Início » Celular » Novo padrão nano-SIM é aprovado por órgão regulador

Novo padrão nano-SIM é aprovado por órgão regulador

Novo chip é 40% menor do que o micro-SIM e possui retrocompatibilidade.

Paulo Higa Por
7 anos atrás

Prepare-se para encontrar um novo tipo de cartão SIM nas lojas das operadoras. O nano-SIM foi aprovado pela ETSI (European Telecommunications Standards Institute), órgão que controla os padrões de telefonia na Europa e possui o Brasil como um dos países associados. O novo formato é cerca de 40% menor do que o cartão micro-SIM e possui retrocompatibilidade com os chips utilizados nos celulares atuais.

Há menos de três meses os fabricantes brigavam para tentar emplacar seu próprio padrão. Enquanto Nokia e RIM sugeriam desenhos parecidos com um cartão SD, a Apple foi pelo caminho mais simples: tirou o excesso de plástico das bordas do micro-SIM. O ponto forte do padrão da maçã era a compatibilidade com os cartões SIM já existentes – se as nossas queridas operadoras demorassem para disponibilizar o novo formato, basta pegar um chip comum e cortá-lo.

O nano-SIM pela Apple.

O órgão não deixou claro se o padrão nano-SIM é o sugerido pela Apple, mas o design bate com as especificações sugeridas pela empresa comandada por Tim Cook e a fabricante alemã Giesecke & Devrient confirmou que a maçã foi a vencedora. O novo chip possui dimensões de 12,3 mm por 8,8 mm e uma espessura de apenas 0,67 mm. De acordo com a ETSI, o novo design fornecerá as mesmas funcionalidades dos cartões SIM maiores.

Além de aprovar o padrão, a ETSI também mostrou algumas estatísticas interessantes sobre o mercado de cartões SIM: até hoje, mais de 25 bilhões de chips foram produzidos e a indústria fabrica 4,5 bilhões de unidades a cada ano. É chip que não acaba mais.

Com informações: The Next Web.

Atualização às 15h20 | Como lembrou o Felipe Zorzo, Motorola e RIM apresentaram recentemente uma proposta bem semelhante ao nano-SIM da Apple. Apesar de uma fabricante de chips afirmar que a Apple conseguiu emplacar seu próprio padrão, não teremos certeza disso enquanto a ETSI não publicar as especificações oficiais. O título foi atualizado para refletir essa alteração.

Mais sobre: , , , ,