Início » Celular » Samsung inicia produção em massa de memórias LPDDR3

Samsung inicia produção em massa de memórias LPDDR3

Paulo Higa Por

Smartphones e tablets mais rápidos estão chegando: a Samsung anunciou hoje que está começando a produção em massa de memórias do tipo LPDDR3. Os módulos são baseados no DDR3 que você provavelmente usa no seu PC, mas foram modificados para consumir menos energia e caber no espaço físico limitado dos aparelhos.

O primeiro módulo LPDDR3 a ser vendido pela Samsung será fabricado num processo de 30 nanômetros e terá capacidade de 2 GB. Assim, tablets e smartphones com essa quantidade de RAM serão cada vez mais comuns e devem melhorar o desempenho de sistemas com multitarefa real. A própria Samsung já anunciou o Galaxy Note 10.1 com 2 GB de RAM — ele será lançado oficialmente no Brasil no dia 27 de setembro, e nós estaremos no evento.

Segundo a Samsung, o LPDDR3 consegue transferir dados a 1.600 Mb/s por pino, uma velocidade aproximadamente 50% mais rápida que a atingida pelo LPDDR2. Considerando o conjunto de 2 GB, que é formado pela união de quatro chips de memória de 512 MB, a velocidade chega a 12,8 GB/s.

As memórias LPDDR3 serão utilizadas em gadgets com processadores mais poderosos, telas de alta definição e GPUs mais potentes. Elas permitem a execução em tempo real de vídeos em 1080p nos smartphones e tablets, sem necessidade de fazer download e sem perda de frames. Os primeiros dispositivos com a nova tecnologia devem chegar em 2013.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Caique Reis

Vim do futuro para dizer que não usamos mais as ligações, só o whatsapp, kkkk xD

VTR
Queria ser desempregado igual vc. Kkk
Max
e meu PC ainda com DDR2 :'(
Edmilson
Tenho Note Core i7, 8GB DDR3 1333, 750GB. Uso um Android P500 de entrada 600mhz (desemprego é uma merda), se continuar assim em 2014 troco meu notebook por um smart e fico com ainda mais potencia.
Tayler Padilha
Nossa, 12,8 GB/s num dispositivo móvel, agora eu fiquei com medo. Tá na hora d'eu meter 16GB de RAM no meu desktop, senão logo ele estará ultrapassado de novo.
Max
Contanto que caiba no bolso. Tranquilo :D
EDI LOPES
Em 2013 não serao Smartphones, serao computadores que fazem ligacao