Início » Legislação » Google ameaça processar sites que convertem vídeos do YouTube em MP3

Google ameaça processar sites que convertem vídeos do YouTube em MP3

Por
7 anos atrás

Acho que estou certo em dizer que os sites que convertem vídeos do YouTube em MP3 se multiplicam com a mesma velocidade que coelhos se reproduzem. Existem centenas deles, talvez até milhares. Mas a era desses sites está fadada a terminar, se depender dos advogados do Google. A gigante da web dona do YouTube começou recentemente a ameaçar tais sites de processo caso continuem no ar.

Sites de conversão: são inúmeros

O primeiro deles foi o site YouTube-MP3.org, que avisou ao TorrentFreak de uma carta enviada pelo YouTube no dia 8 de junho. Na carta o advogado Harris Cohen cita que o YouTube-MP3 infringe os Termos de Serviço da API do YouTube e que se continuar no ar, o seu dono sofrerá as consequências legais. Além disso, Cohen também diz que é proibido criar ou disponiblizar qualquer meio que separa ou isola o áudio de vídeos do YouTube usando a API e que o site teria 7 dias para obedecer a ordem de parar de oferecer o serviço.

Philip, o dono do YouTube-MP3, disse que respondeu ao YouTube explicando como o seu site funciona e pedindo para conversarem mais sobre esse problema. Mas passado a data limite, o YouTube não havia respondido a mensagem e simplesmente bloqueou a API usada no site. O YouTube-MP3.org recebe cerca de 1,3 milhão de visitas diárias, de acordo com a ferramenta DoubleClick.

Esse pode ser o destino de vários outros, já que o TorrentFreak também foi informado de que existem outros sites recebendo a mesma mensagem.

Muito bem, Google. 1 já foi, faltam só 25 milhões. Boa sorte.

Mais sobre: ,