Início » Celular » Samsung Galaxy S III é impossivelmente leve

Samsung Galaxy S III é impossivelmente leve

Por
7 anos atrás

Ontem a Samsung lançou o Galaxy S III no Brasil antes de muitos outros países que devem receber o aparelho, mas aqui ele teve a pequena desvantagem de vir sem o aplicativo S Voice. Ainda assim, é um aparelho importante para o mercado, já que traz outras novidades e é o terceiro da famosa linha de Galaxy S. Brinquei um pouco com um dos aparelhos de demonstração durante a coletiva e você confere abaixo minhas primeiras impressões (junto com um monte de fotos).

De cara o que posso dizer é que ele é incrivelmente fino e impossivelmente leve. Mesmo com enormes 4,8 polegadas de tela, o Galaxy S III não despreza esses dois fortes elementos de smartphones hoje em dia. A sua tela Super AMOLED, aliás, é impressionante. Ela continua o legado do Galaxy S II, que também tinha uma tela com a mesma tecnologia. Mas aqui ela tem 1280 x 720 pixels, ao contrário do seu antecessor de 4,3 polegadas e 800 x 480 pixels. Pelo menos não há confusão como no anterior: segundo o que o presidente da Samsung Brasil, o S III vem com Gorilla Glass 2.

iPhone 4S e Galaxy S III lado a lado: combate de telas | Clique para ampliar

Diferente do S Voice, que só chega por atualização no semestre que vem, o S Beam, funcionalidade de transferência de arquivos via NFC, está presente no aparelho. Um teste rápido mostrou que ele funciona como deveria, fazendo a conexão por proximidade e posterior transmissão por WiFi Direct. Quantas vezes você vai usar isso eu não sei, mas ela está lá presente.

Galaxy S III e o modo de captura contínua | Clique para ampliar

A câmera do Galaxy S III é a prova de que não importa muito o sensor que as fabricantes escolhem para o celular e sim o software que a controla. A capacidade de tirar 20 fotos de forma contínua é uma ótima funcionalidade para o sensor de 8 megapixels do aparelho – sensor que, por sinal, é o mesmo do iPhone 4S. Outro ponto que achei interessante, dessa vez envolvendo a câmera frontal, é a funcionalidade que acende a tela quando o usuário olha para ela. Funcionou melhor do que eu achei que iria, para ser sincero.

Você pergunta, então, se ele vale a pena ser comprado por R$ 2.099,00 com uma funcionalidade faltando e apenas na opção de 16 GB. Receberemos em breve o aparelho para review e então poderemos responder essa resposta com mais propriedade. Por enquanto, você pode ficar babando nas fotos.

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários.