thumb-iphone-safari-browser

Usuários de algum dispositivo rodando iOS já devem ter percebido uma característica interessante no Safari. Ao abrir uma página formatada especialmente para o dispositivo ele esconde a barra de endereços. O Google, por exemplo, faz uso desse recurso em diversos dos seus serviços, incluindo o Gmail. Mas segundo um pesquisador de segurança, esse recurso pode ser explorado por pessoas maliciosas de uma forma bem esperta.
Leia mais

thumb-3m-pendrive

Num post anterior nós mostramos as 5 dicas para proteger o seu notebook contra roubos, quando é preciso sair de casa com o aparelho. Uma das dicas foi salvar os arquivos mais importantes em um pendrive, para poder resgatá-los caso o pior aconteça – ou seja, caso o seu note seja levado embora.

Mas e se o contrário acontecer: o seu notebook está são e salvo, mas o pendrive foi roubado por algum bandido? É no aparelho que estão informações de relatórios, planilhas, trabalhos de faculdades, fotos e um monte de dados pessoais seus ou de outras pessoas. Agora a gente te ensina como proteger essas informações e impedir que elas caiam em mãos erradas.

Leia mais

thumb-limewire-pirata

Pouco depois do LimeWire ser fechado devido a uma ordem judicial, um programador do barulho atrás de grandes aventuras resolveu aprontar altas confusões e modificou o código-fonte do LimeWire original. Ele criou o chamado LimeWire Pirate Edition, que não tem anúncios e diferente do LimeWire legítimo, não tem portas escondidas por programadores para desativá-lo. Autodenominado MetaPirate, o programador acabou virando alvo de uma caçada.
Leia mais

thumb-tuto-senha

Por mais que você tente fugir de novos cadastros, em serviços que você não faz ideia se vai voltar a usar no futuro, eles sempre aparecem. Quando isso acontece, qual é a senha que você associa ao seu nome de usuário? Se você nunca pensou nisso, é bom começar a refletir sobre a sua própria segurança dentro da grande rede.

Leia mais

thumb-adobe-pdf

Ataques via arquivos PDF são bem mais comuns do que você imagina. Apesar da Adobe estar constantemente atualizando e consertando as vulnerabilidades do Adobe Reader, programadores mais maliciosos sempre acham alguma nova brecha de segurança para explorar. Por isso, desde julho a empresa estava trabalhando em uma nova versão do Reader com o chamado Protected Mode. E ontem ele foi liberado para download.
Leia mais

china-telecom-thumb

Quem adora uma teoria da conspiração provavelmente vai gostar de ler esse post. A história que descrevo aqui envolve todos os elementos de uma boa intriga conspiratória: um governo não-democrático, a possível quebra de privacidade na Internet e especialistas da área com provas de que o fato realmente aconteceu. Está pronto? Vamos lá.
Leia mais

thumb-3m-rede-sem-fio

Os notebooks foram criados para que seus usuários desfrutassem o máximo da modalidade. Não para ficarem presos a um computador, mas para poder levar seus dados a qualquer canto. Com a evolução dos equipamentos de redes sem fio – roteadores, gateways, switches etc. -, eles também passaram a permtir o acesso remoto desses dados, através da internet.

Só que, com a tão almejada mobilidade, também apareceram os métodos para roubar os dados. Afinal de contas, em tese esses dados trafegam livremente pelo ar.

Leia mais

Último patch para Snow Leopard contém 134 correções, 55 só para Flash

A Apple liberou na terça-feira um pacote de correções para o Mac OS X. Muita gente instala esse pacote sem nem olhar quais buracos ele está tapando, e pra ser justo nem deveriam. Mas os que decidem dar uma espiadinha na descrição do pacote publicada no site vai descobrir um número recorde: são 133 correções no total. E 55 dessas são relacionadas diretamente com o Flash. Já que a Apple embutiu o plugin nos seus Macs anteriormente, ela é a responsável por corrigir os bugs no software da Adobe. | MacWorld Brasil.

thumb-3m-alvo-voce

Com o avanço da internet, e principalmente do aumento de usuários nessa grande rede, a inovação se faz necessária na hora de criar mecanismos que nos permitam trocar informações de forma segura. Especialistas são unânimes em dizer que não existe um sistema computacional completamente seguro; sempre existem brechas a ser exploradas.

Os cybercriminosos farão de tudo para encontrar essas brechas. Do outro lado, no entanto, temos pesquisadores, engenheiros e cientistas trabalhando a nosso favor (não de graça, é claro). Eles pensam nas próximas tecnologias que irão nos ajudar a manter a nossa segurança nessa internets maravilhosa.

Leia mais

Os aficionados por segurança, sejam eles profissionais da área ou apenas curiosos, já tem incentivos monetários para encontrar falhas de segurança sérias em diversos navegadores. A Mozilla paga até 3 mil dólares por bugs críticos encontrados no Firefox e o Google passou a praticar valor similar com o Chrome, depois que a sua concorrente aumentou o valor. Mas desde o dia primeiro desse mês, o programa do Google ganhou outra atualização e passou a cobrir também certos serviços da empresa.
Leia mais