Os carros chineses são conhecidos por seu preço camarada e por geralmente chegarem recheados de opcionais. Pelo mesmo preço de um modelo pelado, é possível levar para casa um chinês equipado com uma série de mimos, como ar-condicionado, direção assistida, airbags, ABS e, num futuro menos distante que você imagina, controle remoto.

A fabricante chinesa BYD mostrou no começo dessa semana a nova geração de seu sedã intermediário F3, que tem a honra de ser o primeiro automóvel da história a ter um sistema de controle remoto como acessório de fábrica. Desenvolvido para ser usado em manobras de estacionamento, o controle só funciona quando o condutor (ou seria “controlador”?) está a até 10 metros de distância. Neste modo de funcionamento, o carro tem sua velocidade máxima limitada a 2 km/h.


(Vídeo do YouTube)

De resto, o novo BYD F3 é um automóvel como qualquer outro, com duas opções de motor 1.5 que podem desenvolver 109 cv (aspirado) e 154 cv (turbo). O controle remoto é opcional no modelo de motor aspirado e item de série na versão turbo.

Aos que gostaram da novidade, uma boa notícia: a marca BYD ensaia sua entrada no mercado de automóveis brasileiro há algum tempo, e estreou no segmento de ônibus em junho com um modelo que troca os tradicionais motores diesel por elétricos. Dá pra ver que esses chineses são chegados em uma novidade.

Con informaciones: Autoblog.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Luiz Crivelli
vc já ouviu falar em ar condicionado ?
John
Eu não lembro onde vi um vídeo mostrando um crash test de 4 veículos, um Lexus, um Siena (sim, o nosso) e um chinês, o quarto eu não lembro. Claro que não dá pra generalizar, mas lembro que até o Siena se saiu melhor que o chinês, que se dobrou feito uma folha de papel e mataria na hora o motorista, sendo que o airbag não ajudaria em nada.
João
Olha, você tem diversos pontos válidos aí. Não sei nada quando às peças de reposição ou adaptação dos veículos para as ruas nacionais. Mas em questão à segurança, os dados do LatinNCAP mostram que os carros nacionais populares não são mais seguros que os modelos chineses, muito pelo contrário. Creio que o grande problema dos chineses seja o pós venda, e não o produto.
@AntonioVeras
Ok. Lindo, barato e completo. Só faça o favor de não bater. E também evite que outros batão no seu lindo carro chinês. Ah, não, não. Eu não odeio carro chineses. Até acho bonitinhos. Mas não são feitos para nossas estradas e não há peças de reposição. O barato é ver uma lona maior que o nosso escritório informando que eles não têm problemas com peças, numa concessionária.
Marcio Neves Machado
Legal é que o carro do vídeo deixou uma linda trilha de óleo traçando o seu caminho :D
@car_alves
Sou mais a BMW do James Bond controlado por um celular Ericsson. . http://www.youtube.com/watch?v=meY1R43fJIQ
Rodrigo Reis
Tomara que aquele "gotejamento" seja do Ar condicionado e não que o carro ja esteja vazando oleo :p
João
E assim eu realizo meu velho sonho de escrever o crédito da fonte do post em portunhol. Obrigado, obrigado. Amo vocês.