Início » Telecomunicações » LTE de 700 MHz não chega antes de 2015 e a culpa é da TV

LTE de 700 MHz não chega antes de 2015 e a culpa é da TV

Rede celular causaria interferência na emissão do sinal de televisão

Lucas Braga Por

É esperado que no ano que vem a Anatel realize mais um leilão voltado para operadoras de telefonia móvel. A frequência em questão é a de 700 MHz, utilizada atualmente pelos canais da TV aberta analógica. O problema é que as operadoras estão doidinhas pra operar nessa faixa, mas o presidente da Anatel João Rezende disse que as operadoras devem se concentrar primeiro com o atual LTE 2600 antes de pensarem em outra frequência.

Os representantes dos canais de TV aberta tinham se manifestado contra um possível leilão da Anatel para a faixa de 700 MHz. A queixa é óbvia: uma rede celular causaria interferência na emissão do sinal de TV. Para que esse problema não aconteça, as emissoras deveriam abrir mão da faixa de 700 MHz, algo que está previsto para 2015, quando as operações analógicas da TV aberta sejam interrompidas.

Bonner em HD? Não

Bonner em HD? Não

O presidente não acredita que o desligamento da TV analógica se antecipe. E meu palpite é que ele até atrase: a adesão à TV digital no Brasil foi bem menor que a esperada, justamente pelo custo dos receptores e conversores não agradarem os brasileiros. Além disso, a grade das emissoras não colabora, afinal, muitos programas ainda não são transmitidos em alta definição (sim, “Jornal Nacional”, estou falando de você).

Pra ser bem sincero, não acho que a falta da frequência de 700 MHz interfira na qualidade do 4G. Espectro não pode ser a desculpa das operadoras: nos Estados Unidos existem grandes operadoras com 4G LTE comercial a todo vapor com apenas 5 MHz disponível. As operadoras daqui tem ao menos 10 MHz.

Ainda, a padronização é algo muito importante: com uma frequência adotada pelos americanos e outra adotada pela Europa, o Brasil iria sofrer uma bagunça com compatibilidade de diversos aparelhos.

Infelizmente, não é essa vez que o iPhone 5 funcionará em LTE no Brasil. A não ser que a Apple lance uma versão específica para a Europa e o Brasil, ele continuará operando em 3G. Pode até ser que os modelos atuais funcionem, mas quando isso acontecer já existirão pelo menos 3 iPhones mais novos.

Com informações: Teletime

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Alenonimo
Aqui em Birigui o único canal que pega em sinal digital é o da Rede Vida. E não acho que me valha a pena comprar uma TV Digital pra assistir missa do padre. Fácil dizer que a culpa é da adesão das pessoas mas puta que pariu! Estamos em 2012 e nada dessa pocilga chegar aqui em casa. Acham mesmo que em 2 anos as pessoas do interior vão trocar todas as TVs?
Emanuel Schott
Não reclamo do sinal, já utilizei 3G de três operadores diferentes (Tim, Vivo e Oi), as três tinham sinal forte e estável. O problema são os 4234234125 limites impostos nos planos. Espero que com o 4G elas possam rever essa política de "limitar o ilimitado".
Marcelo
é sempre assim, um joga a culpa no outro e sempre atrasa pra chegar aqui no Brasil
Lucas Braga
Discordo. O padrão de TV Digital brasileiro é o mais avançado no mundo, basta comparar. As adaptações trouxeram, sim, custos mais elevados de implantação, mas ao mesmo tempo estamos exportando a tecnologia para diversos países da AL e da África. O problema é que as emissoras não estimulam a migração. O carro chefe da TV Digital é a programação em alta definição, mas até hoje há programações em SD.
mlhz
sinceramente também não vejo problemas em operar na frequência européia. 2.600mhz ta loco de bom. Outra questão é: deixem as senhoras assistirem o Silvio na sua TV de tubo fazendo uma bela toalha de croche!
Luiz Alberto
LTE 2600 é o padrão europeu certo? O Lumia 920 é compatível http://www.nokia.com/gb-en/products/phone/lumia920/specifications/
jacques
O legal é ver as emissoras usando o termo HDTV quando tem conteudo em HD na transmissão. E o legal da globo é isso, a novela gabriela começou a ser filmada toda em HD, qualidade fantástica (apesar da camera que filmou a abertura possuir um pixel queimado no ccd e a ilha de edição não percebeu isso), nos capitulos atuais está variando entre cenas em alta definição http://i.minus.com/ibud2o3sCydVvw.png e cenas SD http://i.minus.com/iXE04T0KknoZS.png E tem casos piores: onde alguns programas em alguns dias é em HD, outros em SD e 4:3, como faustão, globo reporter e fantástico.
Thanara Corrêa
Será que não vão melhorar em paralelo? Sei lá porque se a 4g funcionar quer dizer que a 3g está também não é?
Thanara Corrêa
Puro interesse financeiros das operadoras.
rafaholanda
Eles não ajudam também programação com aspectos ratio diferente e a maioria não é hd
ajscaldas
O problema nem é a largura de espectro (a claro tem 10 + 10 mhz por exemplo) o problema é o alcance! 700Mhz é muito melhor para longo alcance e com 2.5Ghz você vai precisar de muito mais antenas (por causa da interferência).
jeff3rsonSC
Não ia nem fazer falta se tirasse o sinal digital, eu tenho tv com conversor mas quase não assisto.
Fredson Nascimento Sousa
A previsão do governo é que em 2016 todo o país esteja com sinal digital, mas é claro que isso é apenas uma piada, aqui na Bahia tem 417 municípios destes, apenas 20 incluído a capital Salvador tem sinal Digital, mas essas 19 cidades ficam na região metropolitana de Salvador.
Yago G. Oliveira
Na minha opinião, essa faixa de 700MHz não vai sair tão cedo por causa do governo, ele quer primeiro a fabricação dentro do país, se liberarem o de 700mhz logo as empresas não precisariam ter fabricação local. Pode até sair, mas lá pra 2014/16.
Leonilson Gomes
Como sempre Brasil atrasado em tudo!
Exibir mais comentários