Início » Curiosidades » Google oferece benefícios até quando empregado morre

Google oferece benefícios até quando empregado morre

Viúvo de um Googler recebe metade do salário anual por dez anos.

Por

Trabalhar no Google garante uma série de benefícios que muitos profissionais adorariam receber. Além daquilo que se desfruta em vida, nessa semana um executivo da companhia deu detalhes sobre os benefícios garantidos à família de algum funcionário que morreu. “Fazemos isso não porque é importante para o negócio, mas simplesmente porque é o certo a fazer”, disse o responsável por recursos humanos, Laszlo Bock.

Bock concedeu entrevista à revista Forbes em que comenta, por exemplo, que os viúvos e viúvas de um Googler (jeito como os funcionários do buscador se referem a si mesmos) recebem anualmente um cheque com metade do salário anual do empregado pela década seguinte à morte. Uma colaboração bastante generosa que não adiciona absolutamente nada ao Google, diferentemente dos cortes de cabelo e refeições gratuitas que tendem a tornar os ambientes de trabalho mais agradáveis e, no fim do dia, mais produtivos.

Essa espécie de pensão por morte não depende de qualquer pré-requisito, como ter tantos anos de empresa ou contribuir com algum valor. Todos os 34 mil funcionários do Google ao redor do mundo têm direito ao benefício, desde que primeiro partam dessa para uma melhor (que coisa terrível para escrever num artigo).

Escritório na Irlanda tem pub dentro

Escritório na Irlanda tem pub dentro

Os benefícios continuam para os filhos do Googler falecido. A companhia promete depositar mensalmente a quantia de mil dólares até que o rebento chegue aos 19 anos. Aqueles que estudarem em tempo integral recebem o pagamento até os 23 anos. Uma quantia nada desprezível num país em que as melhores faculdades são pagas e o preço final não é nada barato. Adicione a isso também a conversão imediata das ações que o funcionário detinha do GOOG para o nome da esposa ou esposo.

“[A morte de um parceiro] é um momento horrível e difícil, não importando as circunstâncias. Sempre que passamos por isso como uma empresa nós tentamos encontrar formas de ajudar o cônjuge do Googler que faleceu.” E este é só mais um conjunto de benefícios que o Google oferece a quem trabalha na companhia. Ele se soma a outros que visam ao bem-estar de pais e mães cujo filho acaba de nascer: licença paga de 18 semanas para as mulheres e de seis semanas para os homens.

A reportagem da Forbes revela ainda que o funcionário de idade mais avançada atualmente no Google tem 83 anos. O que ele faz na companhia de internet, que costuma simbolizar o estilo de vida da galera mais jovem que sonha em trabalhar com web, permanece um mistério.