Talvez você já tenha reparado que as coisas andam meio estranhas por aqui desde segunda-feira (17). Coisas que funcionam e depois param do nada, lentidão no servidor, instabilidades… Parece assombração, mas não é. A boa notícia é que redesenhamos a nossa estrutura de servidores e começamos a migração de domingo para segunda.

Era pra tudo ter ido bem (Ah, sempre é… Mas migração nunca funciona assim, certo?), mas muita coisa não funcionou. Principalmente pela mudança do webserver – tiramos o Apache e colocamos o Nginx com Fastcgi.

Leandro fazendo manutenção no server do TB

Ah, não falei dos servidores: trocamos duas máquinas (ve) da excelente MediaTemple por instâncias autoescaláveis do cloud da Amazon. E aí entra o desafio de refinar as regras que dizem para o sistema quando ele deve subir e quando ele deve matar as instâncias.

Numa dessas, já aconteceu de o sistema não subir mais máquinas quando deveria e esse foi um dos responsáveis pela lentidão que aconteceu aqui ontem e anteontem, em pleno horário de pico. Vale citar que a lentidão só atinge usuários logados, já que pra esses o blog é carregado sem cache. Os outros batem direto no cache de proxy do Varnish, então o carregamento é instantâneo.

Enfim, este post nada mais é do que uma prestação de contas. Estamos trabalhando dia e noite (sério, eu e o @leandrow varamos noites nessa semana) para resolver todos os problemas. Muitas das correções só podem ser implementadas durante a noite, já que implica gerar uma imagem da instância e replicar para o autoscale, o que mata o site por alguns minutos.

O que dá pra garantir é que estamos migrando para uma estrutura muito mais inteligente, com um sistema autoescalável e com um webserver mais eficiente. Só mais uns fios de cabelo branco e tudo acabará bem! 🙂

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Guilherme Macedo C.
Nada ainda d'eu conseguir logar. Só consigo nesse pc que já tinha entrado.
Julian Fernandes
Ele faz se você usar o Railgun, se me lembro bem :)
Caciano Gabriel
Muito bom o post no CloudFlare! O cara ensina detalhadamente como gerar um ataque DDoS e como se defender de um.
Thiago Mobilon
Temos ele ativado já via Cloudflare, mas ainda não configuramos no nosso servidor. Vamos fazer isso nas próximas semanas.
Thiago Mobilon
Ah, sorry, achei que você estava confundindo as bolas. :-) Então, ele provém arquivos estáticos (jpg, css e js), mas não provém o html. Se ele fizesse cache de proxy do HTML, aí sim seria sensacional!
Hélcio Vitor
Algo sobre SPDY?
Fabio
Foi sim, está descrito no http://blog.cloudflare.com/...
Fabiano Oliveira
Allan, bom dia! Abaixo segue um bom link para você entender melhor sobre instâncias auto escaláveis, caso você tenha interesse. http://imasters.com.br/linguagens/php/apps-egomaniacal-e-escalonaveis Abraços, Fabiano Oliveira.
jacques
Cloudflare é o que segura o 4chan online, poderiam dar uma olhada nele que ajuda a reduzir o load do servidor drasticamente.
ajscaldas
Er.... eu sei o que é cloudflare, eu uso nos meus sites também... O bom do cloudflare que ele ajuda também no load, provendo uma versão em cache.
Thiago Mobilon
Não estava sabendo do ataque, mas isso é bom! :-) O CloudFlare é como o anti-spam do gmail, ele vai aprendendo. Assim se tentarem jogar o mesmo ataque no TB, ele vai identificar e bloquear..
Allan Luiz
Depois do primeiro parágrafo não entendi mais nada. Contanto que o Blog permaneça com a qualidade de sempre, informações legais e fácil acessibilidade, para mim está ótimo! :)
Fabio
O mesmo serviço que no sábado sofreu um ataque de DDoS de mais 60 Gbps por botnets ? rs
Thiago Mobilon
Cara, fazer review desse tipo de coisa é extremamente complicado.. A experiência varia muito de acordo com a sua aplicação e a configuração que você subiu nas máquinas.. Queria tirar algo dessa experiência e postar aqui no TB. Talvez eu faça um post explicando certinho como ficou a estrutura nova e por que decidimos entrar nessa. ;)
Thiago Mobilon
Cloudflare não é servidor, ele só oferece algumas vantagens direto no DNS..
Exibir mais comentários