Twitter

O Twitter é um serviço de microblogging lançado em julho de 2006 por Jack Dorsey. O site permite que usuários publiquem mensagens (chamadas de tweets) de até 140 caracteres por meio de dispositivos variados, desde PCs comuns até smartphones sofisticados e TVs. Recentemente, foram incluídos recursos para encurtamento de links e hospedagem de imagens, antes fornecidos apenas por outras empresas. Em junho de 2011, a rede social possuía mais de 350 milhões de usuários.

É cada pesquisa que me aparece… O cientista Dan Zarella, pesquisador das mídias sociais, certa vez utilizou algoritmos para analisar o comportamento dos usuários do Twitter. Insatisfeito, Zarella fez uma análise do comportamento dos usuários do Facebook, a outra rede social mais badalada do momento.

Conclusão: quem usa Facebook é obcecado por sexo.

Ok, nas palavras dos pesquisador: “Artigos… que incluem referências sexuais em seus títulos são muito mais compartilhados que a média”. Ele analisou 12 mil links capturados de sites de notícias e blogs, e que foram compartilhados/recomendados/”curtidos”. Contagem de palavras e análises linguísticas foram empregadas para chegar a tal resultado.

Leia mais

Donos de blogs, podem comemorar! (Nós aqui no TB já estamos.) O Twitter confirmou que vai lançar uma nova ferramenta que permitirá inserir tweets dentro de posts de forma “embutida”, assim como já podemos fazer com vídeos do YouTube e alguns reprodutores de músicas facilmente encontráveis na interwebs.

Antes disso, quem quisesse incluir um tweet como citação em um post teria que fazer a publicação em forma de texto ou tirar uma captura de tela e inserir manualmente no texto. Com a novidade, os tweets embutidos ficarão mais ou menos assim:

Leia mais

‘Oscar da web’ premia Twitter, Flickr e Farmville

O Webby Awards, considerado por muitos o Oscar da Web, vem premiando desde 1997 os sites, serviços, blogs e redes sociais que mais se destacaram na internet durante o ano. E hoje foram anunciados hoje os ganhadores da 14ª edição do prêmio. Dentre os ganhadores das quase 70 categorias estão o Twitter, que ganhou o Webby de melhor rede social tanto por escolha do juri quanto pela votação popular, o Flickr, que levou o Webby de melhor comunidade online também nas duas votações, e o Farmville, que levou o Webby de melhor jogo online na votação popular. Também foram premiados o Failblog, na categoria Estranho, e o The Onion, na categoria Humor. A lista completa dos ganhadores está disponível nesse link.

Aplicativo oficial do Twitter para Android. Isto é, para Android 2.1.

Depois de anunciar a compra de um dos mais populares clientes de Twitter para iPhone (o Tweetie) a fim de transformá-lo em um aplicativo oficial da plataforma, é a vez do Twitter fazer sua investida no Android. Através do blog do serviço foi anunciado hoje o aplicativo oficial do Twitter para a plataforma móvel do Google.

O aplicativo vem junto com uma grande integração do Twitter ao sistema operacional, permitindo, por exemplo, que se veja qual foi o último tweet de um dado contato que está sendo visualizado na agenda. E, é claro, o aplicativo faz todo o básico que se esperaria de um cliente de Twitter para Android: leitura de tweets, escrever respostas (replies), “favoritar” tweets, adicionar geotags, etc.

Porém (sempre tem que ter algum porém) o aplicativo só roda na versão 2.1 do sistema “ou superior” (coisa que ainda não foi lançada), ou seja, só uns dois ou três modelos de smartphone no mundo todo são compatíveis (como o Nexus One, por exemplo). Nenhum deles é oficialmente vendido no Brasil.

Como a atualização do Android fica por conta da operadora (ou fabricante), muitos proprietários ainda esperam ansiosamente para sair da versão 1.5 ou 1.6. Até há relatos do software funcionar em Milestones rodando Android 2.0, mas não se pode dar nada por garantido em casos como esse, no qual o desenvolvedor não considera a versão oficialmente suportada. A grande diversidade da plataforma Android é por um lado uma característica fantástica, mas essa fragmentação é o preço que ela cobra por isso.

A Sony Ericsson apresentou ontem ao mercado brasileiro seus novos aparelhos: o Vivaz e o Xperia X10. Enquanto que o primeiro roda o já famigerado Symbian, o segundo estreia o uso do Google Android pela fabricante, uma joint venture da Sony e da Ericsson.

Entre as novidades do Xperia X10 estão os aplicativos Timescape e Mediascape. Eles são desenvolvidos em cima do Android 1.6, para que o sistema operacional ganhe funcionalidades que originalmente não tem. Eu estive presente ao evento de apresentação do produto. Mais do que isso, pude testá-lo.

Abaixo você confere um pequeno vídeo mostrando o funcionamento do Timescape (que é voltado para Twitter e Facebook) e do Mediascape (com foco em vídeo e imagem).

Leia mais

Hoje é um dia especial aqui no TB. Acabamos de lançar o Dicas, nosso mais novo canal, que será dedicado exclusivamente a postagem de dicas e tutoriais (veja os detalhes no post do Thas). E para celebrar este grande dia, nada melhor do que um concurso com um prêmio que inspire com maestria o espírito geek de consumismo.

Coisinha feia da mamãe

Oh yes! O prêmio mais sensacional de todos os tempos da última semana já sorteado aqui no Tecnoblog sairá esta semana, estampando um sorriso duradouro na face de algum sortudo aê. Leia mais

Os seguidores do @nerdpai no Twitter foram maravilhados nesse domingo, 25 de abril, com uma verdadeira narração sobre a chegada de mais uma criança no mundo. Ao longo dos nove meses de gestação, o paulistano conhecido como AJ Freire publicou informações sobre o filho – um padawan – em um blog e também no Twitter.

Nesse domingo, o resultado:

Filho do @nerdpai já está no Twitpic. (Reprodução)

Filho do @nerdpai já está no Twitpic. (Reprodução)

Que o gurizinho tenha muita saúde. Parabéns aos papais!

Ainda a respeito da conferência Chirp, entre as diversas novidades apresentadas para o serviço de microblog está a criação de um encurtador de url próprio.

“Muita gente já resolveu o problema de diminuir os grandes endereços da web nos tweets, mas em nosso site nós não daremos opções de escolha a nossos usuários. Quem quiser usar um encurtador diferente terá que usar uma outra app”, afirmou Evan Willians, um dos fundadores do serviço, num legítimo momento à la Steve Jobs.

Leia mais:

Atualmente existem diversos serviços especializados em diminuir o tamanho de endereços da internet para que eles se ajustem aos mirrados 140 caracteres disponíveis, como o Bit.ly, Is.gd, Twurl e o clássico TinyURL. Os potenciais nomes para o novo serviço podem ser twt.tl ou twee.tt, sendo que o primeiro já está sendo usado para evitar que usuários do serviço caiam em armadilhas online.

A conferência também foi marcada pela revelação do número de usuários do site de microblog. Por muito tempo a audiência do serviço era estimada por analistas que calculavam que cerca de 70 milhões de navegantes postavam regularmente. Mas o próprio Williams quem tratou de apresentar os números oficiais, um tanto inflacionados: de acordo com o executivo, atualmente o Twitter conta com 105 milhões de usuários.

Olha a gente aqui!

Sabe aquele seu post feito no Twitter em uma madrugada qualquer, em que relembra o quanto gostava da música de abertura do programa TV Colosso? Pois bem, agora ele faz parte do acervo da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos, a maior do mundo, e poderá ser consultado por historiadores no futuro. A novidade foi anunciada na conferência Chirp, em que foram apresentadas uma série de novidades para o serviço de microblog.

“Todos os tweets públicos já postados desde a criação do Twitter em 2006 serão arquivados digitalmente pela Biblioteca do Congresso. É uma quantidade MUITO GRANDE de postagens, diga-se de passagem: todos os dias são feitos mais de 50 milhões de posts, o que faz que os números totais estejam na casa dos bilhões”, escreveu o governo norte-americano em sua página no Facebook.

Para botar um pouco de ordem na coisa haverá uma lista com postagens “históricas”, como o primeiro tweet, feito por Jack Dorsey no início do funcionamento do serviço, o post de Obama em que ele agradece a seus eleitores por ter vencido a eleição de 2008 e dois tweets em que um fotojornalista é preso no Egito e outro em que é solto por conta de uma série de protestos feitos via internet, por exemplo. Já as atualizações feitas por usuários que têm contas fechadas ao acesso público não serão arquivadas pela biblioteca. [DVICE]

Já faz algum tempo que o Google adicionou algumas opções na pagina de resultados de busca. Dentre eles está a opção Updates (ou Atualizações na versão em português) que mostra resultados de pesquisa em redes sociais, como o Myspace, Buzz, e Twitter. Essa opção de busca receberá uma atualização focada no Twitter que prova mais uma vez a missão do Google de catalogar todas as informações do mundo.

Com a atualização, posts publicados no Twitter serão exibidos depois de um gráfico que mostra o nível de atividade que o termo procurado teve ao longo de um período especificado pelo usuário. No entanto, já que a base de dados na data da liberação dessa função será limitada a até o dia 11 de fevereiro, o máximo que será possível buscar será os três últimos meses. Mas o Google diz que planeja estendê-la a até o primeiro tweet, publicado no dia 21 de março de 2006.

Busca por "Glee" mostra que ele foi popular quando estava passando na TV

A modificação foi nomeada Replay It, função que usa o gráfico exibido acima dos resultados para mostrar, ao ser feita uma pesquisa por um termo qualquer, quais os tweets publicados contendo o termo no horário em que eles foram postados. Essa ferramenta vai ser ótima para perceber, por exemplo, quais os responsáveis por tornar um vídeo do YouTube em um viral, já que será possível ver a primeira pessoa a publicar o link para o filme.

A atualização na busca será implementada dentro dos próximos dois dias, mas os usuários já podem ver uma prévia de como ela funciona através desse link.

Ironicamente, essa vai ser a primeira ferramenta a catalogar e tornar pesquisável todo o arquivo de tweets públicos, algo que nem o próprio Twitter tinha criado antes. Então se você publicou algo embaraçoso no Twitter há meses e ficou aliviado quando soube que o sistema de buscas do site só usa dados de 10 dias atrás, agradeça ao Google: ele vai fazer o favor de torná-lo facilmente encontrável.