Início » Internet » Como seria passar um dia sem o Google?

Como seria passar um dia sem o Google?

Thiago Mobilon Por
12 anos atrás

google-pentecost.jpg Você já imaginou como seria sua vida sem os serviços que o Google oferece? Talvez não seja possível se dar conta de como somos dependentes desta empresa que vem devorando a web, sem que antes deixemos de usar todos os seus serviços por apenas 1 dia. É exatamente isso que o Calebe Aires, autor do Gattune! quer mostrar com essa campanha, que apesar de ser novidade aqui no Brasil, já foi feita internacionalmente pela Alt Search Engines.

Ficar um dia sem o Google é mais do que ficar um dia sem fazer buscas, e se formos falar de um blogueiro, ou de um profissional da web, o tamanho do buraco é ainda maior. Para nós, um dia sem usar o Google significaria algo como:

  • FeedBurner - O endereço padrão de feeds do blog teria que ser utilizado sem passar pelo Feedburner, porém, muitos blogs oferecem a seus leitores o endereço direto do Feedburner. Isso significa que neste dia você deixaria de levar seu conteúdo a maioria dos seus leitores fiéis.
  • Adsense - Talvez a maior ferramenta de remuneração de toda a web. Para uns, passar um dia sem os anúncios do Adsense não seria um grande problema, mas para outros, esta atitude poderia acarretar sérios prejuízos financeiros.
  • Google Search - Se a idéia é se isolar de todos os serviços do Google, seria interessante pesar também a importância do tráfego gerado pelo sistema de busca, que representa pelo menos 65% das visitações de um blog.
  • Google Analytics - Um dia sem dados coletados sobre suas visitas. Para quem acompanha as estatísticas diariamente, traçando metas para otimização de resultados, isso pode ser um empecilho.
  • Google Reader - Apesar de ser o predileto da maioria, este é um dos serviços do Google que mais tem concorrentes de alta qualidade. Ainda assim é uma ferramenta que dependemos o dia todo para acompanhar o que anda acontecendo no cenário nacional e internacional.

Certamente eu esqueci de citar alguns serviços do Google, e isso mostra mais o tamanho da dependência. Não pretendo participar da campanha do Calebe justamente pelo fato de eu necessitar profissionalmente de todos esses serviços o dia todo! Mesmo assim, senti a necessidade de contribuir de alguma forma.

O próprio Calebe mostrou no Gattune! que existem diversas alternativas à altura (exceto para o Google Search) pela internet. Porém, deixar de utilizar esses serviços não é o único sacrifício, tem ainda o trabalho maior, que seria migrar todos os seus dados, recriar perfis e filtros, se acostumar com interfaces diferentes, desativar o redirecionamento do Feedburner, retirar todos os códigos já otimizados do Adsense, e retirar o código do Analytics. Sem falar dos serviços de utilidade pública (não só de blogueiros), que são:

Não é à toa que dizem que o Google vai dominar o mundo. Isso já vem acontecendo com o mundo virtual, onde pelo menos 13 empresas já foram adquiridas só este ano, entre essas o FeedBurner. Essa semana, uma pesquisa divulgou (peço desculpas, pois não me lembro onde li) que já existem mais de 1 milhão de servidores espalhados pelo mundo servindo exclusivamente à empresa de Mountain View.

E fica a pergunta: Qual seriam as consequências se o Google deixasse de existir de hoje para amanhã? 😕

Mais sobre: , ,