Início » Celular » Sony Tablet é um tablet com formato bem peculiar

Sony Tablet é um tablet com formato bem peculiar

Avatar Por
7 anos e meio atrás

São Paulo - Lançado lá fora no ano passado e discretamente colocado em pré-venda no Brasil no começo do mês (algo que não escapou dos nossos intrépidos leitores), o Tablet S da Sony foi oficialmente anunciado hoje. Renomeado para Sony Tablet, o aparelho vem com Android 4.0.3 e chega ao Brasil custando R$ 1.649,00 na sua versão de 32 GB. Abaixo você confere uma galeria de fotos e as minhas primeiras impressões do dito gadget.

O Sony Tablet tem um formato peculiar. Ele realmente parece imitar uma revista dobrada e eu posso imaginar que esse tipo de gadget não deve ter uma fabricação muito fácil. Segundo a Sony, esse formato tem um motivo bem simples: enquanto que os demais tablets distribuem o peso em uma só mão de forma desigual, o formato do tablet S concentra o peso mais próximo da mão e isso, em teoria, resulta em menor tensão dos pulsos.

A interface do Sony Tablet foi um pouco confusa no início. A tela de 9,4 polegadas com resolução de 1280 x 800 pixels é um pouco sub aproveitada, pelo que parece. Os ícones se confundem em todas as cinco telas iniciais e eu demorei a perceber que o ícone do navegador estava na parte superior esquerda. Apesar disso, tive uma experiência até bem fluída de navegação, algo que acredito que seja crédito do Android.

Uma das coisas que curti foram os botões laterais: devido ao design curvado, eles são bem fáceis de encontrar e de serem pressionados. Nas laterais também estão a saída para fone de ouvido, a entrada para cartão de memória SD e a porta microUSB. Na frente a câmera VGA permite fazer ligações e na traseira há uma câmera de 5.1 megapixels para quem não tiver vergonha de tirar fotos.

Ele estava sendo demonstrado junto de uma capa similar à primeira cover do primeiro iPad, toda de couro e com direito a um apoio e proteção da tela - custa R$ 299,00. Dentre outros acessórios que a Sony planeja vender estão também o teclado Bluetooth, que custa o mesmo preço da case, a base e o adaptador AC que custam, cada um, R$ 149,00, e uma película protetora da tela que custa R$ 59,00.

Se ele vai vender mesmo com um formato diferente, não sabemos ainda. Mas o tablet tem uma boa tela e a última versão do Android realmente o deixou rápido. Aos que não quiserem aguardar pelo nosso review, o aparelho continua disponível na loja da empresa, assim como estava no começo do mês. A Sony não disse se pretende trazer uma versão com 3G ao país.

Mais sobre: , ,