O próximo Windows terá um novo aplicativo dedicado ao backup dos documentos e arquivos do usuário. A informação foi divulgada nesta terça-feira pela Microsoft para dar pique às poucas semanas que faltam para a chegada do Windows 8. Embora o sistema tenha sido liberado em versão de testes para consumidores comuns, alguns recursos permanecem como incógnitas e devem aparecer verdadeiramente só quando o Windows 8 RTM sair. Chama-se File History em inglês ou Histórico de Arquivos em português.

Pelo que a Microsoft mostrou, este File History faz o backup das bibliotecas, da área do trabalho, dos favoritos e dos contatos salvos pelo usuário. O aplicativo automaticamente detecta o que foi modificado nestas pastas se baseando no histórico de modificações do NTFS, o formato para salvar arquivos que a Microsoft costuma adotar nos sistemas operacionais.

File History do Windows 8

File History do Windows 8

O backup automático do Windows 8 depende de um drive externo para funcionar. Não terá suporte ao SkyDrive, o produto de cloud computing da Microsoft com 7 GB ou 25 GB de armazenamento grátis — dependendo exclusivamente da capacidade do internauta de seguir nossas dicas a tempo. Consumidores também terão a opção de usar uma partição no HD para este fim, mas essa não é uma atitude exatamente recomendada.

Restaurar os documentos será bem fácil no Windows Explorer no Desktop do Windows 8. O botão “History” permite ver o histórico de modificações naquela pasta que está aberta. Veja a demonstração no vídeo fornecido pela MS abaixo.


(Vídeo do YouTube)

A Microsoft é bem enfática em dizer que o File History funciona para documentos do usuário nas bibliotecas, favoritos, contatos e área de trabalho. A companhia deixa de lado o backup das demais propriedades do sistema porque o recurso é pouco usado dentre o mar de gente que utiliza o Windows atualmente. Chegaram a esta conclusão depois de levantar os dados de telemetria dos sistemas vendidos atualmente.

O Mac OS X (agora chamado somente de OS X pela Apple) oferece o recurso chamado Versions que permite visualizar versões antigas do mesmo documento e eventualmente restaurá-las. O File History é similar, porém sem contar com uma interface gráfica tão rebuscada como a da maçã. O aplicativo da MS fará o backup em intervalos regulares (de pelo menos 10 minutos) e manterá as informações sobre modificações de documentos por pelo menos um mês.  Também haverá ajustes automáticos se for um notebook ligado na energia elétrica ou na bateria e se estiver em estado de hibernação ou completamente ligado.

Atualizado em 18/07/2012 às 14h07.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@daniloficial
o windows 8 pode ser cheio de recursos novos e interessantes mas a interface não agrada quase ninguém!
Kessler
O único link que serve pra alguma coisa é o segundo, já que os outros usam o driver do Linux que é inferior ao do Windows. EXT4 não tem nem suporte a compactação e criptografia transparente, coisas que o NTFS tem há anos. Sem contar o início turbulento que gerou perda de dados a diversos usuários. FS de verdade é ZFS, mas esse não pode ser distribuído com o Linux por causa de problemas de licenciamento. Ops.
Dennis
Durante o tempo em que utilizei Windows, tive os arquivos de inicialização do sistema corrompidos três vezes, o mesmo nunca ocorreu com o Linux. Seguem os comparativos e testes de benchmak. Filesystem Benchmarks http://bit.ly/LIy1RP EXT4 File-System Looks To Do Well Against NTFS http://bit.ly/aizsYQ Ubuntu Linux, Day 16: EXT4 vs. NTFS http://bit.ly/mtPSch
Turdin
Ei som.
Andre
Por favor, cite documentos comprovando sua afirmação. NTFS inferior ao Ext4 é um mito que criaram. Coloca dois computadores lado a lado, um com Windows/NTFS e outro com Ubuntu/EXT4. Vai apertando reset nos dois ao mesmo tempo até ver qual corrompe primeiro. Nem se compara a capacidade de recuperação do chkdsk com o fsck. Tire suas próprias conclusões, não acredite em mitos.
@rodrigorsena
O teste não teve sucesso
Rafael
bom saber. só falta ver se ele vai sincronizar as configuraçoes do proximo MSN na hora q se faz login no mesmo. é um saco instalar ou usar o MSN em outro computador e ter que ficar configurando a interface pra nao ficar aquela confusão que é atualmente.
Tiago
Testando
Dennis
Ter incluído o recurso de journaling primeiro não o torna melhor. Sim o NTFS tem suas versões, mas se você o compara-se com outros sistemas de arquivo veria o quanto é inferior.
Luandersonn
Ah, isto é uma mão na roda. Tem outra coisa boa, ele loga automaticamente nas contas da MS. Eu adoro a nuvem....
Luandersonn
Eu queria que eles também fizessem isto com as ordens do apps. Da trabalho ajeitar tudo sempre.
Luiz Alberto
Esqueci de mencionar que as senhas salvas também são sincronizadas, eliminando a necessidade de software como Lastpass.
Luiz Alberto
Se vc criar uma conta no Windows 8 vinculada a uma Microsoft Account Em qual outro PC que vc ligar com essa conta será sincronizada seus favoritos e histórico do IE, as personalizações de tema na start screen, tela de bloqueio, o tema e wallpapers do desktop.
Andre
Ultrapassado? Journaling, já existia no NTFS antes de qualquer file system do Linux. Snapshot é o recurso que possibilita o File History, e o Ext4 não tem isso até hoje. NTFS tem suas versões, da mesma forma que o Windows.
aristofeles
Windows 8 não permite ser instalado em Fat 32.
Exibir mais comentários