Início » Gadgets » Acer cancela lançamento de smartphone após suposta ameaça do Google

Acer cancela lançamento de smartphone após suposta ameaça do Google

Aparelho rodava sistema operacional concorrente do Android.

Avatar Por

A taiwanesa Acer, que tinha planos de anunciar nesta quinta-feira um novo smartphone equipado com um sistema operacional desenvolvido pela empresa chinesa Alibaba, comunicou que cancelou temporariamente seus planos depois que o Google se revelou “incomodado” a respeito do novo aparelho.

Acer e Alibaba trabalharam juntas no desenvolvimento do CloudMobile A800, primeiro aparelho equipado com o Aliyun, sistema operacional que, assim como o Android, é baseado no Linux e tem seu código aberto. “O Google disse à Acer que se o novo produto com o Aliyun fosse para frente, terminaria a cooperação técnica da Acer com o Android”, disse um representante do Alibaba à rede de notícias Reuters, em seguida completando que “lamenta” a postura do gigante da web.

O CloudMobile A800 seria apresentado na China, onde também se concentraria a maioria esmagadora de suas vendas. A Acer produz dispositivos Android desde 2009, e atualmente conta com uma família de produtos composta por smartphones e tablets.

“A Acer continuará conversações com o Google e ainda tem interesse em lançar o telefone com o software do Alibaba”, disse um representante da Acer ao Dow Jones. Até o momento o Google não deu nenhuma declaração sobre o assunto.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Luandersonn
O Android está ganhando mercado na China graças ao baixo custo, imagine algo mais barato ainda? Acho que deve ser isso.
Ramon Melo
É possível, mas não acredito muito nessa hipótese, não. A Acer não é uma empresa tão pequena e regional assim, é uma das maiores fabricantes de PCs do mundo. Além disso, a Acer tem histórico de mimimi. Lembra dela reclamando do Surface?
shimatai
Alibaba é um dos maiores sites de trading do mundo. Se você acha o DealExtreme barato, você encontra no Alibaba por 1/3 do preço. Inclusive o DealExtreme compra a maioria dos coisas de fornecedores no Alibaba.
shimatai
Eita pessoal desinformado. Alibaba é um dos maiores sites de trading do mundo. Se você acha o DealExtreme barato, você encontra no Alibaba por 1/3 do preço. Inclusive o DealExtreme compra a maioria dos coisas de fornecedores no Alibaba.
Gabriel
Será que não é uma questão de impacto? Se a briga ocorresse com a Microsoft, seria noticiado em tudo que é lugar e geraria atrito com propaganda negativa para o lado do Google.
Luiz Carlos
Não é proibir, é deixar a cooperação tecnica. Ela deixaria de receber o codigo fonte antes de ser liberado pra todo mundo. Pelo que eu entendo, qualquer pessoa pode usar o sistema Android pra equipar seus produtos, porem algumas empresas apenas, com autorização do Google, recebem certificados para usar os produtos do Google no Android (Play, Maps, Gmail, Talk, etc).
Felipe Zorzo
Mas parece que o Aliyun não é baseado no Android.
http://www.techinasia.com/aliyun-acer-phone-launch/ Going hands-on with new Acer CloudMobile A800 and the Aliyun 2.0 sofware – which is not based on Android, but can run Android apps and games
Deve ser algo parecido com o que a RIM fez (ou falou que que ia fazer) com o Playbook: não é Android, mas consegue rodar aplicativos feitos para Android.
Bruno BS Cabral
Neste caso não pois os sistema que a Samsung tinham são antigos e depois adotaram o Android. E os novos sistemas que a Samsung está usando sem ser o Android é uma vertente do Bada. Mas concordoq ue não acho muito certo da Google proibir já que o Android é de código aberto mesmo.
Ramon Melo
Eu não acredito. Se a Google ignorou o Windows Phone, que talvez houvesse representado alguma ameaça à soberania do Android, não há por que dar atenção a esse SO chinês obscuro. Está me cheirando a violação de patentes, isso sim.
fac_713198649
Positivo.
Gabriel
Eu estou com preguiça de pesquisar direito, mas essa informação da Wikipedia corrobora minhas suspeitas: "The OS itself is a binary-compatible Android clone. An App Store was launched with the Aliyun OS that contains downloadable Android APK_(file_format) files." Eu queria questionar isso mesmo, faz todo sentido eles se basearem no Android inteiro ao invés de partir apenas do Linux. Muitos SOs abertos utilizam o Linux por motivos óbvios, é bem plausível que utilizem o kernel otimizado, drivers e APIs do Android.
João Nunes
Mas a Samsung é parceira do Google e da Microsoft e ainda fabrica o seus próprios sistemas.Acer e Samsung não estão no mesmo barco?
petterrafael
O caso da Intel com a AMD é diferente, já eram produtos consolidados no mercado e notoriamente rivais e diferentes, não eram cópias baratas um dos outros. Neste caso, chineses que são conhecidos pela habilidade de clonar tudo o que tocam, estão tentando utilizar o core do Linux para simular o funcionamento do Android e colocar a cara do iOS, ou seja, uma salada mista.
petterrafael
Serão vendidos somente em Brasilia.
petterrafael
Nem tanto, acho que ninguém que desenvolve software iria gostar que um de seus parceiros de hardware, que colabora com você a mais de 3 anos e conhece vários segredos técnicos do seu sistema se aliasse a outra empresa de software que estivesse tentando lançar um concorrente com o seu produto baseado no mesmo core. É tudo uma questão de proteger o próprio filho.
Exibir mais comentários