Início » Aplicativos e Software » Google Maps vai ganhar 3D melhorado, suporte a acesso offline no Android e mapas próprios

Google Maps vai ganhar 3D melhorado, suporte a acesso offline no Android e mapas próprios

Avatar Por
7 anos e meio atrás

Na semana passada o Google disse que mostraria hoje 'a próxima dimensão' do Google Maps, o que acabou criando rumores de que eles apresentariam algo com 3D. O dia chegou e a conhecida empresa de Moutain View mostrou o que tem planejado para o futuro do Google Maps não é só mapas em três dimensões. Existem também planos para grandes mudanças de como os mapas são tratados, novidades nos aplicativos móveis e até mais opções de captura no Street View.

Números do Google Maps

Antes de qualquer anúncio o Google divulgou alguns dados interessantes sobre o Google Maps. Segundo a empresa, os carros do Street View já passaram por mais de 5 milhões de milhas (ou mais de 8 milhões de quilômetros) e coletou cerca de 20 Petabytes de imagens. A API do Google Maps também impressiona: ela é usada por mais de 800 mil desenvolvedores. Nada mal, huh?

Mapas próprios e em 3D

Atlas, ferramenta de edição de mapas do Google

Uma das novidades anunciadas foi o projeto Ground Truth, que tem como objetivo criar mapas do zero em um período de 5 anos. Para fazer isso a empresa planeja usar uma ferramenta chamada Atlas, que deve auxiliar em algo chamado "Orthorectification", uma palavra complicada que quer dizer "correção de imagens em mapas" em inglês. Além disso o vice-presidente da divisão do Maps, Brian McClendon, ressaltou a importância do "relatar um erro" do Maps: essa ferramenta permite que os próprios usuários deixem o serviço ainda mais preciso.

Mapas 3D: agora com texturas

Outra novidade é a melhoria da opção de 3D. Já era possível antes ver certas regiões em três dimensões, com o uso do WebGL no Chrome ou no Android, por exemplo. O que acontece agora é uma melhora em escala colossal: o Google vai escanear grandes cidades e criar visões em 3D de todo e qualquer objeto. Algumas cidades, como São Francisco, terão tantos detalhes que será possível ver até árvores com textura. Veja no vídeo abaixo uma demonstração de como ela funciona.


(Vídeo no YouTube)

Essa funcionalidade vai chegar não só no Google Earth, o programa para desktop, como também para tablets Android e o iPad.

Versão Offline

O Google já havia implementado a opção de mostrar mapas offline no Google Maps para Android, mas estava escondido numa opção do Google Labs e restrito a criação de rotas. Agora essa opção sai da obscuridade e será oferecida mais amplamente. Usuários poderão baixar mapas de cidades inteiras nos seus aparelhos, por exemplo, e usá-lo quando uma conexão não estiver disponível.

Aplicativos móveis

Normalmente o Android acaba recebendo todas as grandes novidades para plataformas móveis do Google Maps . Mas segundo o Google todas as melhorias e novas funcionalidades mostradas hoje serão implementadas nos aplicativos para Android e iOS também e serão disponibilizadas de graça. Obviamente não há uma data em que eles deverão chegar, mas a promessa é de que a atualização esteja disponível "nas próximas semanas".

Captura de imagens: uma mochila ajuda

Ok, o Street View começou com câmeras sobre carros, mas existem lugares em que eles não podem passar. Para esses lugares o Google criou um triciclo e uma bicicleta especiais para o serviço. Mas ainda existem lugares que esses veículos continuam grandes demais para passar. Como, então, fazer a captura de tais locais?

Uma mochila. Essa que você vê na foto, cortesia da CNET. Segundo o Google, ela pesa 18 kg e na lista de equipamentos usados nesse aparato estão duas baterias que duram o dia todo e o sistema de captura é baseado no Android. Com ela, a empresa planeja capturar imagens de parques e monumentos.

Com informações: CNET, Engadget. O vídeo da coletiva completo está disponível no YouTube.

Mais sobre: , ,