Início » Aplicativos e Software » Microsoft mostra detalhes do menu de boot do Windows 8

Microsoft mostra detalhes do menu de boot do Windows 8

Boot rápido demais do Windows 8 pode virar um problema.

Paulo Higa Por

A Microsoft fez várias otimizações para deixar a inicialização do Windows 8 mais rápida e isso acabou se tornando um problema. Imagine que você esteja querendo entrar no modo de segurança do Windows para corrigir algum problema com drivers ou softwares mal feitos. No Windows 7 e anteriores, basta teclar F8 e navegar pelo menu seguro. No Windows 8, o processo é o mesmo, mas você precisa ser um pouquinho mais ágil.

Em computadores com SSD e placa mãe UEFI, o tempo para apertar F8 antes que o Windows 8 inicie é de menos de 200 milissegundos. De acordo com a Microsoft, uma pessoa rápida consegue pressionar repetidamente uma tecla a cada 250 milissegundos – ou seja, quatro teclas por segundo. A tentativa de acessar o setup da placa mãe teclando Delete também seria frustrante.

Para resolver o problema, Chris Clark, um dos responsáveis pela experiência de usuário dos produtos da Microsoft, apresentou detalhes do novo gerenciador de boot do Windows 8, que traz opções de sobra para recuperar o sistema e pode ser acessado mesmo quando o processo de inicialização do Windows já tiver começado.

Não falaram se é possível bootar o Ubuntu direto desse menu.

As novidades são bem úteis. Se você iniciar o Windows 8 por engano, é possível desligá-lo instantaneamente ou dar boot em outro sistema, como o Windows 7. Além disso, usuários com placa mãe UEFI podem clicar (ou tocar) numa opção do menu e dar boot por meio de um pendrive ou DVD de recuperação do Windows, por exemplo.

Uma seção de opções avançadas traz várias ferramentas para reparar o Windows, desde a restauração do sistema direto do menu de boot até um botão para acessar as configurações da placa mãe. Também será possível utilizar uma ferramenta de reparação automática, acessar o prompt de comando e restaurar uma imagem do Windows.

Restauração de imagem sem DVD de recuperação, até que enfim!

Eu mantenho uma imagem de disco do meu Windows 7 pré-instalado e ativado, mas confesso que é um pouco chato bootar um DVD ou pendrive só para restaurar o backup. Esse menu de opções avançadas economizará algum tempo. Mas há uma limitação: alguns desses recursos funcionam somente em placas mãe com UEFI. Se você ainda possui um computador com BIOS, como grande parte dos usuários, as escolhas de recuperação serão limitadas.


(Vídeo do YouTube)

Mesmo se você for lento o suficiente para lembrar-se de acessar o menu de recuperação apenas quando o Windows 8 já foi inicializado, ainda há uma saída: aperte Shift e ao mesmo tempo clique no botão de Reiniciar. Fácil, não?

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Anderson Moro
Muito facil o ubuntu não tem suporte a efi, Entao para acessa-lo basta escolher iniciar pelo hd, se não escolher nada ele vai carregar o windows 8. Grub não vai interferir na EFI.
Vinicius
eles foram meio burros nessa. Eles poderiam fazer alguma forma do Windows verificar se o pc foi ligado com o F8 ja apertado. Iria poupar problemas
Forbidden_404
Exato, por que o Secure Boot tem a ver como UEFI, que substituirá o BIOS, o BIOS é simples demais pra portar algo como o Secure Boot, então isso só vai ocorrer com quem tiver UEFI.
Luandersonn
Eu também fiquei pensando, mas isto quer dizer que nós, seres humanos que já temos PCs, se quisermos instalar Windows 8 e o Ubuntu, não teremos problema, correto?
Dennis
HAHA
Turdin
Placa mãe UEFI é meu sonho, espero que lancem logo
Marcus
Grande coisa: o Lula consegue 9, simultaneamente, em bem menos tempo!
Forbidden_404
O Secure Boot só existe em placas UEFI, quem usa BIOS ainda pode usar normalmente, por que não existe Secure Boot, e como eu acho que pra aplicar o UEFI, teriam que por um chip novo na placa mãe, só computadores com windows 8 de fábrica terão esse problema
Forbidden_404
O problema das placas UEFI é justamente o Secure Boot do Windows 8, não há problema nenhum de compatibilidade com as distros Linux. E vai ter como remover o Secure Boot, só deve ser algo mais burocrático, ou até algum hacker conseguir criar algum método mais viável.
Forbidden_404
Comecei a olhar Linux from scratch pra criar meu próprio OS, é algo interessante... E sobre o artigo, não é uma reclamação, é uma comodidade, ué, o Windows não é um sistema pra end-user? Então tem que se adequar ao usuário, qual seria a lógica de você ter o navegador que abre mais rapido no mundo se não deu tempo nem do computador carregar a internet? Não é uma reclamação, é só uma atitude óbvia
Forbidden_404
Tinha lido algo sobre o código de desbloqueio do secure boot ser de responsabilidade da fabricante do computador, então eu imagino que isso vale apenas pros computadores com o Windows 8 de fábrica, não?
Forbidden_404
Ele escreve no MBR, que é o gerenciador de boot do Windows, foi isso que o Marcoscs quis dizer, eu acho. O Wubi cria uma imagem de sistema para o Ubuntu rodar por cima do Windows, por isso que você pode apagar a pasta do Ubuntu a qualquer hora e isso não vai mudar nada, até o nome na MBR é alterado. O Ubuntu instalado pelo WUBI, necessita do Windows, não para "funcionar", mas para pelo menos ter o arranque. Você pode usar o MBR para inicializar o Ubuntu, mas ai você perderia todas as funcionalidades do Grub, como poder alterar os modulos de iniciação caso aconteça algum erro de driver, ou até mesmo utilizar um kernel mais antigo para tirar ou corrigir algum erro num kernel compilado, por exemplo. Eu sou a favor do Windows liberar o Ubuntu no seu próprio boot, dando as opções que o Grub dá, por mim, criaria até o contrário que o Grub faz quando você tem mais de um Windows. Haveria a opção de boot do windows E do Grub, onde você acessaria num "novo boot" com todas suas distro Linuxes e com as devidas opções.
Marcus
Ih, agora que vi que tem o negócio do UEFI, que muda tudo... No meu caso é BIOS mesmo, com o Grub na MBR e o carregador dos Windows na sua própria partição.
Marcus
O meu computador está assim: 1º: Grub, com opções do Ubuntu, Memory test e Windows 7 2º: Entrando no Windows, aparecem as opções Windows XP e Windows 7 e o memory test da MS. A ordem de instalação foi: WinXP, Win7, Ubuntu, e ficou assim sem maior esforço. Se o Windows 8 usar um tipo parecido de boot com o do Windows 7, é possível que ainda possamos encadear os sistemas operacionais da mesma maneira. Mas vai depender da maneira que criarem os instaladores e sistemas de boot.
Thiago Sabaia
No meu caso não vai fazer diferença, sou um daqueles que quando vai acessar o Setup ou modo de segurança, fico apertando a tecla o tempo todo até abrir hahahahahahahahaha
Exibir mais comentários