Início » Brasil » Foi viajar e seus créditos sumiram? Entenda o porquê.

Foi viajar e seus créditos sumiram? Entenda o porquê.

Avatar Por

O Mobilon sempre diz que Mirian e créditos no celular são duas coisas que não combinam. Confere. Nem eu mesma imagino mais. Já ele, recarrega o bicho aleatoriamente, geralmente em caso de necessidade maior.
Ir ao Rio de Janeiro por conta do Barcamp era caso de necessidade maior. Vai que dava de a gente ficar preso num morro e precisar chamar o Cap. Nascimento. You never know.

Enfim, foi lá o Mobilon e colocou X reais em créditos. Caveira.

Meu pai ligou, minha irmã ligou, o Mobilon pai ligou, meu poodle ligou, o Gilberto Gil ligou. Tudo no celular do Mobila. Nós fizemos uma ou duas ligações apenas para dizer que estávamos com o pé no mar e eles não.

E passou o sábado, o esquenta para o Barcamp, o próprio Barcamp, e chegou a hora de voltar pra casa.
Segunda-feira, dez da manhã, o Thiago leva um susto: restavam apenas 1 real e uns quebrados de crédito. Como assim!?!?

Felizmente, coleguinhas, justamente nesta semana, Mirão aqui estaria fazendo um treinamento numa revenda de planos corporativos da Claro, ou Claro Empresas, e graças à isso, descobriu o que aconteceu com os créditos do Mobilon. Foi tudo culpa do IRV, ou Interurbano Recebido em Viagem, uma tarifa cobrada de quem recebe a ligação, estando fora de sua área de registro.

Ahn!?

Área de Registro é a área geográfica definida pela Anatel, onde o celular é registrado e é caracterizada pelo primeiro dígito do DDD. Ou seja, a área de registro dos paulistas resume-se ao estado de SP, que vai do DDD 11 ao 19.

Tá, mas e aí?

E aí que, na teoria, a pessoa que te liga não tem a obrigação de saber onde você se encontra, logo, não é justo que ela pague uma tarifa absurda se você estiver fora. É como se você, ao atender à ligação, concordasse em assumir o valor da mesma para si. Isso explica também o porque a minha família não conseguiu falar comigo, que não tinha créditos.

No caso de outros estados, a maioria divide o primeiro dígito do DDD com os vizinhos, ou seja, a área de registro torna-se maior, e você pode viajar para alguns outros estados ao lado sem pagar IRV pelas chamadas. Confira um mapa com a divisão territorial dos DDDs.

Agora você, seu paulista fanfarrão, quando for sair do estado, trate de estar preparado, ou então convença todo mundo a vir até você.

Mais sobre: ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Adriano Cardoso
Rss, me lembro da primeira vez que a minha noiva foi pra casa dos pais em Curitiba, eu achei que ela tinha desligado o celular, aprendemos sobre isso na marra. Só que esse ano vou pro Paraná e nossos celulares são do RJ ddd 21, mas nunca fui e vou precisar ligar pra ela pra me achar, 2 celulares de DDDs semelhantes em um local diferente pela lógica podia ter um desconto, mas duvido muito.
Maysa
Roaming é f***.

A primeira vez que soube disso, levei um tufo: era meados de 2001, morava em Porto Alegre e estava no carnaval em Florianópolis.
Uma amiga pedia o celular todo dia emprestado pra dar um "toquinho" para os familiares retornarem para falar com ela. Tudo através do meu cel.

Mais nunca... celular em viagem só para o essencial.

Maysa
Enio Luiz Vedovello
TechnoMirian, agora? Gostei. Só falta ver Mobivolátil. Nada melhor que um casal bem integrado.
Manoel Netto
É por isso que eu comprei um chip em São Paulo ;-). Quando viajo, não pago para receber chamadas e pago pouquinho para originar chamadas locais.

Beijo Mi, abraço Mob.
Prof.Vaz
[...]Essa interação entre vocês é promissora, informação e diversão (até rimou)

Sobre estar "aqui" todo dia, (parece sintoma de TOC, D´us me livre) mas o meu dia só começa depois de revisar todos os feeds do blogroll, via Blogblogs ou Bloglines, por isso minha "cara lavada" vive aparecendo ali no cantinho.

Há alguns anos, a única forma de me atualizar na profissão era visitar o "clube do hardware", a página do "Laercio Vasconcelos" ou sites americanos, hoje blogs de tecnologia como o Tecnoblog, funcionam como uma extensão da minha biblioteca.

Portanto, pode se acostumar com as minhas visitas (ou coloca uma vassoura atrás da porta) rsrsrsrsrs [...]
Thiago Mobilon
Fala Prof.Vaz!

Essa foi a primeira participação da Mirian por aqui. Mas se depender de mim, haverá muitas outras! ;)

E obrigado por suas visitas, é bem legal ouvir isso!

Um abraço!
Prof.Vaz
Olá Mirian,

Tô aqui todo dia mas ainda não tinha lido um post da Sra Tecnoblog, infelizmente esse assunto dos créditos não é novidade pra mim, minha "primeira vez" foi numa viagem a São José dos Campos -SP, quando um dos muitos alunos que me ligam dia após dia, fez o favor de subtrair-me uma bela quantia em créditos, fazer o quê...

Abraço!
Sergio Grigoletto
Já levei uma ferrada dessas. A primeira, a gente nunca esquece.
Mirian Bottan
Não é só da Claro, Thássius, todas as operadoras cobram. Algumas ainda (a tim ou a vivo, não me lembro agora), cobram dentro da área de registro mesmo, basta você estar num DDD diferente que o seu.

Sad but true.

Abraço!
Thássius
É lindo isso. Você paga para chamar e também para receber ligações. Quando fui a Sampa ano passado, posso dizer que a conta de telefone aumentou em uns 50% devido a essas tarifas nebulosas da Claro.