Boa parte dos serviços de email já oferece, via web, um conjunto de interface e funcionalidade bastante similar aos dos programas de email para desktop. Por causa desse fator, mais e mais pessoas estão preferindo ficar na web do que usar um programa dedicado a isso. Ao que parece esse é o principal motivo da Mozilla ter decidido que não vai desenvolver mais o Thunderbird, seu cliente de email.

Thunderbird: já era

Quem deu as más notícias foi Mitchell Baker, presidente da Mozilla Foundation, que disse eu seu blog que “muitos membros da liderança da Mozilla, incluindo o time responsável pelo Thunderbird” decidiram que não é necessário desenvolver mais o programa. A partir de agora, o máximo que a organização planeja fazer é liberar atualizações de segurança no mesmo formato que já existe para o Firefox, mas não vão atualizá-lo com funcionalidades ou demais inovações.

O Thunderbird nasceu há oito anos e atualmente tem mais de 20 milhões de usuários ao redor do mundo. E é por causa dessa grande base de usuários que a Mozilla decidiu também liberar, no futuro, o acesso a ao código-fonte para certos desenvolvedores membros da comunidade da Mozilla, para que eles criem suas próprias adaptações e inovações de forma independente.

Desses 20 milhões de usuários do Thunderbird, você está entre eles? Se respondeu “sim” a essa pergunta, qual vai ser sua alternativa agora?

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Augusto Aguieiras
OLá gostaria de saber se isso ainda tá válido ou seja hoje é Agosto de 2013 e ainda tem atualizações do Thunderbird.; Vâo mesmo parar de desenvolve-lo ????
Mateus
Deveriam mesmo é criar uma toolbar do Thunderbird para que os usuários saibam que há mais emails novos.
Daniel Vieira
Minha mãe usa ele para ler os e-mails dela. Mas que bom que ele vai continuar funcional. :)
Turdin
Existe estatistica da % de usuários que utilizava?
Rafael Paes
Eu já testei esse e-mail offline do GMail, não é a melhor coisa do mundo mas até que cumpre o que promete mesmo. Porém o grande problema do GMail é esse: as funções bacanas como alerta no desktop, e-mail offline e afins só existem no Chrome, e sinceramente se for sair do Firefox eu prefiro ir para o Opera, que me atende bem melhor. Outra coisa que também não gosto na interface dele é a impossibilidade de gerenciar o meu calendário de forma mais prática, no Thunderbird fica tudo ali na cara. Enfim, quanto tiver como instalar o Thunderbird eu continuo usando ele mesmo :)
ricardo
Eu acho que não haverá problema. Na pior hipótese eles não lançarão versões novas e o Ubuntu virá sempre com a mesma versão do programa.
@GabrielAnjos
Gmail. Uso 3 contas. A do próprio, uma outra pessoal e a corporativa também.
@GabrielAnjos
O falecido zumbi Eudora.
@AntonioVeras
Me referi ao comentário do leitor de títulos.
Ibraim
O principal da notícia é que o Thunderbird VAI CONTINUAR existindo, tão bom quanto ele é hoje. O que não haverá é adição de funções. Atualizações de segurança serão mantidas. Muita gente comentou como se não fosse poder usar mais.
PR
O que vai ser do Thunderbird no UBUNTU? ja que a Canonical resolveu incluir ele de forma oficial nas versoes? eu gosto do Thunderbird, ou pelo menos gostava ainda mais agora que vao parar de desenvolver ele. se bem que nem uso ele, so no netbook, no Windows eu uso o WLM.
Carlos
Sinceramente, espero que mudem de ideia.
João Almeida
Foi esta nova versão mesmo!
@xrenan
Eu desisti do Live Mail, gostava mesmo do Outlook Express... Você verá o Mail se tornar uma carroça...
rai_
Thanks.
Exibir mais comentários