Na sexta-feira (11) a Adobe lançou a sexta versão de seu pacote de programas de produção e design, o Creative Suite 6, também conhecido como CS6. Além do upgrade em programas como Photoshop, Illustrator e Dreamweaver, a Adobe aproveitou pra lançar uma nova modalidade de aquisição de seus produtos, o Creative Cloud.

O pacote Creative Suite 6 possui hoje 4 modalidades de compra. A licença começa com o preço de US$ 1.299. O pacote com todos os programas, o Master Collection, custa hoje US$ 2.599. Para muitos profissionais é um preço pesado para as ferramentas e, pensando nisso e como uma nova forma de evitar a pirataria, a Adobe lançou pelo Creative Cloud um pacote de assinatura, que dá acesso a todos os programas e betas de novos produtos por uma pequena assinatura mensal.

Photoshop CS6 legalizado: é todo seu por apenas US$ 1.159.

Dentro do Creative Cloud o usuário pode pagar US$ 99,00 por mês e ter acesso a todos os programas do pacote Master Collection. Pros usuários que adquirirem uma assinatura anual até agosto, a Adobe oferece o preço promocional de US$ 49,99 por mês. Usuários que já possuem alguma licença da Adobe a partir da versão CS3 tem direito a um desconto maior e pagam apenas US$ 29,99 por mês no primeiro ano. O mesmo valor com desconto é oferecido a professores e alunos de universidades, mas no momento esse desconto só é válido nos EUA.

Creative Cloud dá acesso ao pacote Creative Suite 6 por uma taxa mensal.

Além dos produtos do Master Collection, os assinantes do Creative Cloud têm direito ao:

  • Adobe Muse: para criação de websites simples sem necessidade de conhecimento de HTML ou linguagens de programação.
  • Business Catalyst: ferramenta de integração entre o Adobe Muse, Dreamweaver e publicação/hospedagem de websites na infraestrutura da Adobe.
  • Adobe Typekit: aplicativo para facilitar o uso de fontes web em websites.
  • Adobe Story Plus: ferramenta colaborativa de criação de roteiros.
  • Adobe Edge: criação e animação em HTML5 e CSS3.
  • Cloud Storage: hospedagem de até 20 GB de arquivos em uma plataforma parecida com o Dropbox.

Aos usuários interessados, a Adobe disponibiliza um trial de 30 dias da assinatura do Cloud Storage com acesso a todos os produtos. Também é possível instalar um aplicativo em mais de um PC ou Mac, desde que ambos não estejam em uso simultaneamente.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rodney Randolfo Rezende
Fora da realidade, a adobe tem que ganhar seu dinheiro, mas tem que evoluir também, imaginemos se os serviços adobe fosse de 50 R$ a 100 R$, e se ela tivesse uma plataforma online com os cadastrados e clientes com acesso a serviços adobe um hd virtual, arquivos de vetores e imagens de alta definição, emails adobe, aceso aos programas Adobe Master Collection e outros serviços para facilitar a vida dos profissionais de designer, uma gama de serviços por um preço realista, a pirataria praticamente seria desestimulada, e os profissionais e a adobe seriam beneficiadas!
Marcelo Daros
Cara, em que lugar você viu isso? Em nenhum lugar do site da Adobe Brasil eles informam que tem esse preço de U$ 49, só anunciam o valor de U$ 95.
Gus Fune
Não! Esse preço é pra usar o serviço de storage em cloud MAIS o acesso aos programas todos do pacote Creative Suite 6, MAIS alguns programas de bônus. O preço é esse por um ano, depois sobe pra $99.
André Pessoa
Então a matéria está pessimamente redigida, pois o que parece é mesmo que a suíte custa US$ 50 por mês para quem assinar até agosto. Por outro lado, entrei no site o preço que consta lá é US$ 95. Esse preço equivale ao preço cheio do produto dividido por 27 (em meses, pouco mais de 2 anos). Talvez valha a pena para algumas pessoas.
Marcos
pensei que o deblurring viria com essa suite, mas não veio... :(
@luiztap
E ainda assim, pra quem realmente ganha a vida trabalhando com esses programas, algo em torno de R$2.000 por ano parece um valor bem razoável pra ter o pacote completo original sempre atualizado. O problema é que a fiscalização é nula, e se nem grandes agências/produtoras se dão ao trabalho de comprar os programas originais, imagina os freelas que pagam % pra nego com CNPJ pra poder tirar NF...
@luiztap
Pobre Lightroom, nunca vai entrar no Adobe CS.
Millor Alvez
Aloow amigo! Esse preço ae é só pra usar os serviços adicionais e cloud. Pra usar a suite mesmo, os preços variam de U$1.299 até U$2.599 Um absurdo, inclusive!
@oroshy
Sim, isso mesmo. Requisição > compila o .MXML para .SWF (shockwave flash) > salvo na maquina do cliente > Visualizado no navegador pelo Flash Player. Saudades.
leo
PREVEJO q mais gente será empurrada (ainda mais) para a informalidade. e quem tem empresa, vai empurrar estes preços para o cliente q vai preferir fazer seus trabalhos com o sobrinho micreiro q manja desses negócio de "DESING", capiste?
@garibeirobr
Porém o Flex não é uma plataforma, em que a UI acaba resultando em um flash mesmo? Saudades, man! =)
Rick Benetti
Gus, só corrigindo não é permitido instalar em mais de um como se fosse em quantos quiser, é limitado até 2 computadores. Claro desde que não estejam em uso simultâneo há o limite de 2 computadores.
Rick Benetti
Vocês estão atrasados ein, já falei deste assunto no TuDiBão e inclusive rodou bastante no Facebook nos grupos de Devs - http://goo.gl/NfQsM Alguém aí do TB consegue explicar porque a Adobe cobra o dobro em dólares para uma aplicação que será feita o download, se não inclui o imposto? Eu fiz esta pergunta no TDB sobre isso.
@oroshy
A maioria dos softwares da adobe web é em Flex (quando ela usa tecnologia propria).
Carlos
É isso aí, 94,99 USD anual pra mim e 144,99 USD mensais.
Exibir mais comentários