Início » Celular » Samsung libera Jelly Bean para Galaxy S III e divulga aparelhos que receberão atualização

Samsung libera Jelly Bean para Galaxy S III e divulga aparelhos que receberão atualização

Paulo Higa Por
7 anos atrás

A Samsung começou a atualizar hoje sua linha de smartphones e tablets para o Jelly Bean. A distribuição da nova versão do Android será feita gradualmente, começando por donos de Galaxy S III na Polônia. Diferentemente do que alguns rumores diziam, tanto o Galaxy S II quanto o Galaxy Note, lançados em 2011, receberão a novidade.

Ao todo, 16 aparelhos têm atualização garantida para o Android 4.1, sendo 11 smartphones, quatro tablets e um gadget ainda desconhecido, o Galaxy Music. A lista completa é a seguinte (em negrito os dispositivos vendidos oficialmente no Brasil):

  • Smartphones: Galaxy S III, Galaxy S II, Galaxy Note, Galaxy S Advance, Galaxy S II LTE, Galaxy Chat, Galaxy Ace 2, Galaxy Beam, Galaxy Ace Plus, Galaxy Mini 2 e Galaxy S Duos;
  • Tablets: Galaxy Tab 2 7.0, Galaxy Tab 7.0 Plus, Galaxy Tab 2 10.1 e Galaxy Note 10.1.

Perceba que a lista também inclui o Galaxy S Advance, um aparelho que é vendido no Brasil pela operadora TIM com o nome de Galaxy S II Lite. Em contato com a assessoria, descobrimos que "a atualização do Galaxy S II Lite está nos planos da Samsung, mas ainda não há datas a serem confirmadas". O Galaxy X também receberá atualização, embora não haja uma data específica.

A atualização traz, entre outras novidades do Jelly Bean, o assistente Google Now, a central de notificações mais completa e o Project Butter, que deixa as animações do sistema mais fluídas. O sistema também incluirá as modificações da Samsung, incluindo um "modo bloqueio" semelhante ao Não Perturbe do iOS, novos widgets e melhorias no Pop up play, recurso que pode exibir um vídeo na tela enquanto o usuário estiver fazendo outras atividades no smartphone.

E quando o seu smartphone ou tablet receberá o Jelly Bean? Não sabemos. A atualização está sendo liberada aos poucos e depende dos países e da aprovação das operadoras, portanto, o jeito é sentar e esperar. Ou instalar o CyanogenMod.

Com informações: The Verge.

Atualizado às 15h25.