Início » Gadgets » Sony apresenta ultrabook com Ivy Bridge e novos notebooks

Sony apresenta ultrabook com Ivy Bridge e novos notebooks

Vaio T utiliza SSD de 32 GB e HD de 320 GB. Notebooks contam com protetor emborrachado e retorno do stand by em 2 segundos.

Por
7 anos atrás

São Paulo — Consumidores interessados em adquirir um ultraboook têm mais uma escolha a partir de hoje. A Sony anunciou a disponibilidade de modelos que seguem os padrões de ultrafino determinados pela Intel por meio da Série T. Eles vêm com processador Intel Ivy Bridge e sistema Windows 7. Além disso, a companhia anunciou a renovação de toda a linha de computadores durante um evento em São Paulo.

Ultrabook Vaio T por R$ 2.899

Ultrabook Série T de 13 polegadas

Os ultrabooks Vaio T aparecem no portfólio para o segundo semestre. O produto principal tem visor de 13 polegadas (modelo SVT13115FB), processador Core i5 (modelo 3317U) com 1,7 GHz, 4 GB de memória RAM, SSD de 32 GB para o sistema e HD de 320GB para armazenamento de documentos. A Sony promete até 7 horas de autonomia de bateria, mas a gente sabe que só se chega a esse tempo todo com o aparelho sem conexão e com visor praticamente desligado. O outro modelo (SVT11115FB) tem visor de 11 polegadas, processador Core i3 (modelo 2367M) da geração anterior (Sandy Bridge) e algumas especificações diferentes.

Os dois modelos são produzidos em aço escovado e contam com diversos itens de conectividade: Wi-Fi, HDMI, VGA, Bluetooth 4.0, leitor de cartão de memória (Memory Stick Duo, Memory Stick Pro, SD, SDHC e SDXC e USB 3.0. Eu me surpreendi ao descobrir que nos produtos também tem entrada Ethernet, algo que alguns concorrentes optaram por remover em prol de um produto mais fino.

Ethernet em 1,7 cm de espessura

O ultrabook de 13 polegadas custa R$ 3.199 e o de 11 polegadas custa R$ 2.899.

Diferenciais da Sony

A Sony também anunciou uma infinidade de notebooks e pelo menos um computador do tipo all-in-one durante o evento. De acordo com Glauco Rozner, gerente-geral da divisão de notebooks, há 17 novos modelos chegando ao mercado nas linhas Série S, Série E e Série L, além da Série T, que comporta os dois modelos de ultrabooks.

Notebook rosa com teclado branco da linha mais atual

Cada equipamento tem especificações próprias. É importante dizer que a maioria deles compartilha a instação de alguns aplicativos interessantes, como o xLoud para otimização dos sons graves. Há diferença na qualidade do som, pelo que pude ver na demonstração, mas não chega a ser absurdo. O software Clear Phase diminui distorções em arquivos de áudio. O Rapid Wake torna o retorno do notebook do modo stand by mais rápido — menos de dois segundos em um computador sem SSD.

O controle por gestos utiliza a webcam para alguns comandos simples em programas compatíveis: Media Gallery, Media Player, Power DVD e Internet Explorer 9. A Sony diz que estuda a compatibilidade com outros navegadores (ainda mais agora que, dependendo do método de mensuração, o Chrome bateu o IE em número de usuários).

Alguns notebooks contam com porta USB de versão 3.0 que permite o carregamento de dispositivos. Pelo menos os ultrabooks permitem carregar os gadgets mesmo quando o próprio notebook ultrafino está desligado da eletricidade. Também alguns modelos de notebook são acompanhados de um protetor emborrachado para teclado — também conhecido como “camisinha” para digitação.

Protetor emborrachado

All-in-one

All-in-one

A fabricante com origem japonesa mostrou um computador do tipo all-in-one com processador Intel Core i5 com 2,5 GHz (modelo 3210M), GPU Nvidia com 1 GB, memória RAM de 6 GB (expansível a até 16 GB), HD de 1 TB e tela de 24” com resolução Full HD. Uma tecnologia de processamento própria deixa as imagens similares àquelas vistas em televisores da marca Bravia.

Preço sugerido: R$ 5.199.