Início » Gadgets » Raspberry Pi voa e tira fotos da Terra no espaço

Raspberry Pi voa e tira fotos da Terra no espaço

Por
6 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Graças ao seu baixo peso, pouco consumo de energia e ausência de peças móveis, na apresentação do mini-micro-nano-pequeno computador Raspberry Pi foi afirmado que a máquina poderia ser usada em pesquisas em altitude, lançada junto de foguetes e balões metereológicos. E, quem diria, foi exatamente isso que um sujeito fez.

O britânico Dave Akerman é praticante de um hobby conhecido por HABing (High Altitude Ballooning, ou balonismo de alta altitude), em que os participantes lançam balões metereológicos a até 30 km de altura equipados com rastreadores GPS, medidores de pressão e câmeras fotográficas, que registram o feito e então voltam em segurança para a superfície graças aos paraquedas.

Akerman (de verde, à direita): “pai” do Raspberry Pi astronauta

De acordo com um post no blog do sujeito, um Raspberry Pi foi incorporado aos sistemas de seu balão para que o computadorzinho enviasse imagens da Terra durante o voo, além de substituir outros controladores Arduino usados até então.

“Notei que a entrada USB oferece um acesso rápido e barato a uma webcam, o que significa que pela primeira vez poderia ter imagens ao vivo tiradas de meu balão, coisa que nunca foi feita antes”, escreveu. O sistema envia as imagens para seu “quartel general” graças a um transmissor de rádio que não recebe informações: “Se houver um problema, não haverá chance do sistema ser reiniciado”, comenta.

Foto tirada pelo Raspberry Pi

“O ambiente do espaço é extremamente hostil, com apenas 1% da atmosfera e temperaturas de até -50ºC (…) e a descida pode ser algo violenta, então mesmo coisas como um leitor de cartões SD podem representar um perigo potencial de falha”, explica Akerman. Outro desafio do projeto foi a readaptação de todo sistema de alimentação de energia do balão, que foi revisto para oferecer até 500mA, contra 60mA de antes.

O voo inaugural do comandante Raspberry Pi foi feito no último final de semana, chegando a 27 km de altura. A meta agora é que o computadorzinho alcance “34 ou 35 km de altura, ou talvez até alguns metros abaixo a marca dos 40 km, o que o colocaria na 12ª colocação do ranking britânico de altitude”, lembra Akerman.

Aos interessados, a galeria de fotos tiradas pelo Raspberry Pi no espaço está aqui.

Mais sobre: ,