou outra, provavelmente deve ter parado de usar o Facebook nas últimas semanas. A rede social foi alvo de fortes críticas devido às mudanças de configurações de privacidade ativadas por ela. Alguns até chegaram a deletar suas contas, com medo de que os dados pessoais parassem nas mãos erradas.

Pensando nesse público que ainda gosta de manter seus dados protegidos, um grupo de quatro estudantes da universidade de Nova Iorque decidiu criar uma rede social que tivesse todas as opções de privacidade que o Facebook tirou dos seus usuários. E para soar ainda mais interessante e ainda cutucar o concorrente, resolveram chamá-la de Diaspora, nome dado ao movimento de relocação geográfico de um povo.
Leia mais

Um bug no Twitter fez com que a lista de seguidores e de seguidos fossem zeradas na tarde dessa segunda-feira sem motivo aparente. Isso deixou todos os usuários do serviço impossibilitados de mandarem mensagens direta uns aos outros, já que na base de dados do Twitter eles não estavam seguindo ninguém.
Leia mais

Usuários do Foursquare, Gowalla e similares, alegrem-se! Em breve será possível usar mais um serviço para permitir que eles transmitam sua exata localização para os milhares de stalkers em potencial na internet. E ele virá através do Facebook, rede social com a melhor proteção de privacidade dos seus usuários na internet.


Leia mais

Esse Facebook anda cheio de problemas. A última novidade são aplicativos que entram automaticamente na conta do usuário sem que ele tenha autorizado a inclusão. Quem descobriu o bug foi a PC World, que ajuda a colocar mais pimenta na complicada relação de Mark Zuckerberg com a privacidade online.

“Se você visitar certos sites enquanto estiver logado no Facebook, um aplicativo desses sites será silenciosamente adicionado ao seu perfil no Facebook”, escrevem Heather Kelly e Nick Mediati. Aparentemente, a adição de aplicativos sem autorização teria a ver com as ferramentas de compartilhamento de conteúdo que o Facebook disponibiliza para websites.

Leia mais

O Facebook não se cansa de mudar a forma como lida com a privacidade de seus usuários. Antigamente era possível bloquear tudo para que somente amigos vissem. No entanto, conforme a rede vai se tornando mais importante, também é mais comum que mudem a forma como o site compartilha informações com terceiros.

Às vezes nós acabamos por concordar com políticas de privacidade que a gente mal entende. Ainda bem que esse post vai te ensinar a reconfigurar tudo relacionado à sua presença no Facebook.

Leia mais

Algumas redes sociais já nascem com seu público-alvo definido. O Facebook foi criado para ajudar estudantes e se encontrarem. O Myspace acabou sendo usado por bandas que queriam divulgação. Já o orkut se tornou lugar de gente com bastante tempo sobrando assim que abriu as portas.

Mas não tem como ser mais específico como o Cupidtino (trocadalho do carilho entre Cupid e Cupertino). Ele é um site de relacionamentos que foi criado por três desenvolvedores fãs da Apple com o objetivo de encontrarem outros fãs da Apple, Mac Fanboys, participantes do culto da maçã mordida ou seja lá como eles se chamam hoje em dia.
Leia mais

Spindex, o novo site de social media da MS

Diretamente do Fuse Labs, a Microsoft colocou no ar um novo site focado em mídias sociais. O Spindex vai dar ao internauta a chance de visualizar as atualizações dos contatos de redes como Twitter e Facebook em uma só página, possibilitando a centralização dessas informações.

Só não se anime, porque  por enquanto o site é fechado a participantes da Web 2.0 Expo. Mas você já pode se cadastrar para receber um aviso quando o Spindex for aberto ao público geral. [Neowin]

Usuários do Facebook – o TB tem uma página na rede; confira! – ficaram sujeitos ao escrutínio dos contatos durante parte dessa quarta-feira. Um problema no site permitia que conversas em chat e requisições aguardando aprovação fossem visualizadas por contatos, mesmo com esses recursos sendo privativos e normalmente visualizáveis somente pelo dono da conta.

Leia mais

É cada pesquisa que me aparece… O cientista Dan Zarella, pesquisador das mídias sociais, certa vez utilizou algoritmos para analisar o comportamento dos usuários do Twitter. Insatisfeito, Zarella fez uma análise do comportamento dos usuários do Facebook, a outra rede social mais badalada do momento.

Conclusão: quem usa Facebook é obcecado por sexo.

Ok, nas palavras dos pesquisador: “Artigos… que incluem referências sexuais em seus títulos são muito mais compartilhados que a média”. Ele analisou 12 mil links capturados de sites de notícias e blogs, e que foram compartilhados/recomendados/”curtidos”. Contagem de palavras e análises linguísticas foram empregadas para chegar a tal resultado.

Leia mais