Início » Telecomunicações » Claro começa a testar 4G em cidades brasileiras

Claro começa a testar 4G em cidades brasileiras

Por
7 anos atrás

A Claro disparou um comunicado hoje informando que iniciou suas operações 4G no Brasil. Neste período inicial, chamado de “circuito de experiências”, usuários de três cidades brasileiras poderão testar a velocidade da nova rede nas lojas da operadora: Campos do Jordão (SP), Búzios e Parati (RJ).

No anúncio, o presidente da Claro, Carlos Zenteno, afirma que a operadora deseja que os clientes “tenham acesso ao 4G em primeira-mão, para testar os serviços como streaming de vídeo, videochats entre cidades e outras facilidades que uma rede de alta velocidade pode oferecer”. A operadora ainda não informou qual a velocidade que sua rede 4G pode atingir, mas cita que a tecnologia suporta velocidades nominais de até 100 Mbps.

4G LTE pode chegar a 100 Mbps — clique para ver o infográfico especial

Por ser uma tecnologia recente no país, é normal que os aparelhos vendidos atualmente ainda não tenham suporte ao 4G, que deve operar inicialmente na faixa dos 2.500 MHz. A Claro, que diz ser a primeira operadora a utilizar a tecnologia no Brasil, está trabalhando com a Huawei e a Motorola para fornecer modems e smartphones compatíveis com o padrão brasileiro.

Se você não mora numa das três cidades escolhidas pela Claro, terá que esperar um pouco. Nas cidades-sede da Copa das Confederações (Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador), a cobertura 4G deve estar disponível até abril de 2013. Em dezembro de 2013, as cidades-sede da Copa do Mundo de 2014 (Cuiabá, Manaus, Natal, Porto Alegre e São Paulo) também devem contar com a nova rede. Até 2017, o 4G deverá estar disponível em todas as cidades com mais de 30 mil habitantes.

Segundo a agência de notícias Reuters, as redes 4G ainda não podem ser utilizadas comercialmente, já que é necessária uma formalização com o governo. Além disso, a escolha das três cidades iniciais foi influenciada pela grande concentração de turistas. Dessa forma, clientes de outras cidades também poderiam experimentar o 4G da Claro.

Mais sobre: , ,