Início » Aplicativos e Software » Como trazer o menu Iniciar clássico de volta ao Windows 8

Como trazer o menu Iniciar clássico de volta ao Windows 8

Classic Shell permite escolher entre visual do XP, Vista ou Windows 7

Paulo HigaPor

Uma coisa do Windows 8 que não agradou foi a remoção do menu Iniciar. Nas versões de teste era possível restaurar o menu com uma alteração no registro. Entretanto, a Microsoft removeu o código do menu Iniciar original na versão final, impedindo que esses truques continuassem funcionando. Qual a solução para quem não conseguiu se adaptar à nova tela Iniciar no Windows 8? Uma boa dica é instalar o Classic Shell.

Windows 8 com menu Iniciar

O Classic Shell é um aplicativo de código aberto criado para trazer de volta recursos que foram removidos do Windows, incluindo o menu Iniciar. Ele não é novo: a primeira versão, ainda para uso particular, foi lançada em 2008 e servia para modificar a janela de cópia de arquivos do Windows Vista. O download pode ser feito no site oficial.

A instalação do Classic Shell é simples, mas exige uma pequena atenção. Como ele não serve somente para voltar com o menu Iniciar no Windows 8, o assistente também incluirá um recurso para alterar a aparência do Windows Explorer e do Internet Explorer. Se você não quiser instalar essas modificações, selecione apenas o Classic Start Menu e o Classic Shell Update — esse último procura por atualizações do Classic Shell periodicamente.

Você não precisa instalar as modificações para o Windows Explorer e o Internet Explorer

Logo após o término da instalação, o menu Iniciar aparecerá no canto inferior esquerdo da tela e a janela de configurações do Classic Start Menu será exibida. São três estilos pré-instalados. O padrão é o Windows Classic, que imita o menu do Windows 98, mas você pode optar pelo menu do Windows 7 com um só clique.

O aplicativo possui várias opções de personalização, que podem ser acessadas ao selecionar o item All Settings na tela inicial. É possível alterar o tamanho da fonte dos menus, modificar o comportamento da caixa de busca, alterar a aparência do menu e optar por pular a tela Iniciar após a inicialização do Windows 8, opção que está ativada por padrão. Navegue pelas opções, deixe o menu de acordo com o seu gosto e utilize a nova versão do Windows como antigamente.

Assistente de configuração do Classic Start Menu

A remoção do menu Iniciar é um fator que deve impedir muitas migrações para o Windows 8. A Samsung, inclusive, modificou sua instalação para incluir um menu Iniciar semelhante ao do Windows 7. Mas eu, pessoalmente, vejo a tela Iniciar apenas como um menu Iniciar mais completo, que possui a capacidade de mostrar informações úteis dinamicamente e exibe os programas instalados no sistema de uma forma diferente. A adaptação é só uma questão de tempo. Se você não usava o menu do Windows 98 no Windows XP, então não deverá ter problemas ao usar a tela Iniciar no Windows 8.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Ricardo Vieira

Ontem instalei o Windows 8.1 x86 no pc da minha sogra com Pentium 4 631, 1,5 gbram e está rodando liso. Menos ódio com esse sistema kkk! Estive usando o Win10 e pelo fato de ser imcompativel com meu trabalho de edicao de video no pinnacle 16 voltei para o 8.1 tb. Já o Vegas 15 e Premiere CC funcionam normal no 7, 8 e 10.

Paulo Henrique Perfoncio
Pessoal coloquei um botão na área de trabalho para desligar o Windows 8, quem quiser acessar o vídeo, fiquem a vontade: https://www.youtube.com/watch?v=vhPJJLKf-uA&t=2s
kele cristina fonseca
Amei, resolveu o que precisava para mim. Obrigada!! Excelente dia a todos.
Rodrigo
Cazzo... kkkkkkkkkkkkk
Brando Costa Marinho
Reclamaram do Windows vista, 7, 8.1 e do 10. As mudanças são boas, o problema é que nem todos tem bom gosto
Brando Costa Marinho
Então usa o Chrome OS e pare de reclamar.
Brando Costa Marinho
Fizeram o windows vista, reclamaram.
L D LIMA S/Steph
Adorei a dica,já baixei o programa e funcionou legal, eu usava o windows 7 , como tive que formatar,resolvi me atualizar um pouquinho e instalar o 8;resultado:nem eu e nem meu pc nos adaptamos com ele.
Luciano de Almeida Peruci
Isso: se você pede carne no restaurante e eles põem uma sola se sapato no lugar, você COME e se for ruim, você reclama por mudanças, tipo SOLA com sabor de churrasco... Continua comendo até que um dia o restaurante perceba que tem de servir carne, mesmo. Boa, sua teoria. ¬¬ Você não leu que nos comentários as pessoas QUE USARAM o sistema é que estão reclamando? Que NÃO se trata de ter visto e não gostado. Pelamor, meu filho, se concentra XD
Luciano de Almeida Peruci
Então, você pode ser um monte de coisa em termos de informática, mas então porque não argumentou dentro DESSE assunto, já que é "tão" versado nele? Pois seu NÃO ARGUMENTO concluindo sua escrita serve pra nada, não. E quanto a "boca fechada", cara, cai na real... quem você pensa que é? Só demonstrou grosseria. Vamos conversar direito, dá pra ser?
Luciano de Almeida Peruci
É isso mesmo, Claudiomar! Tive a mesma impressão, embora eu fique às vezes receoso de ser tão dirto quanto você foi... Procuro analisar mais devagar, com mais tempo para me dar a chance de ter uma segunda impressão. Infelizmente terei de me contentar com essa TEIMOSIA da MS por conta, por exemplo, do DX12, fim do suporte ao Win7, etc. Certamente baixarei algum Transformation Pack downgrade se estiver disponível ;-) Quem sabe vendas aquem do esperado ainda façam algumas trocas de cadeira na MS e ela reencontre o caminho de inovação empolgante que percorreu em tempos idos?
Luciano de Almeida Peruci
Ok, você pensaria mesmo que a MS lançaria um sistema menos adaptado - em questão de tecnologias disponíveis e drivers - para o mundo atual? Quando ela ou qualquer outra empresa saudavel fez isso? Msa exceto pelo óbvio, o sistema é ruim, pois á menos intuitivo, mais confuso e, diferente do que você disse, as críticas do XP foram menores, bem menosres daquelas que o Windows 95 recebeu. Acho que você se equivocou ou não entendeu algo: o Windows XP teve muito rapidamente seus problemas resolvidos e eram problemas de ordem de REQUERIMENTO DE HARDWARE, principalmente e alguns ajustes necessários ao novo sistema de proteção (SEGURANÇA) ja que à época era a bola da vez. Já com o Windows 95, que era 32 bits, foi uma divisão de águas contra os 16 bits e teve realmente incompatibilidades de hw, falta de drivers que em muitos casos jamsi foram resolvidas; Trouxe o Plug'n Play como outra das novidades, enfim, foi uma mudança mais drástica. Se acostumar com algo MELHOR é fácil e compreendo que era isso que TODOS nós queríamos. Ou você pensa que eu torcia contra? Sempre fui aficcionado pelos lançamentos... Quem, que curte informática, não o é? Acontece que é preciso massa crítica e não seguir cegamente o novo só porque é novo. O novo DEVE ser melhor, mas nem sempre o é. Esse é o fardo que o moribundo Windows 8 tem de lidar. Pena que não entenda. Com o Win10 a Microsoft AINDA teima em implantar a sua nova visão mas teve de voltar alguns passos atrás. Achei bem feito, pois sou maduro para criticar uma ideia RUIM mesmo de quem eu sempre admirei.
Luciano de Almeida Peruci
Bem, eu não tenho, desde 2007 2g de ram no meu pc. Desde aquela época ja possuia 6gb de ram entao nao entendi a defesa dos 2Gb de ram para alguém que compra um PC com Windows em 2013, pois certamente, nem notebook vende mais com 2 Gb ram. Desnecessária esta suposta vantagem... Ainda mais porque você pode economizar RAM desativando recursos visuais do Win 7 e terá esse efeito chapado que eu poderia supor que você defende como evoluído. O windows 7 é no mínimo tão bom quanto o "motor" do Win8, só que menos arrogante, mais intuitivo. O windows 8 deveria superar o windows 7 e NÃO O FEZ. Então, sequer é uma evolução. Sinto muito.
Luciano de Almeida Peruci
Bem, você conheceu o 95? Pois bem, eu também... Comprei os disquetes (sim, disketes) no dia fatídico de 31 de Agosto, - se não me enganei na data). Conheci muito bem também o Windows 3.1, um pouco o 3.11, então, talvez eu tenha visto até bem mais telas de Windows que você... Mas isso não é uma disputa de quem é mais velho usuário de Windows, pois isso nem é garantia de entender um sistema que, na verdade, só manteve unidade (windows) no nome, já que , de fato, são SISTEMAS - plural, mesmo - que a gente viu nascer. O Windows nem de longe é uma perfeição! E quanto a sua opinião pessoal a respeito do Win7 - que você mesmo assumiu não ter usado e assim mesmo disse não ter gostado por conta das "9 horas", bem... não entendi... Eu usei o Windows 8 e posso dizer que ele nem é prático, mas mais que dizer, tenho argumentos (já que opinião pessoal, aproveitando o gancho, só serve para a própria pessoa; E se estamos aqui comentando, não é por ego, acredito, mas para compartilhar impressões calcadas em um mínimo de discernimento e considerações argumentadas) A lógica da MS, caso você realmente tenha sido um bom observador e LEITOR das suas próprias "falas" foi de facilitar o uso do computador pra todo mundo. Bill Gates, então presidente da empresa, disse décadas atrás que haveria de ter "um pc em cada mesa de trabalho". Intuitividade foi o "chavão" que permeou tanto o marketingo quanto as ações concretas, versão após versão do Windows. Queria imprimir um documento? 1. Arraste e solte sobre o ícone da impressora do desktop, ou 2.dê Ctrl+P, ou 3. ALT+A+I ou ainda 4. clique na impressora na barra do aplicativo... Qual fosse sua forma (mais experiente ou menos; fosse qual fosse seu costume, os ícones distintos, "bonitos", estavam lá e intuitivamente você acaba usando o sistema. Quando comprei meu primeiro PC, um 486SX com 2mb de ram e 85Mb de HD (era o top do mês), veio com DOIS manuais de quase 500 páginas CADA, one aprendi muito e sozinho algumas formas de lidar com o sistema. Com o Windows 95, a surpresa: um manualzinho com 60 páginas aproximadamente: não era preciso, apostava a MS, pensar em tanta dor de cabeça. Sim, o Windows se desenvolveu até se dar ao luxo de apresentar aquilo que você chama de "ser cheio de 9 horas", o que eu discordo, pois considero a apresentação agradável das transparências e do efeito 3D. Contudo, o Windows 7 está longe de ser isso: é um sistema robusto, estável e mantém a busca pela intuitividade que só o Windows 8 e seus sucessores quebraram em nome de uma aposta em "smartphonizar" seu sistema (permita-me o neologismo). O sistema ficou mais arrogante, pressupondo que todo mundo usa e adora ver em qualquer lugar, até numa tela de 24 polegadas, uma grande tela de smartphone; Que todos temos telas sensíveis ao toque - onde estão elas, por falar nisso? Ninguém mais toca no assunto. A MS, enfim, percebeu o ERRO que foi o Windows 8, motivada, obviamente pela negação que a comunicade demontrou. Não é preciso defender o Windows 8, pois ele é pior mas respeito a vontade de usá-lo, pois não somos todos iguais. Você apenas não está com a maioria, pode não ter verdeiros argumentos, mas nem por isso tenho como meta ou insinuaria deixar se usar algo para o qual a adaptação ocorreu sem problemas. Veja, eu sou canhoto e mesmo que alguns mouses não sejam perfeitamente adaptados ou feitos ambidestros, não vou dizer que um mouse de destro é pior, pois isso não seria um argumento racional, apenas uma pinião focada na minha visão pessoal.
Vander Cortes
É isso mesmo, é como o cara que disse que usa pc há 16 anos e fala um monte de asneiras, eu uso tem mais de 20, estudei uns 5 anos ou mais, entre cursos, técnicos manut. de hard/software e um pouco de DOS MS-DOS no caso, fui professor por mais uns 3 anos e não me acho o dono da vdd, o sistema é bom pra quem precisa dele e sabe utilizar pro seu propósito, se não gosta, não se adaptou ou não serve pro que a pessoa precisa é só não utilizar e ficar com a boca fechada.
Exibir mais comentários