Início » Mobile Software » Samsung facilita a migração do iPhone para o Android

Samsung facilita a migração do iPhone para o Android

Easy Phone Sync está de graça na loja Google Play.

Por
6 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Ao que tudo indica, a Samsung resolveu se firmar como um grande concorrente da Apple, e não pretende medir esforços pra isso: donos de smartphones da linha Galaxy agora poderão migrar gratuitamente todos os dados do iPhone para seus celulares com Android. Ou seja: a decisão de migrar para o Android agora ficou mais simples com o aplicativo Easy Phone Sync.

Foto: The Inquirer

Criado em parceria com a Mushroom Media, o aplicativo deve ser instalado tanto no celular quanto no computador para funcionar (e há versões para PC e Mac disponíveis). Com tudo devidamente instalado, o programa se encarrega de pegar contatos, mensagens, fotos e vídeos de um iPhone ou iPad (e, imagino eu, do iPod Touch também, embora na descrição ele não seja citado) que estejam disponíveis no backup do iTunes, e os transfere para o Android.

E, caso você queira continuar usando seu iTunes para gerenciar suas músicas, não há problema: o programa também permite sincronizar músicas, playlists e podcasts que estejam no iTunes. Assim, com exceção de aplicativos exclusivos para o iOS, a migração do iPhone para o Android pode ser feita sem medo de perda de dados, e você ainda não precisa abandonar completamente a Apple.

Para donos de aparelhos da linha Galaxy, o aplicativo sai de graça, embora existam planos de cobrar para uso em celulares de outros fabricantes. Infelizmente, no momento em que essa matéria é escrita o aplicativo, que se encontra no Google Play, não está disponível para aparelhos do Brasil. Provavelmente deve surgir um arquivo .apk de fontes confiáveis em breve, mas até lá você já pode baixar o programa que precisa ser instalado no computador, se quiser.

O lançamento do aplicativo logo no momento em que o Galaxy SIII vem sendo bem recebido mundo afora não é coincidência, e deixa claro o interesse da Samsung em conquistar o maior número possível de usuários da Apple. Se isso será possível ou não, é difícil dizer. Mas provavelmente será tão difícil quanto foi escrever esse texto sem fazer comentários tendenciosos.

Com informações: The Inquirer