Início » Internet » Conclusões sobre o envio de artigos ao Rec6

Conclusões sobre o envio de artigos ao Rec6

Thiago Mobilon Por

144951.jpgUma simples pergunta feita pelo Bruno, acabou rendendo dezenas de posts pela blogosfera. No artigo dele, fui um dos primeiros a comentar que eu era contra o cadastramento das próprias notícias no Rec6. Para explicar meu ponto de vista, resolvi adotar o post do Fugita, que soube usar melhor as palavras do que eu.

No final das contas, percebi que pelo menos 90% da blogosfera é totalmente a favor do auto-cadastramento. Ego? Jabá? Sim, sem dúvidas! Alguns blogueiros defendem o que é simplesmente sua fonte de tráfego, e por este motivo, um certo filtro mental se instalou em mim, no momento em que eu lia tais comentaristas.

Felizmente, depois de ler pontos de vista que iam desde o “preciso divulgar o meu blog” até “isso é completamente anti-ético”, consegui absorver um pensamento que me fez enxergar a coisa de outro ângulo.

Falamos muito já, sobre a falta de um Digg nacional. Sistemas similares existem vários no Brasil, mas uma comunidade tão forte e ativa está longe de existir. O cadastramento das próprias matérias em sistemas assim, é um grande aliado na divulgação do sistema. Quanto mais links de qualidade, mais páginas relevantes indexadas, e aí, o resultado é evidente.

O Rec6 ganha, a comunidade como um todo também, e é claro, seu blog.

Não estou incentivando que você saia que nem louco enviando todos os seus artigos, mesmo porque, senso crítico é uma coisa que não pode faltar em um blogueiro que se preze. Certo? E isso o Alessandrofalou e disse“:

O seu senso crítico é insubstituível e funciona como a primeira peneira de qualidade. Cadastrar apenas artigos originais e relevantes vai aumentar o seu prestígio entre os leitores, sejam eles editores de blog ou não, diminuir o trabalho de quem vota e aumentar a qualidade da capa do Rec6.

Pois bem, partindo de hoje, começarei a cadastrar as minhas matérias no Rec6. Não só as minhas. O que eu espero mesmo, é que esse movimento pegue, de forma que quando eu ver uma matéria boa, a mesma já tenha sido cadastrada por alguém antes de mim!

O que me intriga é que a internet com tantos usuários, está é bem pequena por essas bandas. O povo deve estar todo atolado na curva do rio.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Thiago Mobilon
Fred, isso é verdade. Mas o que podemos fazer?! A única forma possível que vejo para promoção do Rec6, é essa que eu citei no artigo. Quem sabe caçando pára-quedistas, hora ou outra chegue um leitor interessado neste modelo de site.. É duro, muita coisa dá certo lá fora, e aqui no Brasil não dá em nada. O povo aqui é muito sem cultura. Ou melhor, a cultura daqui é muito sem cultura....
Fred Banionis
Curva do Rio? Eu usaria as palavras "Fundo do poço". Mas o assunto sério: Não sei se só eu notei isso, mas não se vê leitores no rec6, apenas escritores. Não acredito que esse seja o modelo correto de agregador de notícias, mesmo eu estando lá, ainda acredito que possa vir a existir uma forma melhor, mais democrática, e principalmente, com mais leitores do que escritores pra gerenciar as boas noticias que rondam no nosso mundinho digital.
Thiago Mobilon
Canha, você tem toda a razão, o Rec6 não tem de longe a força do Digg, e a população da internet está andando por um lugar bem distante dessas bandas. Porém, o que proponho com o artigo, é que quanto mais conteúdo enviarmos para o Rec6, mais visitas ele receberá do Google. Aí estaria a oportunidade de fortalecermos a comunidade, o que traria benefícios a todos. Tenho certeza que muitos usuários ao caírem no Rec6 nem dariam bola para o sistema. Mas terá também uma porção que pode se interessar, e voltar mais tarde para acompanhar outras notícias, e votar nas mesmas. Um abraço!
Canha
Eu já nem me dou ao trabalho de publicar as notícias no rec6. Acho que o Rec6 ainda não têm a força que um digg da vida têm. Creio que já muito desinteresse pela população virtual em geral, apenas interesse por parte dos blogueiros. De qualquer jeito, não vejo nada de errado em os próprios blogueiros enviarem seus artigos. Abraços
Tiago Celestino
Além de atrair mais visitantes para o um blog, as possui muita informação em um só lugar, por isso que apoio e uso o REC6 para divulgar meus posts. Isso é normal. Só é chato quando existe milhares de noticias com o mesmo assunto. :D
Alessandro Martins
Obrigado pela referência, meu caro. Um de meus medos é que com o tempo, com a popularização do Rec6, ou de algum outro serviço de notí­cias do gênero, o horror das massas - e não sua sabedoria - faça a coisa degringolar...
Julix
Não vejo que o envio dos próprios posts no Rec6 seja anti-ético, a não ser é que entupa o site, como muita gente faz por aí. Eu envio em média 1 artigo meu por mês e olha lá, mais ou menos 3/4 eles vingam, tem que ter bom senso. Sobre a última frase, eu chamo isso de a Dobradinha.
Thiago Mobilon
Noronha, e é aí que nós ganhamos uma onda de cliques no adsense! haahhahahaha Fernando, obrigado!
Fernando Salmazzi
Parabéns pelos posts publicados em seu site. um abraço
j. noronha
Na verdade não estão atolados, estão tentando aprender o que diabos é html e procurando gifs epilépticos para postar. Só vão parar para procurar fofocas sobre o Big Brother, que logo log chega.