Início » Celular » Nokia Lumia 900, um grande Windows Phone

Nokia Lumia 900, um grande Windows Phone

Avatar Por

A linha de celulares Lumia é a Nokia tentando fazer o que sempre fez: atingir todas as fatias do mercado, com o Windows Phone sendo o principal sistema operacional. O Lumia 900 é o aparelho escolhido para habitar a terra dos smartphones high-end, não só pelo seu tamanho como pelo que ele tem em termos de de processador, câmera e qualidade da tela.

Lumia 900: uma senhora tela. | Clique para ampliar


Há um problema aqui: a Nokia já tem um Lumia para esse campo, o Lumia 800, que tem poucas diferenças em relação ao seu irmão maior. Por serem tão parecidos, decidi fazer um review mais focado na inevitável comparação dos dois aparelhos. O que o Lumia 900 oferece de vantagem? O que ele deixa a desejar? Quais são as principais diferenças e, ainda mais importante, qual dos dois vale a pena comprar? Continue a ler para descobrir.

Design e tela

Você já viu esse design antes. É o Lumia 800 um pouco esticado, com uma tela maior e algumas poucas modificações que só detalhistas deverão notar. Na traseira, o flash de duplo LED da câmera fica em outra posição e, na parte superior, estão a saída do fone de ouvido, a gaveta para o cartão microSIM, que nesse modelo exige uma peça de metal para ser retirado, e a porta USB.

A tela é um item que foi bem feito pela Nokia. Nas suas 4,3 polegadas a fabricante colocou tecnologia AMOLED com proteção Gorilla Glass e ClearBlack, que deixa as cores bem vívidas. A resolução é de 800×480 pixels, exatamente a mesma do Lumia 800. Mas uma coisa diferente e que talvez seja importante citar: o vidro do Lumia 900 não é curvado; é reto. A curvatura do vidro dá mais resistência a ele, então o Lumia 900 pode ser mais sensível à quedas.

O material do qual o Lumia 900 é feito (policarbonato de corpo único) pareceu bem mais firme que o do Lumia 800. Talvez por isso a Nokia optou por não colocar uma case protetora junto com o aparelho. Ele vem nu mesmo e sem vergonha de aparecer.

Interface, multimídia e sincronização

Nesse ponto do review eu citaria a interface do celular e como é a navegação dele. Porém, diferentemente de aparelhos que rodam Android, o Windows Phone tem uma interface bem consistente em todos os modelos e já falamos dela aqui várias vezes, no review do Omnia W, no do Lumia 710 e do Lumia 800 também. Você já sabe tudo sobre os blocos dinâmicos, o multitarefa e o botão de busca, então citá-los mais uma vez seria chover no molhado.

Interface do Lumia 900: você já viu isso antes | Clique para ampliar

Também não é necessário falar das capacidades multimídia do aparelho. É sabido que o Windows Phone tem tudo o que o Zune oferece. Nos aparelhos Lumia há também o aplicativo Nokia Música que também toca.. err.. músicas e mostra uma loja para quem quiser comprar mais alguma. O software de transferência de arquivos, Zune, continua tão pesado e lento que faz o iTunes parecer uma Ferrari. Para colocar um vídeo no aparelho é necessário esperar longos minutos e, se for converter então, mais ainda. De novo: você já sabia disso.

Vídeo no Lumia 900: rico em detalhes | Clique para ampliar

Apesar de tudo isso, acho que é importante citar que a tela é quase que perfeita para ver vídeos em alta definição, os níveis de detalhe são surpreendentes. Por sinal, qualquer experiência multimídia com o Lumia 900 é boa. Desde que você não coloque muitos arquivos nele (afinal de contas, são 16 GB de espaço apenas) e tenha fones melhores do que os oferecidos pela Nokia. Os alto-falantes também deixam a desejar.

Câmeras

Aqui há um novo repeteco: a mesma câmera usada no Lumia 800. À luz do dia ela consegue capturar boas fotos. Mas não espere milagres dessa lente. Mesmo sendo uma Carl Zeiss, à noite ela pode ser aquém do esperado. Se você conseguir pegar aquele intervalo entre a chegada da noite e o pôr-do-sol, a câmera se sai muito bem.

A diferença principal está na câmera frontal. Um megapixel de resolução que pode ser usado para videochamadas via Skype e Tango (o programa, não a versão do Windows Phone). Não é a melhor das qualidades, então você pode ficar tranquilo que o interlocutor das videochamadas não vai notar aquela espinha enorme na sua cara. Mas é bem melhor do que usar uma VGA.

Outro detalhe que é importante notar é que o Lumia 900 vem com estabilizador de imagem integrado na captura de vídeo, que pode ter até 720p de resolução. Essa estabilização não funciona de forma brusca, como o meu colega de trabalho Thássius bem demonstrou no vídeo abaixo.

(Vídeo no YouTube)

Conectividade e acessórios

O Lumia 900 também vem com suporte a redes HSPA+, então ele é compatível com o 3G mais rápido que algumas operadoras oferecem no Brasil, tem Bluetooth 2.1, Wi-Fi nos padrões 802.11b/g/n e pode servir como roteador de internet por Wi-Fi por meio da funcionalidade de hotspot. Se for ativada, prepare-se para ver a bateria drenar. Tudo isso também pode ser dito do Lumia 800.

Falando de acessórios, o aparelho vem com um fone de ouvido que não é dos melhores para encaixar, e como já disse antes, deixa a desejar em qualidade de áudio. Nas ligações o microfone dele se saiu bem e o áudio do interlocutor estava bem nítido. Por algum motivo ele falha apenas em arquivos de mídia.

Aplicativos

Como o Skype ainda está em beta e a Nokia tem que justificar a presença de uma câmera frontal, embutido no Lumia 900 vem o aplicativo Tango, que serve para fazer videochamadas. Um cadastro simples e pronto, ele está funcionando. Para quem prefere se arriscar, sempre é possível baixar a versão de testes do Skype pelo Marketplace.

Nokia Mapas: ele nem sempre sabe a melhor rota | Clique para ampliar

Eu imagino que o Nokia Dirigir vai ser muito útil para aqueles que têm carro, já que ele parece funcionar exatamente como um aparelho de GPS normal (depois que você baixa os 150 MB necessários para isso). Mas como dependente do transporte público, o Nokia Mapas já estava de bom tamanho. Algumas vezes ele mostrou um caminho mais longo do que o normal, mas acertou na maior parte do tempo.

Comparando: Lumia 900 vs. Lumia 800

Para quem precisa de uma consulta rápida do que o Lumia 800 e Lumia 900 oferecem, imprima o infográfico abaixo e leve na próxima visita à loja da sua operadora.

Bateria

Um celular maior, uma bateria maior. Ou ao menos é o que pensei que fosse. O Lumia 900 pode decepcionar qualquer um que usa conectividade 3G constantemente, mas quem só quer um celular para acesso esporádico à web não deve ter problemas com a bateria. Em uso intenso (navegador via 3G e Wi-Fi e reprodução de vídeos no Netflix durante 1 hora) a bateria durou 5 horas. Em uso moderado, sem muita navegação mas com uso de aplicativos como o Twitter, Facebook e playback de 30 minutos de vídeos no Netflix, ela durou seis horas e 30 minutos.

Uma coisa que notei que influenciou bastante a vida de bateria foi a quantidade de apps instaladas e que usavam algum recurso de notificação ou blocos dinâmicos. Nos primeiros dias, em que usava apenas o aplicativo do Twitter e WhatsApp, a bateria foi basicamente drenando como um balde cheio d’água e com um buraco no fundo. Desativei as notificações em ambos e a autonomia voltou a ser minimamente decente.

Então por mais que meus testes de bateria mostrem um resultado, o Lumia 900 tem uma variação na vida de bateria bem grande, já que a mudança de apenas alguns itens podem interferir tanto no comportamento do celular. Sua bateria de 1800 mAh deve ser o bastante para a maioria das pessoas, mas um heavy user vai precisar constantemente procurar por uma tomada.

Especificações técnicas

  • Processador de 1,4 GHz;
  • 512 MB de RAM
  • Tela de 4,3 polegadas com 480×800 pixels;
  • HDSPA (3G), Edge, GPRS, WiFi 802.11b/g/n, Bluetooth 2.1;
  • GPS e GLONASS;
  • Câmera de 8 MP;
  • 16 GB de armazenamento.

Pontos negativos

  • Sem suporte a microSD;
  • Câmera não muito boa para fotos;
  • Não será atualizado para WP8.

Pontos positivos

  • Tela grande e com bom contraste;
  • Suporte a 3G+;
  • Câmera boa para vídeos;
  • Pegada firme.

Conclusão

Para comprar um Lumia 900, que é vendido por R$ 1,8 mil, você precisa ignorar dois fatos: existem outros smartphones com melhor custo-benefício no mercado e ele não será atualizado para a última versão do Windows Phone. Esse aparelho oferece o que o Lumia 800 já tem em grande parte, incluindo câmera, processador e a conhecida interface do Windows Phone. Então pra quem quer apenas um celular inteligente com o sistema, o Lumia 800 está de bom tamanho.

Mas há um conjunto de pessoas que pode gostar do Lumia 900: quem quer experimentar o Windows Phone numa tela grande e faz muita, muita questão de ter um celular com câmera frontal para videochamadas. Esses são os dois principais trunfos do aparelho e a meu ver não são lá tão vantajosos assim. Ele chega basicamente para preencher a lacuna deixada pelo HTC Ultimate, já que a HTC decidiu que o Brasil não merecia sua presença.

Lumia 900: grande até no preço | Clique para ampliar

Para alguns, a certeza de que o Lumia 900 não vai receber o Windows Phone 8 é uma grande desvantagem, e claro, ele vai ser atualizado para o 7.8, mas as melhores funcionalidades do sistema vão ficar de fora. Para outros, o conjunto de hardware e software que o Lumia 900 oferece é bom o bastante para valer a compra. Mas não posso deixar de bater na tecla de novo: se você não faz questão da tela grande, vá de Lumia 800 mesmo.

O que eu basicamente estou dizendo é que o Lumia 900 tem boas funções para um smartphone, mas frente ao que temos no mercado atualmente, ele não vale os R$ 1,8 mil que custa.

Infográfico por Marcel Müller.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Raphael Giannotti
Lumia 800 acha hoje por 800 reais e o 900 por 1.100 reais. Aonde? Kabum! Estou esperando meu 800 chegar, super ansioso.
Luandersonn
Caro com certeza, mas se for gastar 1000 reais em um aparelho, seria boa escolha. 450 reais num S2 Lite? Esse aparelho é realmente bom ou é um dos Galaxys da vida que trava? Tem que ver isso ai, qual o preço original dele?
Bitstorm
E ainda é caro... por R$999 dá para levar um Galaxy S2 Lite... R$ 429 estava bem pago no Lumia800.
@anderson_xn
Sou um cara que curto muito tudo que é da Microsoft. Mas o Lumia anda mais caro do que deveria ser. O aparelho é bom, bonito, mas por esse preço deveria ser muuuuito melhor.
Bitstorm
"WP High-End"??? Não, isto é um Gol Bola básico com um adesivo Ferrari no páralamas... ¬¬
Bitstorm
Esta até eu respondo... aí vai meu review: "Se um vendedor tentar lhe empurrar um Lumia900 apenas sorria gentilmente, pegue uma caixa do Galaxy S3 e dirija-se ao caixa."
Tiago de Souza
Nokia + Gorilla Glass = nem Chuck Norris quebra esse, kkkkkk
Ray
Meu amigo, apenas ver vídeos e ler muitos reviews não o qualifica a achar que apenas sua opinião é a que prevalece. O review foi muito bem escrito e com certeza tiraria qualquer dúvida que uma pessoa leiga pudesse ter. Favor comprar o aparelho e fazer um review mais apropriado se você acha que esse não foi bom, dessa forma terá base para evitar de falar asneiras.
Arthur Amorim
A performance do SO é igual em todos aparelhos, do Lumia 610 ao Lumia 900. O que difere mesmo é o hardware. Uma camera boa, um processador mais potente, mais memoria RAM. Mas dos WP mid-end para os high-end a diferença é minima mesmo! Ai vai mais o que a pessoa está procurando numa aparelho. Eu gosto muito de tirar fotos e uma tela maior me atraía, então escolhi comprar o HTC Ultimate ano passado, agora estou esperando os WP8.
henrique
por 1800 eu compro um galaxy s3 , declarado o melhor smarthphone do mundo !! aff windows phone e este visual monocromatico !! nada a ver !!
eduardo
entre o nokia 800 e o 900 prefiro um android ,, além de ser mais barato , eu posso trocar o papel de parede dele ,,, no windows phone nem isso eu posso !
@TatoGomes
O Omnia W custa 1/3 disso e aposto que o desempenho dele não difere tanto assim do Lumia 900.
@LBKatan
Pena que esses "alguns dias" podem não ser para nós brasileiros. Pode ser que eu me surpreenda, mas acho que vai demorar um pouco pra chegar um Win8phone por aqui..
@LBKatan
Eu também penso mais ou menos assim. "high end" é aparelho mais caro. Pra mim o "end" se refere a "consumidor final". Pode haver mid end por aí melhor que alguns hi end. Pelo menos é assim que leio os "ends".
Lucas Herrera
Eu não mexi, mas um amigo meu tem Xperia S e achou a construção do aparelho um lixo, fora que as telas dos aparelhos da Sony são famosas por trincarem facilmente. A maior qualidade dos aparelhos da Sony é o design mesmo.
Exibir mais comentários