Início » Internet » Combate à pirataria pode beneficiar o próprio Google (e a Apple)

Combate à pirataria pode beneficiar o próprio Google (e a Apple)

Loja Play tem tudo para aparecer na frente em resultados de busca.

Avatar Por

Na sexta-feira (10) este Tecnoblog noticiou sobre a mais recente tentativa do Google no combate à pirataria. O buscador disse com todas as letras que o algoritmo de pesquisa e indexação foi modificado para posicionar páginas com conteúdo pirata abaixo daquelas que são fornecidas por empresas responsáveis, reconhecidas e que tratam de propriedade intelectual alheia conforme manda o figurino. Faltou-nos destacar que o Google pode se beneficiar (ele próprio) da modificação. Explico.

O Google detém uma loja própria com conteúdo diverso. É bem verdade que a Google Play funciona melhor para quem está nos Estados Unidos, uma vez que somente a partir de lá (e talvez de outros países cujo mercado é importante) é possível desfrutar ao máximo da Play – com aplicativos, músicas, filmes e mais. Estes são os conteúdos que podem aparecer numa posição superior a partir dessa semana, quando a modificação do algoritmo entra em ação.

Além disso, outra provável beneficiária é a Apple. Afinal, a loja iTunes traz há muitos anos últimos lançamentos musicais, filmes e séries. Trata-se de um player bem estabelecido que não teria grande problema em atrair a atenção dos robôs que vasculham a internet em busca de conteúdo. E todo mundo sabe que a Apple é séria nos contratos que firma com empresas de distribuição e conteúdo.


(Vídeo do YouTube)

O Google citou nominalmente os serviços Spotify (de música), Hulu (para assistir séries) e o site da agência de notícias NPR como páginas confiáveis que ganhariam visibilidade com as modificações do algoritmo. Nada com relação à Google Play e à iTunes.

Pode ser que o Google esteja pagando de bom moço nessa história de combater a pirataria, mas na verdade pensa em fortalecer o próprio negócio por meio da Google Play. O que você pensa sobre este assunto? Os comentários estão abertos. O lema "Don't be evil" (Não seja malvado) da companhia continua valendo.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Ramon Melo
Receber ordens e/ou fazer pedidos por e-mail ou mensageiros instantâneos, elaborar planilhas de controle (de lista de compras, por exemplo), digitar documentos, repassar informações de forma detalhada (documentos escaneados, por exemplo) e pagar contas pela internet são os mais requisitados, segundo essa amiga minha. Dependendo do bairro, essa exigência é um requisito mínimo, menos do que isso a cliente nem aceita marcar entrevista.
Turdin
Dúvida: Qual vai ser a utilidade de uma empregada domestica que sabe usar o PC ( em relação ao serviço no caso. )
@LBKatan
Boa, cara. Tá complicado esse negócio do pessoal ficar "pirataria é do demônio" ou "pirataria é de Deus". Sendo que muitos caras, escritores, músicos, desenvolvedores, etc, sabem que existe um equilíbrio no universo da "pirataria".
@LBKatan
Ok, pula pra última página =P
Ramon Melo
Meu caro, mil reais pode fugir do orçamento de muita gente. Se nem as escolas públicas americanas podem pagar por isso (http://ifixit.org/3001/how-one-teacher-built-a-computer-lab-for-free/ ), você acha mesmo que está acessível a todos os brasileiros? Como a pessoa vai aprender a usar o Word com o PC velho + Windows XP dela? Pagando R$200 numa licença? Baixando a versão gratuita que não roda nos 512MB de RAM dela? Claro que não, a solução é piratear mesmo. Não sei onde você mora, mas aqui no Rio de Janeiro já está virando exigência para empregadas domésticas. Dependendo do bairro, não tem nenhuma vaga para quem não saiba o básico de um computador. Tenho uma amiga que coordena uma agência e lá eles estão tendo que investir em treinamento e capacitação para atender a demanda.
Bitstorm
Exato. iTunes de novo não, né...
Kessler
Substituir "prescindir" por "precisar", porque o burrão aqui acabou usando ele no sentido oposto ao desejado.
Kessler
Prescindir de computador não é o mesmo que necessitar usar pirataria. um computador de mil reais vem com Windows e Office Starter original instalado. E sério que você está afirmando que uma empregada doméstica precisa de um computador? Ou você apenas está indo longe demais para tentar justificar uma afirmação taxativa?
Ramon Melo
Por exemplo? De cabeça, assim, não lembro de nenhuma profissão que independa do computador. Tirando, claro, aqueles cidadãos que insistem no anacronismo e serão limados do mercado de trabalho nas próximas décadas. Até empregada doméstica precisa saber usar um computador se quiser emprego hoje em dia. Não está fácil para ninguém.
Edmilson
Os artistas não ganham praticamente nada pelos CDs. O problema é que tem o músico, o compositor e etc etc e todos tem de concordar, caso não concordem o músico tem de pagar para os outros criadores. E são as gravadoras que pagam para o cantor aparecer na TV e etc, etc. A industria ainda é assim.
Rafael Guedes
Com relação à música, as pessoas precisam entender que o mercado mudou. Não é mais como era até meados dos anos 90 hj em dia a informação é livre qualquer um pode baixar músicas. O que tem que acontecer, são as bandas se adequarem à nova situação ou voltarem com o vinil que é impossível falsificar. Hoje em dia o artista tem que ganhar com os shows e ele mesmo financiar a gravação do seu material e distribuir como bem entender. Com a ascensão da internet como meio de compartilhamento de informações essa é a nova realidade, não tem mais como voltar atrás.
Thiago Sousa
É mais ou menos né Renan, tenho amigos que hoje trabalham na área de design gráfico porque quando tinham 15 anos tinham vários programas piratas nos seus computadores. A solução do "não compre" pode até afetar negativamente a empresa no longo prazo.
Thiago Sousa
Vicê deu uma olhada no algorítimo? É isso mesmo que vai acontecer?
Thiago Sousa
Lógico que é verdade... ¬¬
Thiago Sousa
Tá maluco? Aí eu com um iPhone...
Exibir mais comentários