Quem se lembra da Gradiente? Os mais novos talvez não se recordem, mas ela era uma marca brasileira até bem conceituada e além de ser uma das responsáveis pela Nintendo no Brasil, produzia vários eletrônicos como TVs, aparelhos de som e até mesmo computadores. Depois de passar por um tenebroso período que começou em 2007, a marca retorna ao mercado ao lançar um tablet Android destinado ao público infantil.

Ele se chama Tablet Oz Meu Primeiro Gradiente, com tela capacitiva de 8 polegadas e Android Gingerbrad 2.3.1. As especificações são bem simples: processador de 1 GHz, câmera (frontal apenas) de 2 MP e capacidade para filmar em alta resolução, saída HDMI, porta mini USB e tem memória interna de 4 GB, expansíveis para até 32 GB com cartão de memória SD. O tablet é destinado para crianças a partir de 3 anos e vem com diversos aplicativos pré-instalados.

O aparelho acompanha uma caneta stylus, e dentre os vários aplicativos embutidos, se destacam o do Cartoon Network, Galinha Pintadinha, Cocoricó e os leitores de e-book da Saraiva e Gato Sabido. A marca reforça que os pais também podem utilizar o tablet, que tem navegador web. O Oz também possui aplicativos de portais o UOL, bem como o Nimbuzz, aplicativo de bate-papo por texto.

Uma função interessante é o controle parental já implementado no dispositivo. Os pais preocupados podem acompanhar as ações dos filhos, bem como restringir o acesso à determinadas aplicações. Ao que tudo indica o tablet não possui acesso ao Google Play, mas conta com uma loja de aplicativos própria. No vídeo de apresentação é notável a presença de títulos como Angry Birds, Cut the Rope, Talking Tom Cat e até mesmo Opera Mini.

http://www.youtube.com/watch?v=HOIWPmeupZA
(Vídeo no YouTube)

O tablet já está disponível para venda na loja online da Gradiente, e custa R$ 999. Acho caro, principalmente com a queda de preços desde o lançamento do novo iPad no mercado brasileiro. O tablet é preto, mas ele é vendido com uma capa na cor rosa e que eu acho que tem um certo editor aqui que vai gostar com certeza.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Gilmar
Esse sempre foi o problema da GRADIENTE ... focar produtos coisa a publico infantil será que seus executivos nao imaginam que TABLES é brinquedo de gente grande ?? Assim sendo se a gradiente continuar nessa linha vai nadar e morrer na pria novamente.
JonnySLZ
A Gradiente já foi sim uma empresa com excelente reputação e tinha também a simpatia e confiança dos Brasileiros. Seus produtos não tinham preço assim, tão acessivel, mas a qualidade era inquestionável. Quem teve sabe. Existia um aparelho telefonico fixo com essa marca, que raramente dava problema. E ela tinha um Micro system cuja qualidade de áudio ainda é hoje um desfio para os fabricantes mais atualizados. E olha que o CD ainda não tinha chegado ao mercado. Gostaria de dar as Boas Vindas à Gradiente, já que está de volta ao mercado. E desejar Boa Sorte aos seus investidores, em nome da livre concorrência que é uma boa para todo mundo!
jonnySLZ
Vcs estão todos viajando. o celular a pilha era da Philips. Sim, Philips! A empresa entrou no mercado apostando nessa suposta inovação, mas os usuários concluiram que para ser bom precisava melhorar bastante! (RSRSRS)
Emerson
A ideia é muito boa, só que está na época errada. Isto deveria ser feito a uns 10 anos atrás ai sim e Gradiente seria líder de mercado.
@LBKatan
Sei lá, né. hahaha Quem sabe pela nostalgia? Eu entenderia. Só falei porque o Everton deu uma alternativa e eu quis dar uma alternativa à alternativa. =P
Deborah
O Coby eu já tenho. E foi só a vontade mesmo, não gastaria 999 reais com um brinquedo, não to podendo tanto assim hahaha
caRIOca
A Gradiente era sim uma empresa brasileira com ótima reputação e que só usava peças da Philips, Toshiba e outras empresas consideradas da época, mas caiu na armadilha de peças chinesas para baixar os custos e ela teve a infelicidade de montar diversos aparelhos de som, DVDs e TVs de Plasma com componentes que pifaram aos montes e aí ela não tinha peças de qualidade para reposição, foi a empresa campeã na época de reclamação em diversos procons pelo país e a credibilidade da empresa foi para o ralo.
@LBKatan
Essa é a lógica de qualquer empresa. o/
@LBKatan
Ou comprar um Coby e gastar o resto do dinheiro com tudo que você quiser \o/
paulorazia
Não acho que fará sucesso... Muito caro , hardware ruim, e por um pouco mais tem o iPad ,.ou um android (ate pelo mesmo preço).... Mas em creches seria uma boa!
YanGM
Empresário burro + brasileiro burro = lucro. Essa é lógica das empresas brasileiras.
YanGM
Eu tenho um rádio da Gradiente que tem mais de 5 anos e que ainda funciona muito bem.
Leodemelo
Eu tive esse http://epoca.globo.com/especiais_online/2001/12/186_especial/celular1.jpg
Alan Lupatini
Tive um celular da Gradiente entre 2005 e 2010. Sim, ele estava bem velho quando eu me desfiz dele.
Carlim
Haa eu tb tive um Gradiente foi meu primeiro celular com tela colorida era muito show na epoca tinha ate animação ao ligar ele .http://imagex.buscape.com.br/thumbs/ensopado/77/200x200_28851_1.jpg
Exibir mais comentários