Início » Aplicativos e Software » Testamos o OS X 10.8 Mountain Lion

Testamos o OS X 10.8 Mountain Lion

Lucas Braga Por

Mountain Lion traz vários aplicativos e recursos do iOS

Ontem foi mais um dia que a Apple quis colocar seus servidores à prova. A ocasião foi o lançamento oficial do Mountain Lion, a nona versão do sistema operacional OS X. O sistema operacional foi prometido em fevereiro desse ano, e as principais novidades do leão da montanha se referem à integração com o iCloud, sistema de computação nas nuvens da Apple.

A forma de instalação do Mountain Lion é a mesma de quando o Lion foi lançado: o sistema é vendido na Mac App Store como se fosse um aplicativo. O cliente compra por lá mesmo e baixa o instalador. A instalação é muito simples, mas ao mesmo tempo é muito limitada: queria fazer uma instalação limpa no meu Mac, sem atualizar o Lion que já tinha instalado.

Foi necessário realizar uma pequena gambiarra para fazer uma instalação limpa, que envolve abrir o pacote do sistema e gravar o arquivo de imagem em um pendrive. Durante o processo de cópia da imagem para o pendrive, apareceu uma mensagem de erro, sendo que na verdade o processo foi realizado com sucesso. Feito isso, foi necessário ligar o Mac pressionando a tecla “Option” no teclado, de forma a exibir uma lista de opções de qual disco iniciar. Apesar desse pequeno contratempo, a instalação foi bem rápida e não demorou meia hora para começar a brincar com o leão.

Logo ao iniciar o sistema, surge uma tela de login da sua Apple ID. Após inserir seus dados, todos os aplicativos que utilizam a ID são configurados automaticamente. Se você usa uma ID diferente para o iTunes e outra para o iCloud, não se desespere: há uma opção para logar com duas IDs diferentes. Se você utiliza duas contas na App Store como eu, também não precisa se desesperar: é possível logar e deslogar quantas vezes for necessário na App Store ou no iTunes. Aliás, a partir de agora, as atualizações do sistema se concentram na Mac App Store.

Atualizações do OS X todas na Mac App Store

A primeira mudança perceptível é a Central de Notificações, que agrega as notificações de todos os aplicativos em um só lugar, como no iOS ou no Android. A implementação desse recurso foi genial, e diversos aplicativos já foram atualizados para suportar a novidade. Para abrí-la, basta clicar no ícone no canto superior direito ou utilizar um gesto no trackpad, arrastando dois dedos do canto direito para o esquerdo no sensor.

Integração com o Twitter

Graças à integração do OS X com o Twitter, é possível tuitar dentro da barra de notificações. Ainda, com a conta configurada, é possível receber as menções e mensagens diretas na própria barra, sem dependência nenhuma do Twitter for Mac. É esquisito, mas ao clicar na notificação o navegador é aberto com a mensagem no site do Twitter. Seria legal se fosse possível responder a mensagem dali mesmo.

Voice Dictation

Eis um recurso que não vai fazer muita diferença, pelo menos para muitos de nós brasileiros: a dicção por voz. Você não deve se animar muito, afinal, apenas os idiomas inglês, francês, alemão e japonês são suportados pela novidade.

Com o tempo, novas línguas devem ser adicionadas. Entretanto, testei com inglês e o recurso funciona muito bem: em qualquer caixa de texto, basta utilizar o atalho escolhido (no meu caso, apertar a tecla “Fn” duas vezes seguidas). Nesse momento, as ventoinhas são desligadas para que o computador capte sua voz perfeitamente. O reconhecimento é muito bom, bem similar à Siri do iOS.

A ideia é muito boa, principalmente se você estiver com muita preguiça de digitar, mas não me vejo utilizando o recurso com frequência enquanto o suporte ao português não for adicionado.

Segurança

Em meio a diversos relatos de falhas de segurança e possíveis vírus no Mac, a Apple reforçou a segurança do sistema no Mountain Lion. Por padrão, o sistema só aceita aplicativos de fontes registradas ou da Mac App Store. O problema é que nem todos os desenvolvedores são registrados pela Apple, e ao baixar o Oi Rdio, por exemplo, o sistema impede que eu abra o programa – sem me dar a opção de que estou ciente e quero abrir ainda assim. Foi necessário desativar a segurança no painel de configurações.

Safari 6

O Safari também foi atualizado no Mountain Lion. O design é praticamente o mesmo, com singelas mudanças: o botão da função “Leitor”, que captura o texto de algum site e deixa ao leitor uma interface simples agora está sempre visível, logo ao lado da barra de endereços. Outra atualização importante no Safari foi a barra de buscas: dessa vez, ela foi unida à barra de endereços. Além disso, é possível postar links para o Twitter através próprio navegador.

Mas a mais importante novidade do Safari é a sincronização de abas e favoritos com o iCloud. O funcionamento é bem similar ao do Chrome: ao clicar no botão do iCloud, as abas de outros dispositivos ficam visíveis. O problema é que, neste primeiro momento, a sincronização só funcionará entre Macs, já que o iOS 6 ainda não está disponível ao público.

Sincronização de abas e nova barra de endereços: eis o novo Safari

Vale lembrar que o Safari 6 foi atualizado também no OS X Lion. Se o seu único motivo para atualizar é o navegador, não é necessário gastar US$ 19,99 por isso. 😛

Messages

A Apple finalmente matou o iChat. Já era hora: foram inúmeras as vezes que o programa de chat da Apple me deixou na mão, desconectando sozinho. Pelo pouco tempo que usei, percebi que o programa está bem mais estável e não travou nenhuma vez (sim, com pouquíssimas horas de uso o iChat travava).

Além de ser um comunicador instantâneo, o Messages traz consigo o iMessage integrado. Com isso, é possível conversar com seus amigos donos de Mac ou dispositivos iOS sem complicações, podendo, inclusive, enviar arquivos. O Messages também é um cliente Jabber e funciona com Yahoo! Messenger, Google Talk e Facebook.

Notas e Lembretes

Notas: bem parecido com o aplicativo para iOS

Com a chegada do iCloud, notas e lembretes do iOS passaram a ser sincronizados com a nuvem. Só que o suporte a notas no Lion e seus antecessores era horrível, e era necessário utilizar o Mail.app para isso. No caso dos lembretes, não havia sincronização. Agora, com o Mountain Lion, a sincronização desses aplicativos se tornou mais interessante, tendo em vista que é possível acessar esses dados a partir de seu computador. Não me vejo utilizando os aplicativos tão cedo, tendo em vista que uso Android e o Wunderlist (de listas) e o Evernote (de notas) me atendem muito bem.

Lembretes no Mountain Lion

Conclusão

O OS X trouxe pouquíssimas novidades em relação ao OS X Lion – e o mesmo ocorreu quando o Lion foi lançado para substituir o Snow Leopard. Não houve nenhuma mudança significativa no design ou nada que justifique pagar US$ 19 pela atualização – comparando um pouco com o Windows, me senti pagando por um Service Pack.

Entretanto, sei que no futuro diversos aplicativos só terão suporte para a nova versão, da mesma forma que ocorreu com o Lion. Já que um momento eu deveria fazer a atualização, aproveitei e fiz de uma vez.

Alguns bugs ainda estão presentes: diversas pessoas relatam diferentes problemas. Comigo só aconteceu de conseguir abrir duas instâncias do painel de configurações, mas nada tão significativo.

Acho que a atualização é muito bem vinda para quem utiliza iOS. A integração ficou muito melhor e mais dinâmica. Entretanto, quem não liga muito pra isso pode esperar um pouco mais.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Felipe
Lucas, não consigo entrar no aplicativo mensagens, a minha senha não entra quando tento ficar online oque devo fazer?
Rafael Scott
ReiVersuri, sabe dizer se quando existir a integração com o Facebook, será mostrada a lista de contatos? Pq aqui eu adiciono a conta, mas as pessoas só aparecem quando falam comigo... Eu gostaria de ver a lista dos contatos... Tem como atualmente?
@Rafael_Scott
Muito bom mesmo o Mountain Lion. Espetacular! :D
Gabriel
No MacBook Pro 13 de 2010 (Core 2 Duo + 4GB + nVidia 320M) está funcionando bem por enquanto, melhor que o Lion...
@ReiVersuri
Não existe mais o iChat no Mountain LIon.
@ReiVersuri
O Facebook chegará ao OSX somente no lançamento do iOS 6 (setembro/outubro).
brazlocateli
Esta muito bom, parabéns Apple. Baixar foi um inferno, como todo lançamento Apple!
Thiago Carvalho
Se resume em uma palavra. PERFEITO.
Henrique
Era nesse sentido que eu perguntava, sei que em termos de performance e etc sao compativeis. Entretanto os aplicativos apple estao cada dia mais integraveis. Ate onde isso seria util. Obrigado pelas respostas
Lucas Braga
Eu pensei em fazer isso, só que eu tinha um post pra escrever antes de tudo. :P
@alberson
Galera... alguém pode me ajudar me mandando o Dock.app padrão (sem modificações) do OSX Mountain Lion? (/System/Library/CoreServices/Dock.app)
Diogo
O Safari no momento, está muito mais rápido do que o Chrome e o Firefox (ao menos na minha máquina) No meu caso foi um upgrade muito bem vindo... Notification center e airplay já valeriam o upgrade para mim sem sombra de dúvidas. Além do mais o sistema está muito mais rápido...
Diogo
Concordo... Tenho um Nexus S e um Mac, meu proximo será um iPhone devido a integração com o MAC. Quanto a melhor ou pior, eu acho que ATUALMENTE ambos estão no mesmo nível o que determina a escolha é o que realmente lhe agrada mais e servirá melhor no seu dia-a-dia
Diogo
Não vejo tanta semelhança com um service-pack não. Que me lembre service-packs eram apenas para melhorar falhas do sistema relacionadas a velocidade e segurança. O ML mesmo com "poucas" mudanças traz diversas melhorias que compensam o upgrade. Outro motivo para as "poucas" mudanças é que o ciclo de atualização é bem mais curto que no Windows, o que eu tenho certeza que será o ciclo que será adotado pela Microsoft. Inves de atualizações grandes no SO de 5 em 5 anos, terão atualizações melhores e incrementais em 1~2 anos.
felipe
o melhor vc nao falou, suporte air play com apple tv, coisa que ja funcionava com o ipad desde o 1 e nao existia para os macs. Usar a tv como monitor sem precisar de fio é mto bom.
Exibir mais comentários