Início » Computador » Nvidia lança GeForce GTX 660 e GTX 650

Nvidia lança GeForce GTX 660 e GTX 650

Novas placas de vídeo chegam por R$ 859 e R$ 589 no Brasil.

Paulo Higa Por

A Nvidia lançou hoje duas novas GPUs para completar a família Kepler: a intermediária GeForce GTX 660 e a GeForce GTX 650 de entrada. As principais fabricantes de placas de vídeo, incluindo Asus, EVGA, Gigabyte, MSI, Point of View e Zotac já lançaram seus produtos baseados nas novas GPUs, que devem chegar ao mercado para suprir a demanda de gamers menos exigentes.

GeForce GTX 660

GeForce GTX 660: pronta para os jogos mais novos

Não se confunda: GeForce GTX 660 é diferente da GeForce GTX 660 Ti que comentamos em agosto. Enquanto a GTX 660 Ti começou a ser vendida por US$ 299 (R$ 1.499 no Brasil), a GTX 660 será posicionada numa faixa de preço menor, de US$ 229 — e consequentemente terá desempenho menor.

Numa placa de vídeo de referência, a GeForce GTX 660 possui 1344 núcleos CUDA rodando a 980 MHz e 2 GB de memória GDDR5 com velocidade de 6 Gbps. Segundo a Nvidia, a GTX 660 roda praticamente todos os jogos DirectX 11 com qualidade alta e resolução de 1920×1080 pixels; nos benchmarks, o chip conseguiu manter uma média de 40 fps nos jogos mais pesados.

O AnandTech testou a GTX 660 e a disputa com a Radeon HD 7870 foi acirrada. Em Dirt 3 com os gráficos no máximo e resolução de 1920×1200 pixels, a GTX 660 conseguiu 90,3 fps, enquanto a HD 7870 bateu 104,4 fps. O contrário aconteceu em StarCraft II: foram 96,5 fps da Nvidia contra 72,2 fps da AMD. Em Total War: Shogun 2, praticamente não houve diferença.

O TechSpot diz que a GTX 660 possui um preço 23% menor que a GTX 660 Ti, mas o desempenho é apenas 14% pior ao rodar jogos em 1920×1200 pixels. A GTX 660 ainda é 11% mais barata que a Radeon HD 7870 e 5% mais lenta. Eles citam como positivo a baixa temperatura e o bom custo-benefício.

GeForce GTX 650

GeForce GTX 650 é uma placa de vídeo básica

Se você não é tão exigente e quer brincar um pouco, a GeForce GTX 650 pode ser uma ótima opção: custando apenas US$ 109 no mercado americano, a placa de referência tem 1 GB de memória GDDR5 de 5 Gbps e 384 núcleos CUDA de 1.058 MHz. E, apesar de ser uma GPU de entrada, a Nvidia fez questão de esclarecer que isso não é ruim: ela possui 812 gigaflops de capacidade de processamento, o triplo da GPU Xenos do Xbox 360.

De acordo com a Nvidia, o consumidor que compraria uma placa de vídeo como a GTX 650 faz upgrades em média a cada quatro anos. Isso significa que o usuário deve possuir hoje uma GeForce 9500 GT, que foi originalmente desenvolvida para rodar os jogos da época em 1280×1024 pixels — hoje o mais comum é utilizar 1080p. Nos testes, sem muita surpresa, a GTX 650 humilhou a 9500 GT, oferecendo oito vezes o desempenho da irmã antiga.

Preços no Brasil

Nos EUA, tanto a GTX 660 quanto a GTX 650 são opções interessantes e custam respectivamente US$ 229 e US$ 109.

E no Brasil? Em contato com a assessoria, descobrimos que os preços sugeridos são de R$ 859 para a GTX 660 e R$ 589 para a GTX 650. A Zotac ainda deve vender versões com overclock de fábrica, por R$ 899 (GTX 660 AMP! Edition) e R$ 699 (GTX 650 AMP! Edition) São valores salgados, mas eles devem cair com o tempo — a GTX 660 Ti, que foi anunciada por absurdos R$ 1.499, já pode ser encontrada por R$ 1.050.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Ramon Melo
Quem não tem dinheiro para gastar, não pode exigir. Essa é a lógica. Não fui eu quem inventei isso, só para constar.
Denis Belo
Quando* OFF: que falta faz o botão edit....
Denis Belo
Eu ainda estou com a minha HD5770 XFX, tá rodando tudo ainda, sem problemas, embora tenha que diminuir a qualidade em alguns jogos. Quanto os preços derem uma baixada, vejo se compensa passar pra uma da série HD7000.
Denis Belo
Hahahahaha, melhor definição do retailers!!
Anderson Moro
"De acordo com a Nvidia, o consumidor que compraria uma placa de vídeo como a GTX 650 faz upgrades em média a cada quatro anos. Isso significa que o usuário deve possuir hoje uma GeForce 9500 GT, que foi originalmente desenvolvida para rodar os jogos da época em 1280×1024 pixels — hoje o mais comum é utilizar 1080p. Nos testes, sem muita surpresa, a GTX 650 humilhou a 9500 GT, oferecendo oito vezes o desempenho da irmã antiga." Discordo totalmente só uma pessoa muito burra continuaria com uma geforce 9500, qualquer pessoa inteligente estaria usando no minimo uma geforce 8800. Poderia citar a fonte original?
YanGM
Você quis dizer: Gamers menos afortunados?
Henrique Pinheiro
Eu achei normal. Só no ML que dá pra comprar GPU e CPU. As retailers oficiais metem a faca no seu peito, arrancam seu coração, e assam na brasa pra comer com molho barbecue.
Denis Belo
Só eu achei um absurdo uma placa de US$300 custar R$1499 no Brasil?
Alexandre Cinci
Nao achei o posiconamento de preço absurdo...
Tayler Padilha
To vendo que ainda não vale a pena trocar a minha HD6870, os preços não estão em conta. Uma HD7770 (que teoricamente tem o mesmo poder gráfico da HD6870) por muitas vezes acaba tendo pior desempenho e a faixa de preço é a mesma.
Ramon Melo
;)
Paulo Higa
Ok, ok. :-P Editado.
Diego Rocha
+1
Junior Silva
eu também Ramom.. kkkkkkkk em tempos de GTX 690 uma 660 é casual kkk
Marco Aurelio
O quanto de entrada é essa GTX 650?? Tenho uma GTS 250 e ela roda quase que qualquer jogo ainda, embora não mais com tudo no máximo.
Exibir mais comentários