Sabe aquele seu login no YouTube dos tempos de escola, quando você tinha orgulho de ter salvo o nome gatinha72 ou mestred0surf? Ele pode estar com os dias contados se esse for realmente o seu desejo. O site de vídeos avisou nessa sexta-feira que os usuários poderão associar uma nova identidade à conta do YouTube para evitar que os logins vergonhosos continuem aparecendo quando comentarem em um novo vídeo. E de um jeito que você jamais imaginaria: associando a conta no site de vídeo ao perfil do Google+.

gatinha72

O YouTube explica num artigo que a integração com a rede social/web social permite adicionar o seu nome completo ou como é conhecido a partir do que consta do seu perfil no Google+. Nada mais de comentar e aparecer o login vergonhoso de outrora. Ontem, na gravação de um episódio especial do nosso podcast, comentamos sobre o perfil dos comentaristas no YouTube – sempre com logins que os colocam em descrédito. Parece que o YouTube descobriu uma maneira de deixar a situação menos embaraçosa para as partes.

Além de mudar o nome, o YouTube concede uma espécie de anistia para o seu passado no site de vídeos. Ao abrir o assistente de migração da conta anterior para a nova associada ao Plus, será perguntado se você deseja revisar os comentários que publicou no site e os vídeos que subiu para sua conta. O internauta tem a chance de decidir se quer que seu nome verdadeiro apareça para aquele comentário ou conteúdo publicado no site de vídeos.

YouTube pergunta se o usuário quer migrar do login antigo para o nome no Google+

A associação do login a um perfil do Google+ chega primeiro para os usuários dos Estados Unidos. De acordo com o YouTube, usuários começarão a ver a opção de migrar quando postarem um comentário ou fizerem o upload de um vídeo para o site. Cada um decide se quer ou não adotar o novo nome a partir do que está na rede social. Marcas e empresas não terão essa opção por enquanto.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Andre Esteves Perrone
Caso você precise alterar o nome do canal de YouTube, mas a mensagem "Não é possível alterar esta configuração para sua conta" aparecer, este tutorial pode ser útil: https://artneo.com.br/como-alterar-nome-canal-youtube/
Marco
Aqui tem uma forma de como resolver: https://www.youtube.com/watch?v=UeWiOvq5EJI
Alessandro Johnny
;)
Thássius Veloso
Acho que a minha pergunta é legítima. Nós do TB estamos abertos a críticas construtivas. Se houve algum engano, é nosso dever corrigi-lo.
@rbicalho
Pensei a mesma coisa. Em breve, Android renomeado para Google Plus Phone. ;-)
@WdeSA
Thássius sempre divando nos coices \o/ HAUSHAUSH
YanGM
E os baianos são menos ativos quando estão na rede.
Zephyro
Uma coisa que eu gostaria que eles acabassem é com a obrigação de integração de contas. Integraria quem quisesse. Pô, é chato fazer login no YouTube e automaticamente estar 'logado' em todos os outros serviços do Google. Isso deveria opcional. Entretanto, é tornando a integração de contas obrigatória que eles ganham mais dinheiro. Fazer o que, né?
Arthur
Putz, EU NÃO ESTOU SOZINHO. Desde que o Youtube integrou com o Google eu tento mudar isso !
Thássius Veloso
Oi, Fabio, tudo bem? Excluindo esse texto, você poderia apontar em quais artigos do Tecnoblog ficou faltando indicar fontes por meio de links? Vai ver deixamos alguma coisa passar. Se preferir falar por email, o meu é [email protected]
Thássius Veloso
Rodrigo Fante e Alessandro Johnny: o link para o artigo no blog do YouTube foi adicionado.
caRIOca
Vou tentar ser esperto, quando estiver disponível no Brasil, vou criar uma conta no Google Plus, mudarei o nome do meu usuário do YouTube e depois encerro a conta do Google Plus.
Gustavo Rodrigues
Uhuuuu vou poder trocar um login que eu tenho a mais de 4 anos, vergonhoso, horroroso, e que até hoje não passava pra ninguém. Até criei outro rpa usar a sério, porque ele era de doer. Demoraram demais a lançar essa opção...
Denis
Estava querendo mudar o nome da conta do meu YouTube, mais depois que li que precisa do Google + eu passo. Google pare de empurrar o Google +.
Kessler
São mais ativos que os brasileiros, o que não muda em nada o que eu disse.
Exibir mais comentários